A Terra está cheia de misteriosos cones espaciais (e já se sabe porquê)

NYU's Applied Mathematics Laboratory

A maioria dos meteoritos encontrados na Terra têm formas aleatórias. Mas um número surpreendentemente alto – cerca de 25% – é em forma de cone.

Os cientistas chamam a essas pedras espaciais cónicas de “meteoritos orientados”. Agora, graças a um par de experiências cujos resultados vão ser apresentados na revista Proceedings of National Academy of Sciences, sabemos porquê: a atmosfera está a esculpir as rochas em formas mais aerodinâmicas quando caem na Terra.

“Estes experiências contam uma história de origem de meteoritos orientados”, diz em comunicado o físico matemático Leif Ristroph, investigador da Universidade de Nova Iorque que liderou o estudo.

“As forças muito aerodinâmicas que derretem e remodelam os meteoróides em voo também os estabilizam, de modo que pode ser esculpida uma forma em cone e, finalmente, chegar à Terra”, acrescenta o investigador.

É difícil replicar com precisão o encontro de meteoróides do meio ambiente no seu caminho para a superfície do nosso planeta. As rochas espaciais chocam com a atmosfera em altas velocidades, gerando uma fricção intensa e súbita que aquece, derrete e deforma os objetos à medida que caem livremente.

Essas condições não existiam no laboratório da NYU onde o estudo ocorreu, mas os investigadores aproximaram esses fatores com recurso a materiais mais macios e água e dividindo a experiência em partes.

Primeiro, os cientistas prenderam bolas de argila macia no centro de correntes de água corrente, uma aproximação de uma rocha pesada a atingir uma atmosfera. De acordo com os investigadores, a argila tendeu a deformar-se e a sofrer erosão em forma de cone.

Esta experiência por si só não explicaria muito. A argila macia não conseguia mover-se na água – uma situação muito diferente de uma rocha livre a cair solta através da atmosfera superior e de alguma forma orientar-se a si própria.

Na segunda etapa, os investigadores colocaram diferentes tipos de cones na água para ver como caíam. Os cones que são muito estreitos ou muito gordos tendem a cair como as rochas de qualquer forma. Mas havia cones “Cachinhos Dourados”, entre aqueles dois extremos, que giravam até os pontos apontarem ao longo da sua direção de viagem, como uma flecha, e depois deslizavam suavemente pela água.

O Goldilocks Principle, ou “princípio de Cachinhos Dourados“, é assim chamado por analogia à história infantil “Cachinhos Dourados e os Três Ursos”, em que uma menina chamada Cachinhos Dourados prova três pratos diferentes e prefere o que não é nem muito quente nem muito frio, mas que tem a temperatura ideal.

Como a história infantil é bem conhecida entre diferentes culturas, o conceito de “a quantidade ideal” é facilmente compreendido e aplicado em diversas áreas, incluindo psicologia do desenvolvimento, biologia, astronomia, economia e engenharia.

Estas duas experiências juntas parecem mostrar que, quando certas condições são satisfeitas, as rochas espaciais desenvolverão formas cónicas sob a extrema fricção de uma entrada atmosférica. Às vezes, essas partes cónicas ajudarão as rochas a estabilizar-se, apontando numa direção consistente à medida que caem. Essa estabilidade, por sua vez, torna-os cada vez mais cónicos.

Quando as pedras atingem o solo, caçadores de meteoritos encontram os restos de rochas espaciais cónicas “orientadas”.

ZAP //

 

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Isto é tudo uma questão de concorrência, com tanto armamento por cá e tanta munição os meteoritos acabaram por copiar e perceber que em forma de cone têm mais vantagens na velocidade como na precisão.

"DeepNude". Inteligência Artificial "tirou a roupa" a mulheres nas redes sociais

A empresa de informação Sensity alertou que mais de 100 mil imagens foram carregadas para um canal de Telegram onde um bot "tirou a roupa" de mulheres. A empresa de segurança Sensity revelou recentemente que existe …

Poluição atmosférica "custa" a cada citadino europeu 1.276 euros por ano

A poluição atmosférica "custa" 1.276 euros por ano a cada cidadão europeu residente em cidades, de acordo com um estudo da Aliança Europeia de Saúde Pública (EPHA) divulgado esta quarta-feira. O estudo chegou ao valor médio …

"Emergência arqueológica". O degelo dos Alpes está a "libertar" artefactos escondidos há milhares de anos

As alterações climáticas podem estar a ajudar os arqueólogos a encontrar artefactos escondidos nos glaciares do Alpes há milhares de anos. O derretimento dos glaciares dos Alpes está a "liberta" objetos que permaneceram congelados no tempo …

Thermite RS3 é o primeiro robô de combate a incêndios dos EUA (e está pronto a entrar ao serviço)

O Corpo de Bombeiros de Los Angeles, nos Estados Unidos, deu as boas-vindas ao mais recente membro da equipa: um bombeiro robótico. O Thermite RS3 é um rover de controlo remoto capaz de bombear milhares de …

Inventor dinamarquês que matou jornalista no seu submarino escapou da prisão (mas já foi apanhado)

O inventor dinamarquês Peter Madsen, condenado a prisão perpétua por torturar e assassinar a jornalista sueca Kim Wall, fugiu da prisão esta terça-feira.  As autoridades dinamarquesas capturaram-no minutos depois. Peter Madsen, o dinamarquês condenado a prisão …

Molécula descoberta por menina de 14 anos pode levar a uma cura para a covid-19

A jovem norte-americana de 14 anos, Anika Chebrolu, descobriu uma molécula que pode levar a uma potencial cura para a covid-19. Enquanto cientistas dos quatro cantos do mundo trabalham no desenvolvimento de uma vacina para a …

Cerca de 1.300 reclusos fogem de prisão no Congo após ataque do Estado Islâmico

Cerca de 1.300 reclusos escaparam de uma prisão na República Democrática do Congo na manhã de terça-feira, após um ataque reivindicado pelo Estado Islâmico, informou a Organização das Nações Unidas (ONU). Embora as autoridades locais tenham …

Amesterdão vai usar flores para impedir que os ciclistas estacionem bicicletas nas pontes

A cidade conhecida pelo uso de bicicletas, vai agora tomar uma medida em relação ao estacionamento destas nas pontes. Tudo para proteger as vistas para os seus famosos canais. Amesterdão orgulha-se de ser uma das cidades …

Morreu voluntário envolvido no ensaio da vacina de Oxford. Tinha 28 anos e era médico recém-formado

As autoridades de saúde brasileiras divulgaram esta quarta-feira a morte de um voluntário dos testes da vacina contra a covid-19, desenvolvida pelo laboratório AstraZeneca e pela Universidade de Oxford. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), …

Milo, o "comunicador de ação" que permite conversar em grupo durante atividades ao ar livre

Chegou o Milo, o novo aparelho que vai revolucionar as aventuras em grupo. Este pequeno dispositivo permite-lhe conversar com o seu grupo à distancia sem precisar de levar o smartphone para o meio da montanha, …