Tradutora do FBI fugiu para casar com o terrorista islâmico que estava a investigar

Uma agente do FBI que estava envolvida na investigação a um terrorista do Estado Islâmico, acabou por se apaixonar por ele. Fugiu para a Síria, onde casou com o jihadista de origem alemã, colocando a nu as fragilidades de Segurança do Departamento de Investigação dos EUA.

O caso remonta a 2014, mas só agora foi revelado pela CNN, após uma investigação que levou o canal de televisão a descobrir que Daniela Greene, uma agente do FBI com funções de tradutora, mentiu, fugiu e casou-se com o terrorista que era suposto investigar.

A mulher de 38 anos trabalhava como tradutora de alemão para o FBI desde 2011, e em Janeiro de 2014, juntou-se à investigação do FBI ao terrorista alemão Denis Cuspert, um antigo rapper que protagoniza vários vídeos de propaganda do Daesh.

No âmbito da sua investigação, a agente do FBI identificou várias contas online e números de telefone usados pelo jihadista e terá mantido “acesso exclusivo” a uma terceira conta de Skype, revela a CNN.

Em Junho de 2014, a tradutora informou o FBI de que ia viajar para Munique, na Alemanha, para tirar férias e visitar familiares. Mas na verdade, embarcou para Istambul, na Turquia, rumando depois até Gaziantep, a 20 quilómetros da fronteira com a Síria.

Com a ajuda de um contacto de Denis Cuspert, passou a fronteira e casou com o terrorista, que tinha como nome de guerra, enquanto rapper, “Deso Dogg”.

O cidadão alemão tinha-se juntado ao Estado Islâmico, assumindo o nome de Abu Talha al-Almani e um papel preponderante no recrutamento de jihadistas, através da Internet.

A sua capacidade de influência, manifestada em vídeos onde aparece nomeadamente com uma cabeça humana decapitada, é tal, que conquistou até a agente do FBI que o investigava.

Agente foi condenada a 2 anos de prisão

Mas ao cabo de apenas cerca de um mês, Daniela Greene acabou por ganhar juízo e perceber que se tinha enganado.

Conseguiu voltar a casa, tendo sido detida mal pisou de novo o solo dos EUA. Concordou em colaborar com as autoridades, confessando-se culpada, em tribunal, por ter feito declarações falsas no âmbito de um caso de terrorismo internacional.

A agente foi condenada a dois anos de prisão, uma sentença considerada demasiado leve, tanto mais quando o tribunal classificou a sua conduta como merecedora de “punição severa”, conforme atesta a CNN.

“Até tentativas falhadas de viajar para a Síria, para se juntarem ao Daesh, mereceram a acusados sentenças de prisão mais duras“, aponta o canal de televisão, notando que o tribunal justificou a pena mais leve pela cooperação da arguida.

O Ministério Público norte-americano acusou Greene de ter “violado a confiança pública, a confiança das autoridades” e daqueles com quem trabalhou, colocando assim “a segurança da nação em causa”.

“Um embaraço espantoso para o FBI”

O caso é um alarmante sinal da fragilidade das próprias autoridades norte-americanas perante o Daesh, bem como “um embaraço espantoso para o FBI”, conforme atesta na CNN o ex-elemento do Departamento de Estado dos EUA, John Kirby.

“Para ela poder entrar, como americana, como mulher, como funcionária do FBI, e para poder fixar residência com um conhecido líder do Daesh, tudo isso teve que ser coordenado” com as chefias do Estado Islâmico, aponta Kirby.

Reagindo à notícia, o FBI garante à CNN que “tomou várias medidas, numa variedade de áreas, para identificar e reduzir vulnerabilidades de segurança“, frisando ainda, que “continua a fortalecer as suas medidas de protecção para levar a cabo um trabalho vital”.

Quanto à agente, está agora afastada do FBI, a trabalhar na recepção de um hotel, e recusou falar com a CNN por razões de segurança.

SV, ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. As mulheres e as suas atitudes românticas. Nem se importam de perder o emprego por causa de um homem..se fosse um homem decerto não o faria!

RESPONDER

Alemanha. Funcionário de posto de combustível abatido a tiro por cliente que se recusou a usar máscara

Um homem de 49 anos matou um funcionário de um posto de combustível na Alemanha, após tentar comprar cerveja sem utilizar a máscara. No país, o uso deste equipamento de proteção é obrigatório para entrar …

Um violino gigante flutuou no Grande Canal de Veneza (ao som de Vivaldi)

No passado fim de semana, um violino gigante, com quase 12 metros de comprimento, desceu o Grande Canal de Veneza. A bordo estava um quarteto de cordas, que tocou Four Seasons de Vivaldi. O Noah's Violin …

Assembleia de credores aprova recuperação da Groundforce

Esta quarta-feira, os credores da Groundforce aprovaram a recuperação da empresa. Em causa está uma dívida de 154 milhões de euros. Os credores da Groundforce, reunidos esta quarta-feira em assembleia de credores, no tribunal de Monsanto, …

Europeus acreditam numa "guerra fria" entre os EUA e a China e Rússia

A maioria dos cidadãos da União Europeia (UE), 62%, considera que os Estados Unidos (EUA), com apoio das instituições comunitárias, estão numa nova "guerra fria" com a China, mas recusam envolvimento nacional, revelou um inquérito …

Desenho de Van Gogh esteve guardado mais de 100 anos. Agora, é exibido pela primeira vez

O Museu de Amesterdão, nos Países Baixos, ganhou um novo inquilino: Study for 'Worn Out', um desenho recém-descoberto de Vincent van Gogh. O holandês Vincent van Gogh ainda continua a impressionar o mundo inteiro com a …

No Afeganistão, as professoras estão prontas para desafiar o regime talibã

No Afeganistão, as professoras estão prontas para desafiar o regime talibã, com receio de que os avanços dos últimos 20 anos tenham sido conquistados em vão. A Vice falou com algumas professoras afegãs que garantem continuar …

Apenas um terço das crianças em 91 países tem acesso a uma alimentação adequada, alerta UNICEF

Apenas um terço das crianças com menos de dois anos em 91 países em desenvolvimento têm acesso aos alimentos que necessitam para um crescimento saudável, revelou um relatório da UNICEF, apontando que nenhum progresso foi …

Preços das casas voltaram a aumentar no segundo trimestre

Entre abril e junho, o índice de Preços da Habitação (IPHab) cresceu 6,6% em termos homólogos. A revelação foi feita esta quarta-feira pelo Instituto Nacional de Estatística (INE). O Índice de Preços da Habitação (IPHab) cresceu …

China anuncia fim de novas centrais a carvão no estrangeiro

Segundo os especialistas, o impacto da medida deverá depender da forma como será implementada, podendo ter um grande impacto na luta contra as alterações climáticas. Num anúncio bem recebido por ativistas e organizações ambientes, a China …

Roménia vai distribuir €200 mil a quem tiver vacinação completa contra a covid-19

A Roménia anunciou uma "lotaria de vacinação" que distribuirá prémios de até 200.000 euros entre aqueles que tiverem a vacinação completa, na tentativa de elevar a taxa de imunização, a segunda mais baixa da União …