Tribunal declara ilegal regulamento da Liga sobre comentadores desportivos

Sérgio Azenha / Lusa

O ex-árbitro Pedro Proença na apresentação da sua candidatura à presidência da Liga Portuguesa de Futebol Profissional

O ex-árbitro Pedro Proença na apresentação da sua candidatura à presidência da Liga Portuguesa de Futebol Profissional

O Tribunal Arbitral do Desporto (TAD) considerou ilegais os regulamentos da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) que estipulavam regras sobre a participação de dirigentes e funcionários desportivos em programas de comentário desportivo.

Numa ação intentada pelo canal televisivo SIC, o TAD, num acórdão a que a agência Lusa teve acesso, considera que o artigo 140.º-A do Regulamento Disciplinar e do 35.º n.ºs 4 e 5 do Regulamento de Competições vão contra a Constituição e a Lei da Televisão.

De acordo com o n.º 4 do artigo 35.º dos regulamentos da Liga de clubes, aprovados por maioria qualificada dos clubes do organismo antes do início desta temporada, “os dirigentes e funcionários das sociedades desportivas e dos clubes fundadores não podem participar, na qualidade de intervenientes regulares, em programas televisivos que se dediquem exclusiva, ou principalmente, à análise e comentário do futebol profissional”.

O n.º 5 do mesmo artigo prevê que os dirigentes e funcionários de clubes podem participar, “na qualidade de convidados”, em programas, mas “apenas podem analisar e comentar aspetos positivos do jogo e das competições, abstendo-se de analisar e de comentar decisões da equipa de arbitragem, comportamentos de jogadores, treinadores, outros agentes desportivos ou do público”.

Viana Canal / YouTube

Dia Seguinte, programa da SIC Notícias

Dia Seguinte, programa da SIC Notícias

“Os dirigentes e funcionários das sociedades desportivas e dos clubes fundadores destas que participem, na qualidade de intervenientes regulares, em programas televisivos que se dediquem exclusiva ou principalmente à análise e comentário do futebol profissional são sancionados com a sanção de suspensão a fixar entre o mínimo de oito dias e o máximo de três meses e, acessoriamente, com a sanção de multa de montante a fixar entre o mínimo de 5 UC e o máximo de 15 UC”, lê-se no n.º 1 do artigo 140.º-A do Regulamento Disciplinar.

Na sua demanda, a SIC defende que “todas as proibições e limitações constantes das normas impugnadas violam o direito à liberdade de imprensa” e considera que estes regulamentos “podem liquidar os programas ‘Dia Seguinte’ e ‘Play Off'”, “tendo um efeito aniquilador na liberdade editorial”.

Para a LPFP, na sua contestação, “não é verdade que a credibilidade dos comentadores e das suas intervenções resultem de serem funcionários ou dirigentes dos clubes com os quais os espetadores os identificam”, considerando que estes regulamentos defendiam a competição e admitindo que podem danificar a imagem das provas.

Liga rejeita intenção de condicionar liberdade das televisões

A Liga de futebol rejeitou hoje qualquer intenção de condicionar liberdade das televisões, e está a analisar a decisão o Tribunal Arbitral do Desporto (TAD) sobre as regras de participação de dirigentes e funcionários desportivos em programas de comentário.

“Nunca foi, nem será, intenção dos agentes desportivos representados pela Liga Portugal limitar a liberdade de expressão e a liberdade de imprensa, valores civilizacionais devidamente consagrados, que respeitamos e reconhecemos como inalienáveis de todos os cidadãos”, disse o presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP), Pedro Proença, em comunicado enviado à Lusa.

No comunicado, o presidente da LPFP garante que “as razões explanadas estão a ser analisadas pelo departamento jurídico do organismo” e que “as conclusões serão apresentadas em reunião de Direção, na próxima semana”.

O presidente do organismo que gere as competições profissionais de futebol garante, no entanto, que continua a acreditar que a decisão não interfere, nem limita a programação televisiva.

“Continuamos a julgar, apesar do acórdão, que não há qualquer interferência ou intenção de limitar a programação televisiva, até porque os limites e as sanções que os clubes aprovaram se referem apenas aos seus dirigentes e ao caráter permanente das suas intervenções”, refere Pedro Proença.

O líder da Liga lembra ainda que a decisão foi aprovada “por maioria qualificada, e homologada pela Assembleia Geral da Federação Portuguesa de Futebol” e acrescenta: “É acertado dizer que foram as próprias sociedades desportivas que entenderam ser tempo de se autorregulamentarem e, assim, se conter o clima de suspeição no futebol português, em prol da dignidade do futebol e dos seus intervenientes”.

ZAP // Futebol365 / Lusa

RESPONDER

Edifício sede do KfW em Frankfurt, Alemanha

O "banco mais burro da Alemanha" voltou a transferir milhões de euros por engano

O Banco de Desenvolvimento Estatal Alemão (KfW) voltou a enganar-se, transferindo quase 6 mil milhões de euros para vários bancos devido a uma "falha técnica". Em Setembro de 2008, o KfW transferiu por engano mais de …

-

O melão engorda, piora a diabetes e estimula a candidíase

O melão é muito rico em nutrientes e tem um alto poder hidratante. No entanto, avisam os nutricionistas, esta "fruta suculenta" pode engordar, piorar a diabetes, e ainda estimular a candidíase em mulheres. "O melão é digerido …

-

Manifestantes nus sacrificam carneiro e acorrentam-se em frente ao campo de Auschwitz

Catorze pessoas despiram-se e acorrentaram-se esta sexta-feira umas às outras em frente ao portão do antigo campo de concentração nazi de Auschwitz, na Polónia, depois de terem degolado um carneiro. A informação foi avançada pelos responsáveis …

-

Pena suspensa para padre condenado por maus-tratos

O arguido, de 86 anos, conhecido como padre Batista, estava acusado de 13 crimes daquela natureza, mas foi absolvido de oito. Em maio, o padre e antigo director de uma instituição que acolhe deficientes e doentes …

Marcelo Rebelo de Sousa

Marcelo promulga taxa de 50 cêntimos no preço de água para compensar custos no interior

O Presidente da República promulgou, esta sexta-feira, o diploma que implica o pagamento de uma taxa de 50 cêntimos anuais pelos consumidores para compensar os maiores custos de distribuição de água do interior do país, …

O biólogo e professor de genética David Sinclair (c) e a sua equipa de investigadores

Cientistas australianos estão a um pequeno passo da droga anti-envelhecimento

Cientistas de uma universidade australiana descobriram um mecanismo da regeneração das células que poderá levar ao desenvolvimento de um medicamento anti-envelhecimento - que será crucial por exemplo para os astronautas em viagens espaciais longas. Após um …

-

Promessa de Centeno cumprida: défice é o mais baixo da democracia

Está oficialmente confirmado. O défice orçamental ficou nos 2,1% do PIB, em 2016, em linha com o previsto pelo Governo e cumprindo a promessa de Mário Centeno como o mais baixo da democracia portuguesa. Na primeira …

.

Tunisino detido em Antuérpia acusado de terrorismo na forma tentada

A Procuradoria federal belga divulgou esta sexta-feira que o tunisino detido na quinta-feira em Antuérpia, após ter conduzido um automóvel a grande velocidade por uma rua pedonal e comercial, foi acusado de terrorismo de forma …

Quatro pessoas mortas à facada em São Veríssimo, Barcelos.

Grávida e três idosos mortos à facada em Barcelos

Um casal de idosos e duas mulheres, uma delas grávida, foram encontrados mortas na freguesia de São Veríssimo, em Barcelos. Terão sido esfaqueadas por um vizinho da localidade que se entregou às autoridades. Uma fonte da …

-

Pingo Doce foi inaugurado às 8:00 e fechou às 10:30

Um supermercado da cadeia Pingo Doce inaugurado esta quinta-feira em Fervença, Terrugem, foi encerrado pela Câmara de Sintra "por não reunir as condições legais" para a emissão de licença de utilização, informou à Lusa fonte …