Arqueólogos desenterraram um templo greco-romano raro no meio do deserto

(dr) Egyptian Antiquities Ministry

Arqueólogos descobriram no Egito restos de um raro templo greco-romano, incluindo a entrada principal e o pátio. Este é um dos mais notáveis achados históricos.

A descoberta foi feita em Al-Salam, no deserto ocidental do Egito, a cerca de 320 quilómetros das margens do Mediterrâneo.

“O mais surpreendente é que não ouvimos falar todos os dias em novos templos encontrados no Egito”, disse a arqueóloga Sarah Parcak, que não está envolvida na escavação, à National Geographic.

Até agora foram descobertas cerâmicas, moedas, uma escultura da cabeça de um homem e pilares de parede decorados com motivos da época, mas os arqueólogos que estão a trabalhar na escavação afirmam que, muito provavelmente, haverá muito mais por descobrir à medida que as escavações avançam.

Sarah Parcak admite que esta descoberta vai dar muitas mais pistas sobre a história do oásis Siwa, um dos assentamentos egípcios mais isolados, que se encontra entre a Depressão de Qattara e o Mar da Areia Egípcia, a cerca de 560 quilómetros da cidade do Cairo.

Embora não esteja provado, acredita-se que as pessoas habitaram o oásis Siwa desde, pelo menos, 10.000 a.C.. Este templo recém-encontrado poderá ter sido construído entre 200 a.C. e 300 d.C..

Durante este período de tempo, o Egito ficou sob domínio helenístico e, depois, romano. no entanto, a arquitetura e as religiões do antigo Egito permaneceram vivas. É por esse motivo que influências tanto tradicionais como modernas podem ser observadas nos edifícios da época, incluindo o templo em Al-Salam.

Mas infelizmente, muito poucas ruínas desta época ainda permanecem intactas, ou pelo menos percetíveis, o que torna esta descoberta ainda mais emocionante. Espera-se que os trabalhos de escavação duram pelo menos até ao fim do ano, de modo a que sejam descobertos ainda mais artefactos históricos.

Cada um dos objetos encontrados ajuda a contar o que aconteceu no oásis Siwa durante aquele período, as atividades que era praticadas pelas pessoas na época e, nomeadamente, o número de habitantes daquela região.

Os templos eram usados como locais de comércio, para eventos religiosos, e eram também a casa dos sacerdotes da altura. O lar de um padre, por exemplo, poderia estar entre as descobertas que ainda estão por acontecer.

Atualmente, o lugar mais aclamado da região do oásis de Siwa é o exato local onde o rei grego Alexandre o Grande consultou o oráculo de Amon. Aliás, foi nesse lugar que Alexandre o Grande acreditou ter sido chamado para ser o rei divino do Egito.

“Achamos que sabemos muito sobre o antigo Egito, mas ainda resta muito para encontrar”, concluiu Parcak.

PARTILHAR

RESPONDER

Rulotes vão ser proibidas de vender álcool em zonas do Porto, Lisboa e Albufeira

O Governo anunciou, esta sexta-feira, que está a articular com as câmaras de Lisboa e Albufeira a proibição de vendas alcoólicas por rulotes "nas zonas de diversão noturna identificadas como problemáticas pelas forças de segurança". A …

Condenada a mais oito. Ex-Presidente Park arrisca agora 32 anos de prisão

Esta sexta-feira, o Tribunal Distrital de Seul condenou a ex-Presidente sul-coreana Park Geun-hye a mais oito anos de prisão. Park Geun-hye, ex-Presidente da Coreia do Sul, já tinha sido condenada a 24 anos de prisão por …

Viagem de deputados contra supressão de comboios cancelada (porque o comboio foi suprimido)

Uma comitiva de deputados e autarcas que pretendia viajar de comboio entre as Caldas da Rainha e Lisboa, para exigir soluções para a Linha do Oeste, ficou apeada e foi obrigada a fazer o percurso …

12 feridos em ataque com arma branca em autocarro na Alemanha

12 pessoas ficaram feridas, duas delas em estado grave, no ataque perpetrado por um homem, armado com arma branca, no interior de um autocarro na cidade alemã de Lübeck, norte do país, segundo a televisão …

É um "emprego de sono". 1000 euros para dormir 8 horas por dia

Um salário de 1000 euros ao fim do mês para dormir oito horas por dia. Eis a oferta de emprego da marca portuguesa Desonno, especializada em colchões e almofadas, que é, acima de tudo, uma …

Marinha Portuguesa vai receber 7 novos navios (para cumprir acordo com a NATO)

O primeiro-ministro anunciou, esta sexta-feira, a construção, nos próximos seis a oito anos, de sete novos navios para a Marinha portuguesa, no âmbito da revisão da Lei de Programação Militar (LPM). António Costa falava nos estaleiros …

Por dia, são assassinadas pelo menos 3 crianças no México

Pelo menos três crianças são assassinadas todos os dias no México, país que fechou o ano passado com o número mais elevado de homicídios das últimas duas décadas, lamentaram esta quinta-feira as autoridades do país. “Temos …

Macron despede colaborador que agrediu manifestante

O Presidente francês viu-se obrigado a despedir o colaborador que tinha sido filmado a agredir um manifestaste no 1º de maio, alegando terem surgido "dados novos" sobre o caso. Segundo o Público, o colaborador de Emmanuel Macron que foi …

Há uma empresa neozelandesa em que se trabalha 4 dias por semana (e ganha-se o mesmo)

Os trabalhadores da Perpetual Guardian trabalham apenas quatro dias por semana e recebem o mesmo salário. A empresa neozelandesa decidiu fazer a experiência e os resultados não poderiam ser melhores. Mantendo o mesmo salário e sem …

Enorme sarcófago negro tinha 3 múmias (e nenhuma maldição)

O enorme sarcófago negro encontrado em Alexandria foi finalmente aberto e o mistério foi desvendado. Nem maldição nem restos mortais de Alexandre, o Grande. Na verdade, o túmulo tinha 3 múmias e água de esgoto. O …