O trabalho (infantil) dignifica, diz Bolsonaro

Marcelo Camargo / Agência Brasil

O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, usou esta quinta-feira a história pessoal da sua infância para argumentar que “o trabalho não prejudica as crianças”. E só não descriminaliza o trabalho infantil “porque seria massacrado”.

“Posso confessar agora, se bem que naquele tempo não era crime. Eu, com nove, dez anos de idade, quebrava milho na plantação e quatro, cinco dias depois, com sol, ia colher o milho. Não fui prejudicado em nada“, disse o presidente brasileiro numa transmissão em direto na sua página do Facebook.

“Quando alguma criança de nove, dez anos, vai trabalhar em algum lugar, está cheio de gente falando que é trabalho escravo, trabalho infantil“, afirmou Bolsonaro. “Agora, quando estão a fumar um paralelepípedo de crack, ninguém fala nada.

“Então, o trabalho não atrapalha a vida de ninguém”, sustenta o presidente brasileiro.

“Fique tranquilo que não vou apresentar aqui nenhum projeto para descriminalizar o trabalho infantil, porque eu seria massacrado. Mas quero dizer que eu, meus irmãos, com essa idade, trabalhávamos no campo. Trabalho duro”, acrescentou o chefe de Estado brasileiro, segundo qual “o trabalho dignifica”, independentemente da idade.

O trabalho dignifica o homem e a mulher, não interessa a idade”, sustenta Bolsonaro, usando uma expressão que evoca a da placa à entrada do campo de concentração de Auschwitz.

Há no Brasil quase dois milhões de crianças e adolescentes que trabalham, segundo os últimos dados estatísticos do país, citados pela Globo. Desse universo, cerca de metade  trabalha ilegalmente.

As declarações do governante não foram bem vistas pela associação dos magistrados do Brasil, Anamatra, que realça que a infância “é para estudar e brincar”. “Insiste o Presidente da República em condenar a infância e a adolescência brasileiras ao surrado argumento do ‘ou trabalha, ou vai roubar'”.

O presidente brasileiro “demonstra, assim, desconhecer por completo a realidade de mais de dois milhões de crianças massacradas pelo trabalho em condições superiores às suas forças físicas e mentais, dos mais de duzentos óbitos e dos mais de 40 mil crianças e jovens que sofreram mutilações e deformações decorrentes de acidentes de trabalho entre 2007 e 2017″, salienta a associação.

Também o Ministério Público do Trabalho do Brasil partilhou no Twitter, uma série de mensagens contra o trabalho infantil, através da campanha “Bom Trabalho Pra Você”, em defesa do trabalho digno no país sul-americano.

Lugar de criança é na escola. O trabalho infantil, proibido pela legislação brasileira, prejudica o desenvolvimento psicológico e físico da criança. O trabalho infantil também perpetua o ciclo da pobreza: quanto mais precoce é a entrada no mercado de trabalho, menor é a renda obtida ao longo da vida adulta”, escreveu o Ministério Público do Trabalho.

Após a repercussão negativa dos seus comentários, Jair Bolsonaro usou as redes sociais para responsabilizar a esquerda pela polémica.

A esquerda está a atacar-me por defender que os nossos filhos sejam educados para desenvolver a cultura do trabalho desde cedo. Se eu estivesse defendendo sexualização e uso de drogas, estariam a idolatrar-me. Essa é a verdade”, afirmou o chefe de Estado.

“Não devemos confundir o incentivo ao trabalho e à disciplina com exploração, abuso e abandono da escola. São coisas completamente distintas e todos sabemos disso”, acrescentou Bolsonaro.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

12 COMENTÁRIOS

    • para ti! “mais de 40 mil crianças e jovens que sofreram mutilações e deformações decorrentes de acidentes de trabalho entre 2007 e 2017″, salienta a associação.” isto foi no reinado lula.
      ah e tal … mas lula esteve mais de uma decada no poder estes dados são da LULA LANDIA. mas no teu ver este é este é que promove o trabalho escravo.
      ´es dos tais que defende bandidos né!!

      • Caríssimo, se Lula tivesse sido o que as más línguas dizem e tivesse feito o que as vozes da difamação afirmam, não tería sido preciso um Juiz como o Moro cometer as ilegalidades que cometeu e a manipulação de provas que levou a cabo, para prender Lula.

        Lula que chegou a ter 87% de popularidade nas sondagens (valor jamais alcançado por líder político algum no mundo), teve de ser afastado da corrida, senão Bolsonaro nunca tería ganho… Como não havia provas contra ele, a investigação teve de ser manipulada por este crápula.

        Para si!.. Notícia fresquinha de hoje: https://zap.aeiou.pt/vaza-jato-moro-cometeu-ilegalidades-266574

  1. Mal de nós se para nos sentirmos “importantes” temos de trabalhar. Para se sentir importante a pessoa deve sentir que é boa para os outros, que “importa” para os outros, que não é narcisista nem centrada em si própria.

    Trabalho por trabalho, à muito trabalho por fazer na escola, mostrando que respeita o dinheiro que está ser investido na sua educação. Basta o saber que se não tirar bons resultados escolares, não recebe semanada, para já ter uma boa noção de responsabilidade. Tem muito tempo para ser explorado no mercado de trabalho.

    Essa frase do “trabalho dignifica” estava escrita sabe onde? À entrada de Auschwitz. Muito a propósito para Bolsonaro, realmente aí tem razão.

    • *há* muito por fazer na escola – antes que venham os caçadores de gralhas logo todos contentes. Nem toda a gente tem o corrector instalado no browser e por vezes a escrever a despachar saem erros.

  2. Mas este palostro continua a proclamar que há partidos ou movimentos que defendem a sexualizacao e o consumo de drogas. Isto, como todas as pessoas bem intencionadas sabem não existe em país nenhum do mundo!!! Mas este alucinado execravel, esta besta que adora torcionarios, continua o mesmo

  3. Foi uma declaração que se houve a todo momento no seio da população, desde de sempre mas quando um presidente da republica a faz, bom, o mi mi mi das mídias, que refletem outros planetas, se espalha mundo afora. No Brasil a eleição é direta, para o bem ou para o mal, como foi as ultimas 04.

RESPONDER

Quantos humanos são precisos para colonizar Marte? Novo estudo responde

Quantas pessoas são necessárias para colonizar o Planeta Vermelho? Segundo um novo estudo, no mínimo, 110. Jean-Marc Salotti, investigador e professor no Instituto Politécnico de Bordéus, em França, concluiu recentemente que são necessários 110 colonos para …

Manchas gigantes de Betelgeuse podem explicar o seu estranho escurecimento

As manchas gigantes da estrela Betelgeuse podem estar por detrás do estranho escurecimento que esta estrela tem vindo a experimentar, segundo uma nova investigação levada a cabo por cientistas do Instituto Max Planck, na Alemanha. …

Pela primeira vez, os norte-americanos querem mais imigração - e não menos

Pela primeira vez, os norte-americanos querem ver aumentar a imigração no seu país, escreve o Business Insider citando uma sondagem da Gallup. De acordo com os números apresentados pelo jornal norte-americano, 34% dos cidadãos dos …

Porto 5-0 Belenenses | Segunda parte demolidora no Dragão

O FC Porto respondeu de forma categórica à vitória do Benfica sobre o Boavista por 3-1 na noite de sábado. Na recepção ao Belenenses, os “azuis-e-brancos” golearam por expressivos 5-0, com quatro golos a serem apontados …

Foi exposto o primeiro núcleo exoplanetário. Pode pertencer a gigante gasoso "planeta falhado"

Astrónomos da Universidade de Warwick descobriram o núcleo sobrevivente de um gigante gasoso em órbita de uma estrela distante, oferecendo uma visão sem precedentes do interior de um planeta. O núcleo, que é do mesmo tamanho …

As águas profundas provocam terramotos e tsunamis (e já se sabe como)

Uma nova investigação vincula diretamente o ciclo da água na Terra com a produtividade magmática e a atividade sísmica. A água (H2O) e outros elementos voláteis (como o CO2 e o enxofre) que circulam nas profundezas …

Cidade japonesa acaba de proibir a utilização de telemóveis enquanto se caminha

A cidade japonesa de Yamato acaba de aprovar uma proposta de lei que proíbe as pessoas de utilizarem telemóveis enquanto caminham. A cidade, localizada num subúrbio de Tóquio, entende que os telemóveis são um risco …

MIT apagou base de dados popular que ensinou IA a ser racista e sexista

O Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), nos Estados Unidos, viu-se obrigado apagar uma base de dados de treinamento de Inteligência Artifical (IA) depois de esta ensinar vários algoritmos a usar insultos racistas e sexistas. …

Escola Básica e fábrica de Paços de Ferreira encerradas, com nove casos positivos

A Escola Básica n.º 2 e a Fábrica de Lacados Abrelac, em Paços de Ferreira, Porto, foram encerradas após diagnosticados nove casos de covid-19 para “prevenção” e para “interromper as cadeias de transmissão”, disseram hoje …

Mais nove mortes e 328 casos confirmados em Portugal

Portugal regista hoje mais nove óbitos por covid-19, em relação a sábado, e mais 328 casos de infeção confirmados, dos quais 254 na região de Lisboa e Vale do Tejo, segundo os dados da Direção-Geral …