A Terra pode ter sido habitada por espécie antiga tecnologicamente avançada

Um cientista norte-americano defende que a Terra já foi habitada por uma espécie tecnologicamente muito avançada e cujos vestígios ainda poderão ser encontrados.

Jason Wright, professor de astronomia e astrofísica da Universidade Estatal da Pensilvânia, nos EUA, apresenta esta teoria num artigo científico publicado no arquivo arXiv.org, da Universidade Cornell, também nos EUA.

O professor defende que o nosso planeta será “a origem mais óbvia para uma espécie antiga de qualquer tipo”. Nestes termos, acredita que a Terra terá já sido habitada por “uma espécie indígena antiga tecnologicamente avançada”.

Além da Terra, esta espécie poderá ter vivido numa “Vénus pré-efeito de estufa” ou num “Marte húmido”, adianta o astrónomo, que avança algumas das prováveis causas para a extinção desta suposta civilização antiga.

A hipotética espécie avançada poderá ter desaparecido devido a “um cataclismo” motivado por circunstâncias naturais, “por exemplo, o impacto de um asteróide à escala da extinção”, refere Wright.

Outra potencial causa de extinção é uma “catástrofe climática global” ou pode “simplesmente, ter-se extinguido” ou sofrido uma transformação, mudando para “permanentemente não tecnológica”, sustenta o investigador.

Finalmente, Jason Wright diz que a espécie pode “por alguma razão” ter entretanto abandonado o Sistema Solar.

Mas se esta civilização avançada antiga existiu de facto, certamente que terá deixado “marcas tecnológicas” que ainda podem ser descobertas com o estudo das “rochas mais antigas da Terra”, diz o astrónomo.

Segundo o cientista, pode também haver evidências dessa espécie “tecnológica” noutros planetas, em especial em Marte ou na Lua, uma vez que “as estruturas enterradas por baixo da superfície podem sobreviver e ser descobertas, desde que não tenham sofrido uma colisão tão grave que deixe destruída a sua natureza artificial”, escreve Wright.

O cientista frisa, porém, que as mudanças ocorridas em Vénus e o movimento das placas tectónicas da Terra podem ter apagado grande parte desses rastos.

ZAP //

PARTILHAR

13 COMENTÁRIOS

  1. Ainda há dúvidas para o óbvio, há mais que provas de que existem, é só ter um pouco de mente aberta.

  2. Um ideia um bocadinho parva,

    1) Se a tal civilização viveu em Marte ou Venus porque não teria fugido da terra?
    2) Segundo Carl Sagan, os artefactos de uma civilização tecnologicamente avançado seriam indestinguiveis de magia…. Ainda ninguem viu nada que fosse considerado “Magia” sem sombra de duvida.
    3) Se tal civilização existiu, porque teria estado na terra durante uma idade glacial?
    4) No meio de tantos SE’s ..ha alguma evidencia que permita ao senhor dizer isto?

    Mandar bitaites toda a gente fez. Agora artigos com o titulo “A Terra pode ter sido habitada por espécie antiga tecnologicamente avançada” sem nenhuma evidencia é a ainda pior que dizer que a terra pode ter sofrido um diluvio, ou que a humanidade descende do Adão e da Eva. Ha escritos, mas não ha evidencias.

    Ninguem esta pronto aceitar uma teoria “creacionista” o que acho muito bem… Mas escreve-se sobre uma outra teoria similar com base em “nada”…

    Senhores, tenham juizo, arranjem que escrever.

    Cumprimentos

  3. realmente tem razão que existiu uma ‘civilização’ mais avançada, está é errado em quem acha que a formava.

    procurem por nephilim….

  4. O “cientista” Jason Wright, apenas sugere hipóteses, sem nenhum fundamento ou qualquer prova.
    Trata-se de filosofia e não de ciência.

RESPONDER

Salgado. "A montanha vai parir um rato" (mas ainda vamos saber o que aconteceu)

A defesa de Ricardo Salgado disse, esta sexta-feira, que ficou claro, na instrução da Operação Marquês, que o mais provável é a absolvição do ex-presidente do BES dos crimes de corrupção e que “a montanha …

Covid alastra na América. EUA bate recorde diário com mais de 60 mil infetados

Os Estados Unidos registaram 754 mortos e 60.383 infetados (um novo recorde) por covid-19 nas últimas 24 horas, de acordo com um balanço da Universidade Johns Hopkins. Depois de a Europa ter sucedido à China como …

Os maiores tubarões do mundo têm pequenos "dentes" nos olhos (e já se sabe porquê)

Uma investigação sobre os olhos dos tubarões-baleia, os maiores tubarões do mundo, revelaram que os seus olhos estão cobertos por pequenos dentes chamados "dentículos dérmicos". O tubarão-baleia (Rhincodon typus) é o maior peixe do oceano, com …

Astrónomos localizaram com precisão o centro do Sistema Solar

Pela primeira vez, uma equipa internacional de cientistas foi capaz de localizar com precisão o centro de gravidade do Sistema Solar. De acordo com o portal Science Alert, que recorda que o baricentro (centro gravidade) …

Misteriosa cruz de mármore com 1.200 anos encontrada no Paquistão

Uma cruz de mármore foi recentemente descoberta no cimo das montanhas do Baltistão, no Paquistão. Os investigadores acreditam que tem cerca de 1.200 anos e que pode ser um sinal da presença de uma antiga …

Nona Sinfonia de Beethoven revela novos detalhes sobre o cérebro humano

A Nona Sinfonia de Ludwig van Beethoven, 250 anos após a sua criação, ajudou a demonstrar a existência de células conceituais no cérebro. Quase 200 anos depois da morte de Beethoven, a maior obra do músico …

Governo vai suspender devolução dos manuais escolares

O ministro da Educação informou hoje que o Governo vai suspender a devolução de manuais escolares, em curso desde 26 de junho, cumprindo a decisão do parlamento, que aprovou uma proposta nesse sentido. O plenário da …

Cuba prestes a abrir portas ao turismo (exceto aos cubano-americanos)

Depois de fechar as suas fronteiras para os turistas no final de março por causa da pandemia da covid-19, Cuba prepara-se agora para reabrir várias das suas baías ao turismo - mas há algumas exceções. …

Cidade do México enterrou os rios para prevenir doenças, mas a covid-19 resiste e prospera

Na tentativa de evitar a disseminação de doenças como a malária e a cólera, a Cidade do México enterrou os seus rios. Agora, como consequência, criou inadvertidamente as condições necessárias para a covid-19 prosperar. A Cidade …

Descoberto sistema de túneis da I Guerra onde estarão enterrados dezenas de soldados

A Agência do Património da Bélgica anunciou esta semana a descoberta de um sistema de túneis alemão da I Guerra Mundial, onde estarão, muito provavelmente, dezenas de soldados enterrados. Em comunicado, citado pela Russia Today, …