Um recorde em 200 anos. Temperaturas nunca subiram tão rapidamente

Hugo Delgado / Lusa

Numa recente investigação, cientistas explicam que 98% da Terra está a sentir o aquecimento global após a revolução industrial.

As temperaturas nunca subiram tão rapidamente nos últimos dois séculos como agora, nem de forma tão global, segundo estudos publicados recentemente nas revistas Nature e Nature Geoscience.

A investigação concentrou-se na análise da tendência climática recente do planeta e conclui que 98% da Terra está a sentir o aquecimento global após a revolução industrial, o que demonstra que o “impacto humano no meio ambiente tem uma consistência espacial inédita no contexto dos últimos dois mil anos”, segundo os autores das pesquisas. Foram compilados quase 700 indicadores, como anéis de árvores, gelo, sedimentos lacustres e de corais ou termómetros modernos.

Rafael Neukom, da Universidade de Berna, na Suíça, disse que a época atual é diferente de qualquer outra do passado e acrescentou que inicialmente se pensava que ao longo dos últimos dois séculos havia uma coerência global da variabilidade climática, mas que tal não é real.

“Quando voltamos ao passado encontramos fenómenos regionais, mas nenhum é global”, reforçou Nathan Steiger, da Universidade de Colúmbia, Nova Iorque, um dos autores de um dos estudos.

As etapas que os cientistas estudaram são a chamada Anomalia Climática Medieval, o período quente medieval (séculos X a XIII), caracterizado por um período extraordinariamente quente, e a Pequena Idade do Gelo (séculos XIV a XIX), a época das temperaturas baixas.

Os investigadores analisaram dados de temperatura que revelaram que antes do século XX as épocas climáticas não aconteceram ao mesmo tempo em todo o planeta, como se pensava anteriormente.

Na Pequena Idade do Gelo, entre 1300 e 1850, por exemplo, as temperaturas mais baixas acontecerem durante alguns séculos na Europa e nos Estados Unidos, mas não no resto do mundo.

Em contraste com todos estes períodos, os autores disseram que a fase mais quente da era moderna corresponde aos últimos 150 anos, quando a Terra experimentou um aquecimento rápido e geral devido à influência humana.

Esta flutuação climática, alertam os investigadores, está a ser muito maior do que outras ocorridas nos últimos dois mil anos.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Certificado digital vai permitir livre circulação em todo o país

O Certificado digital Covid-19 da União Europeia vai também servir de "passaporte" em todo o país para cidadãos em determinadas situações, prevê o decreto-lei que o governo vai apresentar esta quinta-feira. Segundo apurou o jornal Público, …

covid, Lisboa

Travão no desconfinamento em todo o país. Porto à beira do alerta e Lisboa pode recuar 2 meses

Os números da pandemia de covid-19 "continuam a aumentar", reconhece Marta Temido numa altura em que o Governo deverá anunciar o travão no desconfinamento em todo o país. Mas a situação em Lisboa é mais …

Todos contra o Chega. Parlamento chumba projeto sobre enriquecimento injustificado

O Parlamento rejeitou projecto de lei de André Ventura sobre enriquecimento injustificado com os votos contra de todos os partidos, exceto do PAN, que se absteve, e da deputada Cristina Rodrigues. O projeto de lei de …

Canon obriga funcionários na China a sorrir para irem trabalhar

Os funcionários do escritório de Pequim da multinacional japonesa são avaliados por um sistema de inteligência artificial que determina se estão felizes o suficiente para trabalhar. A medida foi criticada por invadir a privacidade dos …

Cristiano Ronaldo é o terceiro jogador mais decisivo do Euro 2020 (atrás de um belga e de um italiano)

O italiano Marco Verratti, o belga Kevin de Bruyne e o português Cristiano Ronaldo são os três jogadores mais decisivos do Euro 2020 até agora, altura em que acabou a fase de grupos da prova. …

John McAfee encontrado morto em prisão espanhola

O criador do antivírus McAfee, John McAfee, foi encontrado morto esta quarta-feira na sua cela numa prisão espanhola, aparentemente por suicídio, horas depois de a justiça espanhola ter aprovado a extradição para seu país de …

PS nacional impõe filho de dinossauro do PSD como candidato à Maia. "Inexplicável e duvidoso"

Alguns dias depois da polémica com a escolha do candidato do PS à Câmara do Porto devido a divergências internas, há mais um caso semelhante na Maia. Teresa Almadanim retirou-se da corrida depois de ter …

Computador principal do Hubble deixou de funcionar (e a NASA ainda não sabe porquê)

O Telescópio Espacial Hubble, da NASA, está em "modo de segurança" depois de o computador principal ter deixado de funcionar repentinamente no dia 13 de junho. A 13 de junho, o computador principal do Hubble deixou …

Relatório: Lisboa enviou dados para o Irão, Arábia Saudita e (27 vezes) para a Rússia

O Relatório interno da Câmara de Lisboa sobre o caso do envio de dados de ativistas a embaixadas de países estrangeiros desculpabiliza Fernando Medina, mas revela que a CML enviou dados para o Irão, a …

Cientistas descobrem como é que o cérebro nos faz espirrar

Uma equipa de cientistas da Universidade de Washington, nos Estados Unidos, identificou, em ratos de laboratório, células e proteínas específicas que controlam o reflexo do espirro. "Compreender melhor o que nos faz espirrar - de que …