A Terra pode ter sido habitada por espécie antiga tecnologicamente avançada

Um cientista norte-americano defende que a Terra já foi habitada por uma espécie tecnologicamente muito avançada e cujos vestígios ainda poderão ser encontrados.

Jason Wright, professor de astronomia e astrofísica da Universidade Estatal da Pensilvânia, nos EUA, apresenta esta teoria num artigo científico publicado no arquivo arXiv.org, da Universidade Cornell, também nos EUA.

O professor defende que o nosso planeta será “a origem mais óbvia para uma espécie antiga de qualquer tipo”. Nestes termos, acredita que a Terra terá já sido habitada por “uma espécie indígena antiga tecnologicamente avançada”.

Além da Terra, esta espécie poderá ter vivido numa “Vénus pré-efeito de estufa” ou num “Marte húmido”, adianta o astrónomo, que avança algumas das prováveis causas para a extinção desta suposta civilização antiga.

A hipotética espécie avançada poderá ter desaparecido devido a “um cataclismo” motivado por circunstâncias naturais, “por exemplo, o impacto de um asteróide à escala da extinção”, refere Wright.

Outra potencial causa de extinção é uma “catástrofe climática global” ou pode “simplesmente, ter-se extinguido” ou sofrido uma transformação, mudando para “permanentemente não tecnológica”, sustenta o investigador.

Finalmente, Jason Wright diz que a espécie pode “por alguma razão” ter entretanto abandonado o Sistema Solar.

Mas se esta civilização avançada antiga existiu de facto, certamente que terá deixado “marcas tecnológicas” que ainda podem ser descobertas com o estudo das “rochas mais antigas da Terra”, diz o astrónomo.

Segundo o cientista, pode também haver evidências dessa espécie “tecnológica” noutros planetas, em especial em Marte ou na Lua, uma vez que “as estruturas enterradas por baixo da superfície podem sobreviver e ser descobertas, desde que não tenham sofrido uma colisão tão grave que deixe destruída a sua natureza artificial”, escreve Wright.

O cientista frisa, porém, que as mudanças ocorridas em Vénus e o movimento das placas tectónicas da Terra podem ter apagado grande parte desses rastos.

ZAP //

PARTILHAR

12 COMENTÁRIOS

  1. Ainda há dúvidas para o óbvio, há mais que provas de que existem, é só ter um pouco de mente aberta.

  2. Um ideia um bocadinho parva,

    1) Se a tal civilização viveu em Marte ou Venus porque não teria fugido da terra?
    2) Segundo Carl Sagan, os artefactos de uma civilização tecnologicamente avançado seriam indestinguiveis de magia…. Ainda ninguem viu nada que fosse considerado “Magia” sem sombra de duvida.
    3) Se tal civilização existiu, porque teria estado na terra durante uma idade glacial?
    4) No meio de tantos SE’s ..ha alguma evidencia que permita ao senhor dizer isto?

    Mandar bitaites toda a gente fez. Agora artigos com o titulo “A Terra pode ter sido habitada por espécie antiga tecnologicamente avançada” sem nenhuma evidencia é a ainda pior que dizer que a terra pode ter sofrido um diluvio, ou que a humanidade descende do Adão e da Eva. Ha escritos, mas não ha evidencias.

    Ninguem esta pronto aceitar uma teoria “creacionista” o que acho muito bem… Mas escreve-se sobre uma outra teoria similar com base em “nada”…

    Senhores, tenham juizo, arranjem que escrever.

    Cumprimentos

    • “Ninguem esta pronto aceitar uma teoria “creacionista” o que acho muito bem… Mas escreve-se sobre uma outra teoria similar com base em “nada”…”

      Concordo em pleno como escreveu. E também “concordo” com o texto integral.

  3. realmente tem razão que existiu uma ‘civilização’ mais avançada, está é errado em quem acha que a formava.

    procurem por nephilim….

  4. O “cientista” Jason Wright, apenas sugere hipóteses, sem nenhum fundamento ou qualquer prova.
    Trata-se de filosofia e não de ciência.

RESPONDER

NASA gravou acidentalmente a explosão de um cometa a aproximar-se do Sol

Astrónomos usaram dados do telescópio espacial TESS para estudar a explosão de um cometa durante a sua aproximação ao Sol. A investigação resultou num artigo publicado em novembro na revista científica Astrophysical Journal Letters. Foi a …

Objeto de Hoag é uma galáxia dentro de uma galáxia (que está dentro de outra galáxia)

Se observar atentamente a Constelação da Serpente poderá ver uma galáxia dentro de uma galáxia que, por sua vez, está dentro de outra galáxia. Este grande mistério do Universo é conhecido como Objeto de Hoag. Descoberto …

Parker Solar Probe lança nova luz sobre o Sol

Em agosto de 2018, a Parker Solar Probe da NASA foi lançada para o espaço, tornando-se pouco tempo depois a sonda mais próxima do Sol. Com instrumentos científicos de ponta para medir o ambiente em …

Encontrado no mar das Malvinas navio alemão da I Guerra Mundial 105 anos depois de naufragar

O naufrágio de um cruzador alemão da I Guerra Mundial foi identificado nas Ilhas Malvinas, onde foi afundado pela Marinha britânica há 105 anos. O SMS Scharnhorst foi o principal ativo da esquadra alemã na Ásia …

Boavista 1-4 Benfica | Águia goleia no xadrez do Bessa

O Benfica deu o pontapé de saída da 13ª jornada com uma vitória competente na visita ao Boavista, por 4-1. Num jogo potencialmente perigoso para as aspirações “encarnadas”, frente a um adversário com somente uma derrota …

Cientistas desenvolvem técnica para determinar o humor através da caligrafia

Uma equipa de cientistas estudou a biomecânica dos movimentos das mãos a escrever e a desenhar, e desenvolveu um método para avaliar as propriedades individuais da velocidade de escrita e da pressão do lápis no …

Quase seis mil denúncias de agressões sexuais em viagens da Uber nos EUA

A plataforma de transporte de passageiros Uber divulgou na quinta-feira um relatório, revelando quase seis mil denúncias de agressões sexuais a utilizadores, motoristas e terceiros nos Estados Unidos (EUA), em 2017 e 2018. No relatório de …

Polícia de Los Angeles vai usar dispositivo "ao estilo Batman" para prender suspeitos

A polícia de Los Angeles, nos Estados Unidos, vai adotar, no início do próximo ano, um novo dispositivo, conhecido como BolaWrap 100, que dispara um cinto de fibra sintética a uma velocidade de 200 metros …

Corriere dello Sport defende-se das acusações e garante ser "inimigo do racismo"

O jornal desportivo italiano Corriere dello Sport afirmou esta sexta-feira ser “inimigo do racismo”, defendendo-se das críticas motivadas pela manchete de quinta-feira, com o título “Black Friday” e ilustrada com os futebolistas negros Romelu Lukaku …

Alisadores e tintas para cabelo podem aumentar o risco de cancro da mama

Alisadores e tintas para cabelo são dois produtos comummente utilizados por mulheres. Um novo estudo sugere que estes podem aumentar o risco de cancro da mama, especialmente em mulheres negras. Muitos produtos capilares contêm compostos que …