Trabalhadores de call center fundam sindicato

Trabalhadores de “call center” reuniram-se este sábado, em Lisboa, para fundar um sindicato destinado a lutar contra a precariedade no sector e a defender melhores condições de trabalho, nomeadamente com a criação de um estatuto de carreira.

A maioria dos funcionários destes centros de atendimento trabalha “com contratos precários”, seja a recibos verdes ou contratações mensais, disse à agência Lusa Pedro Fortunato, um dos fundadores, à margem da assembleia que teve por missão eleger a comissão instaladora.

Dentro de duas semanas deverá ser enviada a documentação para o Ministério do Trabalho, com vista à legalização do sindicato, indicou.

Uma das principais missões do Sindicato Nacional dos Trabalhadores de Call Center é conseguir melhores condições e remunerações de trabalho.

“Um estudo da Associação Portuguesa de Call Center dizia, em 2010, que havia 50.000 pessoas” a trabalhar no sector, afirmou Pedro Fortunato, referindo que hoje serão mais.

Os trabalhadores queixam-se de que quando os contratos chegam ao fim são muitas vezes dispensados por períodos de poucos dias ou semanas para voltarem a ser chamados, sem que estabeleçam vínculo à empresa.

“Há casos de pessoas que ficam anos a fio a trabalhar assim, às vezes no mesmo call center”, frisou

Querem também ter acesso a uma carreira, na qual possam progredir: “Somos a única profissão nos serviços que não tem um estatuto de progressão na carreira“.

Nestes centros predominam jovens, na faixa etária dos 20 aos 30 anos, mas cada vez mais surgem candidatos com 40 e 50 anos porque o local onde trabalhavam fechou, contou.

“Com a rotatividade que existe nos call center, há sempre espaço para outras pessoas entrarem”, disse.

Segundo a mesma fonte, há também constantes formações para jovens que acabam o 12.º ano, com a duração de um mês, em que os candidatos trabalham, mas não recebem. “Ao fim de um mês vão embora porque está outra formação a começar, os que não ficam não recebem, mas a empresa recebe o dinheiro das chamadas que são atendidas”.

A longo prazo, o objectivo é conseguir um contrato colectivo de trabalho, admitiu Pedro Fortunato.

Estes trabalhadores pretendem igualmente ver a actividade reconhecida como trabalho de desgaste rápido, “como já acontece no Brasil e em Itália”, exemplificou.

Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Veneno de caracol marinho usado para criar insulina híbrida promissora no tratamento da diabetes

Cientistas criaram uma versão minimalista e híbrida de insulina, a partir da hormona humana e de um caracol marinho, que pode vir a melhorar o tratamento da diabetes, divulgou a universidade norte-americana de Ciências da …

Sequelas da covid-19 em doentes mais graves ainda estão por compreender

O acompanhamento depois da alta para doentes que estiveram internados com covid-19 é um dos grandes desafios do sistema de saúde para compreender que sequelas, por enquanto desconhecidas, a doença poderá deixar. “Só daqui a seis …

Criança nasce com duas bocas nos EUA. É o 35.º caso registado desde 1900

A menina, nascida nos Estados Unidos, foi operada ao seis meses para remover a cavidade oral secundária, que incluía dentes, língua e um lábio. Uma bebé nasceu nos Estados Unidos com duas bocas, devido a uma …

Funcionários do Facebook em "greve virtual" face à recusa de Zuckerberg em agir contra Trump

Os funcionários do Facebook estão insatisfeitos com a decisão do fundador da rede social de manter uma postura neutra perante as recentes publicações do Presidente dos Estados Unidos. De acordo com o jornal The Guardian, os …

Inteligência Artificial recria "verdadeiro" rosto de Napoleão Bonaparte

Recorrendo a uma técnica de Inteligência Artificial, um artista holandês criou um retrato em alta definição do imperador francês Napoleão Bonaparte. O fotógrafo freelancer holandês Bas Uterwijk, cujo pseudónimo é Gandbrood, recorreu a uma rede neuronal …

"Apito" da covid-19. Novo teste deteta novo coronavírus em apenas um minuto

Uma equipa de cientistas da Universidade Ben-Gurion, em Israel, desenvolveu um novo dispositivo que é capaz de detetar a presença do novo coronavírus no organismo humano em apenas um minuto. O novo teste, desenvolvido pelos investigadores …

"We Call it Alentejo". Novo filme promocional destaca as maravilhas alentejanas

A gastronomia e vinhos, as pequenas aldeias, a sustentabilidade e a natureza são atributos do Alentejo evidenciados no mais recente filme promocional do território, lançado pela agência regional de promoção turística para chamar visitantes estrangeiros. Com …

Curandeiro convocou cerca de 100 pessoas para se abraçarem contra a "farsa" da pandemia

Josep Pàmies, um agricultor espanhol defensor das terapias alternativas, convocou cerca de 100 pessoas a abraçarem-se a beijarem-se contra a "farsa" da pandemia. No sábado, cerca de uma centena de pessoas juntaram-se em Balanguer, na província …

Rússia anuncia início de ensaios clínicos de uma vacina contra a covid-19

A Rússia vai começar os ensaios clínicos de uma vacina contra a covid-19 em 50 soldados que se ofereceram para participar nos testes, anunciou esta terça-feira o Ministério da Defesa. "Para verificar a segurança e eficácia …

Montenegro tem uma carta na manga para promover o turismo

Para incentivar o turismo, Montenegro tem a intenção de usar a carta da segurança sanitária para convencer os turistas estrangeiros a visitar o país. No dia 25 de maio, Montenegro declarou-se um "país livre de coronavírus" …