Arqueólogos desenterraram um templo greco-romano raro no meio do deserto

(dr) Egyptian Antiquities Ministry

Arqueólogos descobriram no Egito restos de um raro templo greco-romano, incluindo a entrada principal e o pátio. Este é um dos mais notáveis achados históricos.

A descoberta foi feita em Al-Salam, no deserto ocidental do Egito, a cerca de 320 quilómetros das margens do Mediterrâneo.

“O mais surpreendente é que não ouvimos falar todos os dias em novos templos encontrados no Egito”, disse a arqueóloga Sarah Parcak, que não está envolvida na escavação, à National Geographic.

Até agora foram descobertas cerâmicas, moedas, uma escultura da cabeça de um homem e pilares de parede decorados com motivos da época, mas os arqueólogos que estão a trabalhar na escavação afirmam que, muito provavelmente, haverá muito mais por descobrir à medida que as escavações avançam.

Sarah Parcak admite que esta descoberta vai dar muitas mais pistas sobre a história do oásis Siwa, um dos assentamentos egípcios mais isolados, que se encontra entre a Depressão de Qattara e o Mar da Areia Egípcia, a cerca de 560 quilómetros da cidade do Cairo.

Embora não esteja provado, acredita-se que as pessoas habitaram o oásis Siwa desde, pelo menos, 10.000 a.C.. Este templo recém-encontrado poderá ter sido construído entre 200 a.C. e 300 d.C..

Durante este período de tempo, o Egito ficou sob domínio helenístico e, depois, romano. no entanto, a arquitetura e as religiões do antigo Egito permaneceram vivas. É por esse motivo que influências tanto tradicionais como modernas podem ser observadas nos edifícios da época, incluindo o templo em Al-Salam.

Mas infelizmente, muito poucas ruínas desta época ainda permanecem intactas, ou pelo menos percetíveis, o que torna esta descoberta ainda mais emocionante. Espera-se que os trabalhos de escavação duram pelo menos até ao fim do ano, de modo a que sejam descobertos ainda mais artefactos históricos.

Cada um dos objetos encontrados ajuda a contar o que aconteceu no oásis Siwa durante aquele período, as atividades que era praticadas pelas pessoas na época e, nomeadamente, o número de habitantes daquela região.

Os templos eram usados como locais de comércio, para eventos religiosos, e eram também a casa dos sacerdotes da altura. O lar de um padre, por exemplo, poderia estar entre as descobertas que ainda estão por acontecer.

Atualmente, o lugar mais aclamado da região do oásis de Siwa é o exato local onde o rei grego Alexandre o Grande consultou o oráculo de Amon. Aliás, foi nesse lugar que Alexandre o Grande acreditou ter sido chamado para ser o rei divino do Egito.

“Achamos que sabemos muito sobre o antigo Egito, mas ainda resta muito para encontrar”, concluiu Parcak.

PARTILHAR

RESPONDER

Afinal, o esparguete à bolonhesa não existe

Quando se trata de refeições italianas clássicas, a maioria das pessoas pensa em pratos simples como uma pizza Margherita, lasanha e esparguete à bolonhesa. Contudo, segundo Virginio Merola, presidente de Bolonha, em Itália, o esparguete à bolonhesa …

Javalis tomaram o lugar dos coelhos. "Muitos animais estão doentes"

Para já, não há perigo de saúde pública, mas os javalis carregam doenças que podem passar a outros animais. Se antes se matavam mil coelhos, abatem-se agora 10 javalis. Jacinto Amaro, presidente da Fencaça - Federação …

Maduro prepara reestruturação do Governo venezuelano

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, pediu aos ministros do seu Governo que ponham os seus cargos à disposição, a fim de impulsionar uma "reestruturação profunda" do Executivo. O anúncio foi feito este domingo através do …

"Cojones" de Ronaldo valem-lhe processo disciplinar da UEFA

A UEFA abriu um processo disciplinar a Cristiano Ronaldo pelo seu festejo na vitória por 3-0 frente ao Atlético Madrid. O gesto ousado do português após marcar o terceiro golo na partida foi uma resposta …

Olimpíadas de Tóquio terão robôs a ajudar pessoas em cadeira de rodas

As Olimpíadas de Tóquio, que decorrem em 2020, podem vir a ficar conhecidas como os "Jogos dos Robôs", devido aos robôs que serão usados ​​no novo Estádio Nacional para ajudar os apoiantes em cadeiras de …

Banco de Portugal quer obrigar bancos a reduzir custos de transferências imediatas

O Banco de Portugal quer que a banca implemente práticas que reduzam o preço das transferências imediatas, de forma a aumentar a sua adoção. Estas são transações monetárias de uma conta para outra, efetuadas num …

Holanda investiga morte de milhares de doentes mentais na II Guerra Mundial

A Holanda vai investigar as circunstâncias em que milhares de pessoas com incapacidades e doenças mentais morreram nos hospitais psiquiátricos do país na II Guerra Mundial, um número que é desconhecido, divulgou a imprensa local. "Não …

Roubo, sequestro e violação. PJ descortinou 210 crimes inventados nos últimos cinco anos

Nos últimos cinco anos, a Polícia Judiciária descortinou que 210 investigações lançadas após denúncias de alegados lesados eram, na verdade, invenções. De acordo com o Jornal de Notícias, que avança a notícia, os delitos mais …

Número de mortos pela passagem do ciclone Idai por África aumentou para 200

O número de vítimas mortais devido à passagem do ciclone Idai por Moçambique, Zimbabué e Malaui subiu para 200, de acordo com dados divulgados este domingo pela Organização das Nações Unidas (ONU). No Zimbabué, o número …

Durante uma semana, Lisboa vai ter passe de transportes a 10 euros

Os transportes da Área Metropolitana de Lisboa (AML) vão ter no mês de abril um passe com o preço de 10 euros e validade de sete dias para assegurar o período transitório da implementação do …