Trump deixa aviso: Em caso de ataque iraniano, vai responder com uma agressão “mil vezes” pior

Stefani Reynolds / EPA

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump

O Presidente norte-americano disse esta segunda-feira que o Irão estava a planear um ataque contra os Estados Unidos, e ameaçou retaliar com uma agressão “mil vezes” mais forte.

Em duas publicações na rede social Twitter, Donald Trump pareceu reagir a um relatório publicado no sábado pela revista Politico, que citava fontes dos serviços de informação dos EUA, no qual dizia que o Governo iraniano pretendia assassinar a embaixadora norte-americana na África do Sul, Lana Marks.

“De acordo com notícias da imprensa, o Irão pode estar a planear um assassínio, ou outro ataque, contra os Estados Unidos, em retaliação pela morte do líder terrorista (Qassem) Soleimani”, escreveu Trump. Acrescenta ainda que “qualquer ataque do Irão, contra os Estados Unidos resultará num ataque ao Irão que será mil vezes maior em magnitude!”.

De acordo com o artigo publicado pelo Politico, o suposto plano iraniano de assassinar Marks seria uma represália pela morte do general iraniano Qassem Soleimani num bombardeamento dos Estados Unidos em janeiro.

Trump defendeu mais uma vez a decisão de matar Qassem Soleimani, afirmando que este “planeava um futuro ataque em que iria assassinar tropas americanas”, além de o responsabilizar por “mortes e sofrimento durante muitos anos” como comandante da força de elite iraniana Al-Quds dos Guardas da Revolução.

Essa operação norte-americana gerou tensões entre Washington e Teerão no início do ano. O secretário do Conselho Supremo de Segurança Nacional do Irão, Ali Shamkhani, alertou que os EUA ainda seriam alvo uma vingança mais dura por terem matado o general.

No entanto, o Governo iraniano rejeitou agora, categoricamente, os rumores de que planeia assassinar o embaixador dos EUA, dizendo que se trata uma tentativa do Governo de Donald Trump de manchar a imagem do Irão.

Na segunda-feira, o Governo sul-africano disse ter tomado nota das informações que apontam para o suposto plano iraniano e garantiu que o assunto está “a receber a atenção necessária”.

A África do Sul, que mantém boas relações diplomáticas com o Irão, sublinhou o “dever de proteger integralmente todos os funcionários que estão ao serviço do país” na nação africana, de acordo com um comunicado.

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Irão vai aumentar produção de urânio enriquecido em resposta ao “terrorismo nuclear” de Israel

O Irão justificou esta quarta-feira a decisão de enriquecer urânio a 60% como resposta ao “terrorismo nuclear” e à “maldade” israelita, referindo-se ao alegado ataque contra a central de Natanz, no domingo. “A decisão de enriquecer …

Possibilidade de ser reinfetado baixa 84% para quem já teve covid-19

Um novo estudo indica que a infeção prévia por SARS-CoV-2 protege a maioria dos indivíduos contra a reinfecção durante uma média de sete meses As probabilidades de reinfeção não descem até zero, mas um novo estudo, …

Bolsonaro diz que confinamentos transformaram o Brasil num "barril de pólvora"

Jair Bolsonaro, presidente do Brasil, alertou esta quarta-feira que o país se tornou "um barril de pólvora" devido às medidas restritivas adotadas por governadores e prefeitos para tentar conter a disseminação da covid-19. "O Brasil está …

Valentina poderia ter sobrevivido se socorrida, afirma médico legista

O médico responsável pela autópsia de Valentina, a criança de nove anos que morreu após graves agressões, admitiu hoje ao Tribunal de Leiria que a menina poderia ter sobrevivido, "com sequelas", se tivesse sido socorrida. A …

Marcelo admite confinamentos locais, fala em "reta final" e aponta à "recuperação social"

O Presidente da República afirmou esperar que o estado de emergência esteja a caminhar para o fim, sem dar como certo que esta seja a sua última renovação, e admitiu confinamentos locais para conter a …

Caso Marquês: Distribuição do processo investigado. Recursos só chegam ao Tribunal da Relação em 2022

O Conselho Superior da Magistratura (CSM) vai averiguar se há novos elementos que justifiquem uma alteração do seu entendimento de que não houve irregularidades na distribuição, na fase de investigação da Operação Marquês, ao juiz …

Estado condenado a pagar oito mil euros por demorar 24 anos a atribuir pensão de alimentos

O Tribunal Administrativo do Círculo de Lisboa condenou o Estado a pagar 8.500 euros a uma mãe, que esteve 24 anos à espera de uma pensão de alimentos para as duas filhas, hoje com 37 …

Centenas de pessoas ficaram à espera de vacinação na Maia devido a erro informático

A situação ocorreu no Centro de Vacinação Covid Maia I, que funciona em Gemunde, nas instalações da Junta de Freguesia do Castêlo da Maia. A Administração Regional de Saúde do Norte (ARS-N) disse esta quarta-feira que …

Juiz anti-confinamento junta apoiantes e é acusado de desrespeitar a GNR

O juiz Rui Fonseca e Castro, fundador do grupo “Juristas Pela Verdade” e da associação “Habeas Corpus”, organizou uma manifestação em Palmela, mas está a ser acusado de não cumprir as regras. Três dias depois de …

Morreu Artur Garcia, nome da música ligeira portuguesa da década de 1960

O cantor Artur Garcia, de 83 anos, que protagonizou vários êxitos nas décadas de 1960 e 1970, morreu hoje, na Aldeia de Juzo, em Cascais, disse à Lusa o agente artístico António Fortuna. O artista, que …