Nova leitura da teoria de Einstein sugere que o tempo existiu antes do Big Bang

CXC / U.Waterloo / A.Vantyghem / STScI / NRAO / VLA / NASA

De acordo com a teoria do Big Bang – o modelo cosmogonia predominante aceite pela comunidade científica -, o Universo estava inicialmente num estado de densidade e temperatura extremamente altas ainda antes de começar a expandir-se no tempo e no espaço. No entanto, e segundo um novo estudo, a dimensão temporal existia antes mesmo da Grande Explosão.

Tal como explica o Science Alert, o deslocamento de luz das galáxias distantes é evidência da expansão do universo, que necessariamente teve que ser menor e depois expandir-se, como já há nove décadas o observou o astrónomo belga Georges Lemaitre (1894-1966).

O processo remontaria há cerca de 13.800 mil milhões de anos, quando todo o espaço estava limitado a um volume extremamente pequeno, apelidado de “singularidade”. Lá, e tal como escreveu o físico Stephen Hawking em O início dos tempos, “toda a matéria do Universo seria empilhada”, enquanto que a “densidade teria sido infinita”.

Um dos modelos que explica a inexistência de matéria no espaço vazio é o proposto por Albert Einstein, que descreve a gravidade a partir da relação com a geometria inerente ao material que constitui o universo.

Entretanto, e de acordo com teoremas semelhantes aos propostos por Hawking ou pelo matemático e físico britânico Roger Penrose, as soluções para as equações da relatividade geral permanecem incompletas na infinitamente escala pequena da singularidade.

Ciência ou especulação?

Noutras palavras, e simplificando o assunto, a Física moderna simplesmente pára de funcionar quando tenta explicar este problema, sendo reduzida a uma mera mistura de especulações que tentam resgatar a pequena parte da Ciência que não perde sentido.

Para resolver este problema, Tim Koslowski, Flavio Mercati e David Sloan – os autores do novo trabalho acima mencionado, publicado em março Physics Letters B – apresentaram um modelo diferente que reinterpreta o conceito de espaço contraído, considerando separadamente o mapa do espaço-tempo propriamente dito da matéria que este contém.

“Todos este termos [da Relatividade Geral] que são problemáticos acabam são irrelevantes para resolver o comportamento das quantidades que determinam como é que o Universo é visto a partir de dentro”, disse Sloan, da Universidade de Oxford, no Reino Unido.

O Ponto de Janus

Para colmatar estas falhas, os autores do estudo concebem o Big Bang substituindo a ideia da singularidade por um outro conceito a que os cientistas apelidaram de “Ponto de Janus“, em referência à divindade romana de duas faces.

De acordo com este modelo, as posições e as escalas relativas do material que constitui o Universo são esmagadas numa espécie “panqueca” bidimensional à medida que retrocedemos o tempo. Então, ao passar este ponto de duas faces, a “panqueca” recupera novamente as suas três dimensões, embora que seja na direção oposta.

Os cientistas acreditam que este modelo poderia ter profundas implicações para a simetria na Física das partículas e até pode possibilitar a existência de um Universo baseado essencialmente na antimatéria.

“Não introduzimos novos princípios nem modificamos a teoria da Relatividade Geral de Einstein”, concluindo Sloan, acrescentando ainda que a nova publicação altera apenas “a interpretação que é feita dos objetos“.

ZAP // RT / Science Alert

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. O tempo, assim como todas as demais dimensões espaciais que compõem o mosaico do multiverso, apresentam naturalmente propriedades supersimétricas, mantendo sempre este equilíbrio dinâmico, constante e em evolução, observado.

  2. Conclusão. Ninguém se entende e a única coisa certa é que expande. Em vez de pensar no passado é melhor pensar no futuro e tentar descobrir que tipo de espaço a expansão ocupa, digo eu.

RESPONDER

Netflix retira imagens de suicídio de "13 Reasons Why"

A Netflix modificou o episódio da série "13 Reasons Why" onde apareciam imagens do suicídio da protagonista Hannah Baker (Katherine Langford), passando agora essa parte da ação a ocorrer de forma totalmente oculta para os …

Belinda Sharpe é a primeira árbitra do râguebi australiano em 111 anos

Belinda Sharpe vai tornar-se na primeira árbitra de campo na história de 111 anos da liga profissional de râguebi na Austrália, quando dirigir um jogo do campeonato agendado para quinta-feira. A Liga Nacional de Râguebi (NRL) …

Os chimpanzés não têm noção de justiça e aceitam desigualdades

Os chimpanzés carecem da noção de justiça e aceitam a desigualdade na repartição de comida ou materiais, segundo a investigadora Nereida Bueno. A cientista, da Universidade Pontificia de Camillas, que participou num estudo publicado esta semana …

Descartar drogas pelo esgoto pode criar "meta-caimões" nos Estados Unidos

O Departamento da Polícia de Loretto, no estado norte-americano do Tennessee, alertou este sábado para os perigos associados à eliminação de narcóticos através das canalizações das casas de banho. Numa publicação na página oficial de Facebook, …

Descoberta nova via terapêutica para tratar o Alzheimer

Um grupo de cientistas descobriu uma nova via terapêutica para tratamento do Alzheimer, que segundo os investigadores cria “alguma esperança” para travar o desenvolvimento da doença em estágios mais iniciais. O projeto, cujas conclusões foram publicadas …

Exército de carraças está a dizimar vacas (e pode chegar aos humanos)

Uma espécie invasiva de carraças já dizimou um quinto da população de vacas na Carolina do Norte. Os cientistas temem que o próximo alvo podem ser os humanos. A espécie de carraça Haemaphysalis longicornis tem feito …

Ucrânia aprova castração química para pedófilos

Na Ucrânia, será administrada uma injeção que reduz o libido aos pedófilos. A legislação vai aplicar-se a homens com idades entre os 18 e os 65 anos que forem considerados culpados de violação ou abuso …

Em vez de desaparecer, ilhas do Pacífico poderão mudar de forma

Países insulares como Tuvalu, Toquelau e Kiribati passam o nível do mar em poucos metros. Estes são Estados considerados vulneráveis ao aquecimento climático do planeta e as populações acreditam que podem desaparecer com a subida …

Morreu o pugilista Pernell Whitaker. O campeão olímpico foi vítima de atropelamento

O pugilista norte-americano Pernell Whitaker morreu atropelado este domingo em Virginia Beach, aos 55 anos. O atleta foi atingido mortalmente quando atravessava a estrada num cruzamento, durante a noite. Num comunicado enviado ao Guardian, o Departamento …

Eis a primeira aterragem autónoma de um avião tripulado

Uma equipa de cientistas alemã criou um sistema que permite à aeronave aterrar autonomamente em qualquer pista, sem nenhum tipo de apoio humano. Enquanto a indústria automóvel tem andado léguas no que toca a inovação em …