Tradução errada pôs guia turístico da Tanzânia na prisão

Um guia de turismo de um parque na Tanzânia foi preso depois de traduzir de forma errada os comentários de uma turista que estava no país.

No vídeo, que foi amplamente partilhado nas redes sociais, é possível ver a turista, que fala em inglês, a elogiar muito a Tanzânia e o seu povo. Porém, ao fazer a tradução, o guia turístico, que trabalha no Parque Nacional de Serengueti, no noroeste do país, diz coisas completamente diferentes, criticando mesmo os tanzanianos.

“Olá, a minha visita à Tanzânia está a ser linda. As pessoas daqui são incrivelmente maravilhosas e amigas. A saudação é sempre ‘jambo’ (a palavra em suaíli que significa ‘olá’). Estou muito feliz por estar aqui. Este lugar é simplesmente lindo. Os animais são maravilhosos”, diz, por exemplo, a turista.

No entanto, segundo um jornal queniano, citado pela BBC, o guia traduz para: “Vocês, tanzanianos, reclamam muito por causa da fome. Estão o dia todo a chorar por causa da fome, mesmo quando têm flores em casa. Porque é que não fervem as flores e as bebem? Não é bom estar a chorar ou a reclamar por causa da fome”.

E quando a turista diz: “A variedade de animais e pessoas que se vê aqui é incrível, diferente de qualquer outro lugar. É simplesmente fantástico”, o guia traduz para: “Vocês estão sempre a pedir ao presidente para cozinhar para vocês. Vocês acham que o presidente é um cozinheiro?”, questiona. “O presidente não pode sair do Governo para cozinhar por vocês. Vocês têm de cozinhar sozinhos”, diz ainda.

Por causa destas imagens, o homem foi detido e interrogado pelas autoridades, depois de uma ordem do ministro do Turismo, Jumanne Mshembe.

Segundo a correspondente da da BBC, Lizzy Masigna, ainda não se sabe como ficará a situação do guia, nem quais as acusações a que será sujeito, mas, de acordo com a polícia, a detenção aconteceu porque o guia colocou o ministro numa situação desagradável.

A jornalista avança que em causa poderá estar o facto de o guia estar a tentar imitar o presidente John Magufuli que, num comício recente, disse coisas muito idênticas, pedindo ao povo que parasse de se queixar por causa da fome.

O presidente tanzaniano, que assumiu o cargo há pouco mais de um ano, tanto tem de popular como de polémico no país. Logo no início do mandato, ficou conhecido por “fiscalizar” o trabalho dos seus funcionários, aparecendo de surpresa nos gabinetes dos ministros.

Também fez muitas capas nos jornais por ter aparecido a limpar o lixo das ruas no Dia da Independência da Tanzânia, na mesma altura em que cancelou as celebrações, afirmando que o dinheiro que ia ser gasto seria para cobrir despesas dos hospitais públicos.

Algumas medidas de Magufuli, no entanto, também geraram polémica – como “censura” aos meios de comunicação e “intimidação” para com os seus adversários. Pelo menos dez pessoas enfrentaram acusações por “insultar” o presidente nas redes sociais, o que alertou várias organizações de defesa dos direitos humanos.

ZAP // BBC

6 COMENTÁRIOS

  1. O guia turístico de que falam é o livro que inclui as informações turísticas. Ora, tratando-se de uma pessoa a fornecer essas informações trata-se de um guia interprete! Já não é a primeira vez que os media apelidam a profissão com o nome do livro!!

  2. E Alguém no ZAP também deveria ir preso por traduzir mal a Profissão do Tanzaniano!
    “Tourist Guide” NÃO é um PIT-Profissional de Informação Turística – vulgo Guia ou Guia-Intérprete, mas SIM um Livro, Roteiro ou Manual! Ou seja uma coisa Inanimada, um Objecto e não uma pessoa.
    Basta consultar num dicionário ou enciclopédia…
    Será que algum dia vão acertar?

    • Caro Nelson Mendes, obrigado pelo seu reparo.
      “Tourist Guide” está correcto, é a grafia britânica para a expressão “Tour Guide” usada pelos norte-americanos:
      A tour guide (U.S.) or a tourist guide (European) provides assistance, information and cultural, historical and contemporary heritage interpretation to people on organized tours and individual clients at educational establishments, religious and historical sites, museums, and at venues of other significant interest” – in Wikipedia
      Para o caso de não considerar que a YWikipedia seja uma enciclopedia, a grafia é também confirmada no seu site pela Federação Mundial das Associações de Guias Turísticos (ou PITs, se preferir), que curiosamente se chama WFTGA – World Federation of Tourist Guides Association:
      What is a Tourist Guide?
      A person who guides visitors in the language of their choice and interprets the cultural and natural heritage of an area which person normally possesses an area-specific qualification usually issued and/or recognised by the appropriate authority.
      Quanto à tradução para português da profissão “Tour Guide” ou “Tourist Guide”, é controverso se devem ser aceites as expressões “Guia de Turismo” e “Guia Turístico” como sinónimas.
      A Wikipedia diz que sim.
      “Guia de turismo, guia turístico ou simplesmente guia, é um profissional habilitado para guiar visitantes por roteiros turísticos”. in Wikipedia
      Para encerrar o assunto, os profissionais do ZAP congratulam-se por viver em Portugal, um país onde não há pena de morte, pelo que o máximo que nos pode acontecer se errarmos a tradução de “tourist guide” é irmos presos.

      • Caro ZAP. Estudei turismo e os meus professores ensinaram-me que a profissão é guia interprete e o livro é o guia turístico. Quem escreveu na wikipédia estará habilitado para saber distinguir uma coisa da outra?? Presos também não vão (nem os da televisão), mas espera-se alguma competência no uso do português por parte de quem faz jornalismo..

RESPONDER

May promete facilitar permanência de cidadãos europeus no Reino Unido

A primeira-ministra britânica prometeu, esta quinta-feira, "facilitar" a estadia dos cidadãos europeus no Reino Unido depois do Brexit, ao mesmo tempo que garantiu que o consenso com a União Europeia nesta matéria está "muito perto". Theresa …

Bruxelas deve considerar despesas dos incêndios como “excecionais”

O comissário europeu dos Assuntos Económicos, Pierre Moscovici, defendeu esta quinta-feira que as despesas públicas resultantes dos devastadores incêndios em Portugal sejam consideradas como "circunstâncias excecionais", sem consequências na avaliação orçamental a fazer por Bruxelas. "Parece-me …

Creme anticelulite tem ingrediente proibido

A Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor (DECO) pediu ao Infarmed a retirada do mercado do creme 'Depuralina Celulite', por conter um ingrediente proibido em cosméticos, na União Europeia, desde 2015. De acordo com um …

Benfica recebe o V. Setúbal, FC Porto o Portimonense e Sporting o Famalicão

O sorteio realizado, esta quinta-feira, na Cidade do Futebol, em Oeiras, ditou que os três grandes vão jogar em casa. Benfica e FC Porto jogam com outras duas equipas da I Liga, enquanto que o …

Líder neonazi britânico declara-se homossexual, revela ser judeu e abandona movimento

Um proeminente líder neonazi da Frente Nacional (NF) britânica deixou o movimento depois de se declarar homossexual e revelar a sua herança judaica. O líder fez as revelações sobre o seu passado violento enquanto renunciava …

Costa pediu finalmente desculpas (contrariado e só como cidadão)

"Se me quer ouvir pedir desculpas, eu peço desculpas". Eis como António Costa fez um mea culpa contrariado pelos trágicos incêndios que mataram mais de 100 pessoas, nos últimos meses, num debate parlamentar onde confessou …

Material de Tancos abre guerra entre o Ministério Público e militares

A Polícia Judiciária Militar não informou o Ministério Público nem os procuradores da Unidade Nacional de Contraterrorismo da PJ de que tinha encontrado o material de guerra roubado, em junho passado, em Tancos. Segundo o Diário …

Sócrates "usou" ministros em benefício próprio

A actual ministra do Mar, Ana Paula Vitorino, e os antigos ministros Mário Lino, António Mendonça e Carlos Fonseca foram "instrumentalizados" por José Sócrates para favorecerem os seus interesses e os Grupos Lena e Espírito …

Benfica alvo de buscas por suspeitas de corrupção passiva e ativa

Elementos da Polícia Judiciária (PJ) estão a fazer buscas em instalações do Benfica, no âmbito do caso dos emails, numa investigação que se centra em suspeitas de corrupção passiva e activa. Fonte oficial do Benfica confirmou …

Ex-Comandante Nacional desviou meios do grande incêndio de Mação

A fita do tempo veio confirmar as suspeitas que o presidente da câmara de Mação, Vasco Estrela, que falava num desvio de meios e equipas no primeiro incêndio que tomou conta do concelho. No início de …