“Rebeldes” que saíram do Partido Conservador concorrem como independentes ou pela oposição

Chris McAndrew / Wikimedia

Dominic Grieve, um dos antigos membros do Partido Conservador

Vários deputados dissidentes ou expulsos do Partido Conservador estão a candidatar-se como independentes ou por partidos da oposição nas legislativas de 12 de dezembro por se oporem ao Brexit negociado pelo primeiro-ministro.

O antigo procurador-geral Dominic Grieve e o antigo ministro da Justiça David Gauke são candidatos independentes nos círculos vizinhos de Beaconsfield e South West Hertfordshire, ambos cerca de 50 quilómetros a noroeste de Londres, enquanto a antiga secretária de Estado da Educação Anne Milton é candidata no círculo de Guildford, cerca de 60 quilómetros a sudoeste da capital britânica.

Os três faziam parte do grupo de 21 “rebeldes” que foram expulsos após uma manobra parlamentar para forçar Boris Johnson a pedir um prolongamento do Brexit por mais três meses, até 31 de janeiro.

Alguns desses “rebeldes” foram mais tarde reintegrados no Partido Conservador, mas a maioria retirou-se da política. Foi o caso dos veteranos Ken Clarke, Nicholas Soames, Oliver Letwin ou ainda de figuras proeminentes como Alistair Burt, Margot James, Philip Hammond e Justine Greening.

Apenas quatro são candidatos à reeleição pelos Conservadores: Caroline Nokes, Steve Brine, Stephen Hammond e Greg Clark, depois de terem assinado um compromisso de que votariam a favor do acordo para o Brexit negociado com Bruxelas.

De entre os que se candidatam como independentes, Dominic Grieve, que defende um segundo referendo, resistiu devido ao conflito pessoal com o líder dos tories, tendo afirmado recentemente à rádio LBC: “Considero Boris Johnson extremamente problemático como indivíduo. É um político em que eu simplesmente não consigo confiar. É alguém que é surpreendentemente elástico com a verdade”.

David Gauke receia que uma maioria absoluta do partido coloque a prosperidade económica do país em risco devido à divergência com a união aduaneira e regras europeias e ao risco de não ser concluído um acordo de comércio livro durante o período de transição, que acaba no final de 2020.

“Teria sido mais fácil sair sem fazer barulho, mas sinto que tenho de tomar uma atitude e defender que estamos a caminhar para um resultado do qual nos vamos arrepender profundamente”, justificou, em declarações ao The Times.

Os “rebeldes” Sam Gyimah e Antoinette Sandbach aderiram aos Liberais Democratas e são candidatos no bairro londrino de Kensington e em Eddisbury, no condado de Cheshire, no norte de Londres.

Os Liberais Democratas também acolheram e nomearam como candidatos outros dissidentes conservadores, como Sarah Wollaston e Phillip Lee, e os dissidentes trabalhistas Luciana Berger e Chuka Umunna.

Outros dissidentes dos dois principais partidos, como Anna Soubry, Chris Leslie e Mike Gapes, são candidatos pelo Change UK – The Independent Group, uma formação anti-Brexit que perdeu membros e influência desde que foi criada no início do ano.

Para o politólogo Patrick Dunleavy, da London School of Economics, estes candidatos enfrentam um desafio para serem reeleitos sem o apoio das máquinas partidárias.

“Historicamente, não há muitos precedentes, mas alguns, como Dominic Grieve, têm tido muita visibilidade mediática e vai ser interessante ver se conseguem ser eleitos contra os antigos partidos”, afirmou à Lusa durante um encontro com jornalistas estrangeiros.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Nicolas Bourbaki foi o maior matemático de sempre (mas nunca existiu)

Considerado como um dos maiores matemáticos de sempre, Nicolas Bourbaki não passava de um pseudónimo adotado por um grupo de grandes matemáticos, que revolucionou a matemática como a conhecemos. Nicolas Bourbaki está entre os maiores matemáticos …

No aquário do Tennessee, é uma enguia que acende as luzes da árvore de Natal

A enguia Miguel Wattson é a responsável pelo espírito natalício que se vive no Aquário do Tennessee, nos Estados Unidos. O Aquário do Tennessee, nos Estados Unidos, encontrou uma forma inusitada de celebrar esta época festiva: …

Há 34 anos, Diana dançou com Travolta. Agora, o seu vestido foi vendido por 261 mil euros

O vestido que a Princesa Diana usou para jantar na Casa Branca, em 1985, foi vendido por mais de 261 mil euros. O vestido azul que a Princesa Diana usou num jantar na Casa Branca, em …

Doentes crónicos com baixo nível de literacia em saúde recorrem mais às urgências

Os doentes crónicos e com um nível de literacia em saúde mais baixo utilizam mais vezes os serviços de urgência hospitalares e dos centros de saúde, bem como as consultas de medicina geral e familiar, …

Ártico viveu em 2019 o segundo ano mais quente em 119 anos

O Ártico viveu em 2019 o seu segundo ano mais quente desde 1900, de acordo com um relatório publicado na terça-feira, aumentando receios de degelo e aumento do nível da água. O Polo Norte está a …

Jardineiro encontra por acaso a obra mais procurada de Gustav Klimt. Estava no galeria onde foi roubada

Um funcionário da galeria de arte Ricci Oddi, na cidade italiana de Piacenza, encontrou por acaso a obra mais procurado do pintor austríaco Gustav Klimt. Estava na própria galeria, onde a obra terá sido roubada …

YouTube reforça políticas contra assédio online

O YouTube anunciou, esta quarta-feira, um conjunto de alterações às políticas que visam combater o assédio que existe na plataforma. O YouTube anunciou esta quarta-feira o reforço das suas políticas contra o assédio online, que preveem …

Deus bebé indiano vence caso em tribunal e reinvindica território sagrado

O Supremo Tribunal Indiano declarou Ram Lalla Virajman, um deus bebé, como o legítimo proprietário de Ayodhya, uma terra no norte da Índia considerada sagrada por muçulmanos e hindus. O tribunal decidiu que o Governo …

China usa comités partidários para manipular empresas estrangeiras

Em outubro, quando a Liga Norte-Americana de Basquetebol (NBA) tentou voltar atrás no apoio aos protestos em Hong Kong, foi criticada por se submeter ao regime autoritário da China. Mas são cada vez mais as …

Ângelo Rodrigues, Flamengo e Tinder. Os temas mais procurados pelos portugueses no Google

Ângelo Rodrigues, Flamengo, como saber onde votar, como funciona o Tinder e "Game of Thrones" estão entre os tópicos que os utilizadores portugueses do Google mais pesquisaram ao longo de 2019. Os dados são divulgados …