Em 40 anos, a Terra perdeu 60% dos seus animais selvagens

(CC0/PD) minkewink / Pixabay

O ritmo atual de extinção das espécies é cerca de 100 a 1.000 vezes maior do que há alguns séculos

A população mundial de vertebrados no mundo diminuiu 60% nos últimos 40 anos, aponta um estudo do Fundo Mundial para a Natureza (WWF) divulgado nesta terça-feira. A ação humana é a principal responsável por esta perda em massa de mamíferos, aves, peixes, anfíbios e répteis.

As regiões que mais perderam animais selvagens entre 1970 e 2014 foram as Américas do Sul e Central, onde as populações de vertebrados diminuíram 89%. O Relatório Planeta Vivo analisou o estado de 16.704 grupos de 4.005 espécies de vertebrados durante estes 40 anos.

Entre as espécies de fauna mais afetadas e com a maior taxa de extinção estão as de água doce, cuja redução nas populações atingiu os 83%.

Dependendo do tipo de animais em análise, o ritmo atual de extinção das espécies é cerca de 100 a 1.000 vezes maior do que há alguns séculos, quando a atividade humana começou a alterar a Biologia e a Química do planeta.

Segundo o relatório agora apresentado, a principal causa do declínio da biodiversidade é o modelo descontrolado de consumo do ser humano, que explora extensivamente os ecossistemas e a agricultura. A Humanidade é ainda responsável pela poluição, introdução de espécies invasoras e pelo aquecimento global, fatores que também impactam negativamente a vida selvagem.

“A enorme pressão feita sobre os recursos naturais está a ameaçar a estrutura viva que sustenta a Humanidade”, afirmou Marco Lambertini, diretor-geral da organização ambientalista internacional.

Em todo o mundo, a natureza proporciona serviços avaliados em, aproximadamente, 125 mil milhões de dólares por ano, ajudando a garantir o fornecimento de ar fresco, água potável, alimentos, energia e medicamentos.

Segundo aponta o relatório, os manguezais, por exemplo, – árvores rizoforáceas da América e da África -, capturam quase cinco vezes mais carbono do que as florestas tropicais; as culturas parcialmente polinizadas por animais correspondem a 35% da produção mundial de alimentos e os recifes de corais protegem cerca de 200 milhões de pessoas contra ondas e tempestades.

O WWF destaca ainda que a pegada ecológica do planeta – parâmetro que mede o consumo de recursos naturais – aumentou quase 190% nos últimos 50 anos.

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Diamante de 183 quilates está à venda em leilão angolano

A Sodiam, empresa pública de comercialização de diamantes angolana, lançou na quarta-feira o segundo leilão para venda de diamantes brutos, que inclui uma pedra de 183 quilates, e no qual estão já registadas mais de …

Bruxelas aprova compra de Seguradoras Unidas e AdvanceCare pela Generali

A Comissão Europeia aprovou, esta quinta-feira, a compra das portuguesas Seguradoras Unidas e AdvanceCare ao grupo norte-americano Apollo pelo grupo italiano Generali, um negócio no valor estimado de 600 milhões de euros. O Executivo comunitário adiantou, …

"Rebeldes" que saíram do Partido Conservador concorrem como independentes ou pela oposição

Vários deputados dissidentes ou expulsos do Partido Conservador estão a candidatar-se como independentes ou por partidos da oposição nas legislativas de 12 de dezembro por se oporem ao Brexit negociado pelo primeiro-ministro. O antigo procurador-geral Dominic …

CGD já está a cobrar comissões nos depósitos de instituições financeiras

A Caixa Geral de Depósitos (CGD) já começou a cobrar comissões nos depósitos das instituições financeiras, de modo a tentar contornar a política monetária do Banco central Europeu. A intenção de cobrar comissões nos depósitos de …

Câmara de Oliveira de Azeméis pagou contas de concelhia do PSD, acusa Ministério Público

O Ministério Público (MP) deduziu esta quarta-feira acusação contra 68 arguidos no âmbito da operação “Ajuste Secreto”. Entre os acusados está o antigo autarca da Câmara de Oliveira de Azeméis Hermínio Loureiro, que é a …

PAN defende atribuição de cartão de cidadão a sem-abrigo

A iniciativa recomenda ao executivo socialista, liderado por António Costa, que seja atribuído "um cartão de identificação a todos aqueles que não têm uma casa ou um teto". O PAN apresentou na Assembleia da República um …

Governo quer criar regras especiais para alunos do profissional acederem ao Ensino Superior

O Governo quer criar um modelo de acesso específico para alunos do ensino profissional que queiram prosseguir estudos superiores, uma proposta que chegou a estar desenhada na anterior legislatura, mas que ainda não avançou. Segundo noticiou …

Menos de metade dos médicos do SNS trabalha em regime de exclusividade

Menos de metade (42,9%) dos médicos do Serviço Nacional de Saúde (SNS) trabalha em regime de exclusividade, avança o Jornal de Notícias, citando números da Administração Central dos Serviços de Saúde.  Segundo dados apresentados esta quinta-feira …

Grávidas e crianças até aos 10 anos não devem comer peixe-espada e atum, recomenda Espanha

A Agência Espanhola de Segurança Alimentar e Nutrição publicou novas recomendações no final de outubro para o consumo de determinados tipos de pescado, nomeadamente o atum e o peixe-espada, tubarão ou cação e Lúcio. Em causa …

Deputado Lobo d'Ávila abre portas ao futuro no CDS. "Não digo não" ao partido

O ex-deputado Filipe Lobo d'Ávila afirmou que não afasta a possibilidade de se candidatar à liderança do CDS. O potencial candidato à sucessão de Assunção Cristas indicou que a estratégia do partido, nos últimos anos, …