Três asteróides “gigantes” vão passar pela Terra este sábado

ESO

Três asteróides vão passar próximo do nosso planeta este sábado, com apenas algumas horas entre eles.

De acordo com os dados da lista de Near Earth Objects da NASA, o primeiro asteróide, chamado 2018 VS1, vai passar por volta das 14h03 de sábado.

Astrónomos da agência espacial norte-americana estimam que este asteróide mede entre 13 a 28 metros – 2,5 vezes mais que o tamanho de um típico autocarro londrino de dois andares, ou 5 vezes mais alto que uma girafa.

A NASA estimou que o asteróide chegará tão perto como 0,00927 unidades astronómicas, o que se traduz em 1,38 milhões de quilómetros da Terra – algo como 3,6 vezes a distância do nosso planeta à Lua.

Depois da passagem do VS1, aparecerá o VR1, que atingirá o ponto mais próximo da Terra às 14h19. Este segundo asteróide, que terá o mesmo tamanho e velocidade que o VS1, passará a uma distância maior – 5,03 milhões de quilómetros.

O tamanho deste segundo asteróide é muito próximo do do primeiro: está estimado entre os 14 e os 30 metros.

Mais tarde, às 18h21, passa pela Terra o VX1. Este é o mais pequeno dos três asteróides, com cerca de 7,6 a 17 metros (a altura de um prédio de 4 andares), mas é o que passa mais perto do nosso planeta, a apenas 381.474 quilómetros, mais ou menos a distância da Terra à Lua – um fio de cabelo, na escala das distâncias astronómicas.

O primeiro asteróide vai passar pela Terra pela primeira vez em 5 anos. Já o segundo, de acordo com os cálculos da NASA, fará este sábado a sua primeira e última aproximação ao planeta azul.

A NASA explica que “enquanto orbitam o Sol, os Objetos Próximos da Terra podem ocasionalmente aproximar-se da Terra”. A agência relembrou que “uma passagem próxima em termos astronómicos pode ser uma grande distância em termos humanos: milhões ou até milhares de milhões de quilómetros”.

Os “Objetos Próximos da Terra”, ou Near Earth Objects, são todos os asteróides e cometas com uma trajetória menor que 194.47 milhões de quilómetros. Muitos destes objetos são classificados como “Objetos Potencialmente Perigosos” se se aproximarem a menos de 7,47 milhões de quilómetros do planeta Terra.

ZAP // Express / RT

PARTILHAR

16 COMENTÁRIOS

    • Se a sua depressão pertence à classe dos tricíclicos, aconselho os fármacos: Imipramina, Clomipramina, Amitriptilina e Nortriptilina; se a sua depressão pertence à classe dos Inibidores seletivos da recaptação da serotonina, aconselho os fármacos: Fluoxetina, Paroxetina, Citalopram, Escitalopram e Sertralina; se a sua depressão pertence à classe dos Inibidores da recaptação da serotonina e da noradrenalina, aconselho os seguintes fármacos: Venlafaxina, Duloxetina e Mirtazapina. Mas atenção, primeiro deve aconselhar-se com o seu clínico psiquiatra pois todos estes medicamentos têm efeitos secundários que podem agravar ainda mais a sua depressão.As melhoras.

  1. “Três asteróides “gigantes””….em que o maior deles poderá ter no maximo 30 metros de diametro??????
    E se tivessem 2 ou 3 km como se designariam???? Este Zap de vez em quando delira.

  2. Aqui em Ubaporanga tambem deu. Levei um susto.Achei que tinha dado alguma batida de carros na br moro perto.

  3. Interessante como pensamos sempre com a Terra como referência, mas e a Lua? Se fosse alvo de um asteroide monstruoso, o que seria de nós?

  4. 30 metros já é muito perigoso para nosso planeta, esses objetos chegam a milhares de quilômetros por hora, agora pensa em um impacto numa cidade com uma grande população, será uma tragédia !

RESPONDER

Depois do "selo Brexit", os correios da Áustria emitem o "selo corona" impresso em papel higiénico

O serviço postal da Áustria uniu dois pontos da pandemia do novo coronavírus ao criar um selo impresso em papel higiénico que, segundo os correios, as pessoas também podem, a qualquer momento, usar para ajudar …

A Moog celebra os 100 anos do Theremin com um novo instrumento: o Claravox Centennial

Este ano marca o 100º aniversário do Theremin - um dos primeiros instrumentos musicais completamente eletrónicos, controlado sem qualquer contacto físico pelo músico. Para celebrar vai ser lançado o Claravox Centennial. Foi em 1920 que Leon Theremin, …

Depósito inexplorado na Sibéria tem uma das maiores reservas de ouro do mundo

O maior produtor de ouro da Rússia, PJSC Polyus, anunciou esta semana que o seu depósito inexplorado em Sukhoi Log, na região siberiana de Irkutsk, possui uma das maiores reservas mundiais deste metal preciosos. De …

Os novos iPhones não trazem carregador. Apple poupa muito nos custos, mas não no ambiente

A Apple decidiu vender os seus novos iPhones sem carregador ou auscultadores, alegando que a alteração tem em conta o ambiente, uma vez que serão utilizados menos produtos na embalagem dos telemóveis, mas os especialistas …

Caça ao tesouro secular. Lendária ilha pode esconder Santo Graal, manuscritos de Shakespeare e jóias reais

Perto da Nova Escócia, no Canadá, há uma lendária ilha com misteriosos túneis e estranho artefactos. Há quem acredite que esconde o Santo Graal, os manuscritos de Shakespeare e um tesouro de um capitão. Porém, …

Aprender "baleiês" pode evitar choque de navios com o animal

Uma equipa de cientistas da Universidade de Stanford, nos Estados Unidos, tem uma nova ideia para salvar as baleias-azuis em migração das colisões com navios. Durante a época de migração das baleias-azuis, os animais enfrentam sérios …

Afinal, os carros elétricos não são a melhor resposta para combater as alterações climáticas

Os carros elétricos, surgem como alternativas mais sustentáveis aos veículos a gasolina ou gasóleo, podem não ser a melhor forma de combater as alterações climáticas no âmbito dos transportes, de acordo com um novo estudo. …

Seria Jesus um mágico? Há arte romana que parece sugerir que sim

Em alguma arte antiga, Jesus é retratado a fazer milagres com algo na mão que parece ser uma varinha. Investigadores sugerem que se trata de um cajado, que era usado como símbolo de poder. Segundo a …

Nem todos os clubes estão a afundar – alguns estão a prosperar durante a pandemia

Nem todos os clubes estão a sofrer às mãos desta pandemia de covid-19. Alguns deles têm conseguido bons resultados financeiros apesar da crise. A covid-19 provou ser um adversário devastador para o desporto profissional em todo …

Kibus: o aparelho que vai revolucionar a forma como os nossos cães se alimentam

Ter cães como melhores amigos pode ser muito benéfico, mas também traz a sua dose de trabalho e responsabilidades. Levar ao veterinário, dar banho, levar a passear, brincar, dar de comer... No fundo é como …