Temperaturas mínimas baixam mais 2 a 6 graus até amanhã

Jerine Lay

-

As temperaturas mínimas poderão descer entre dois a seis graus Celsius, entre hoje e sábado, em todo o país devido a uma massa de ar frio.

“O IPMA prevê para hoje e amanhã [sábado] uma descida da temperatura mínima que pode chegar aos seis graus, dependendo da região do país. Nas regiões do interior norte e centro podem ser mais baixas”, adianta Bruno Café, meteorologista do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

De acordo com o IPMA, a descida das temperaturas mínimas deve-se a uma massa de ar frio do norte da Europa, que vai chegar às regiões mais a sul. “Contudo, as temperaturas são normais para esta altura do ano”, salientou.

No que diz respeito às temperaturas máximas, indicou Bruno Café, “estas não vão sofrer grandes alterações, rondando na generalidade do território do continente 12ºC a 15ºC, podendo ser um bocadinho mais baixas nas regiões do interior norte e centro”.

O IPMA prevê para hoje no continente períodos de céu muito nublado, diminuindo gradualmente de nebulosidade a partir do início da tarde, possibilidade de ocorrência de aguaceiros no litoral oeste a sul do Cabo Mondego até ao início da tarde e vento em geral fraco o quadrante norte, soprando temporariamente moderado nas terras altas e no litoral a norte do Cabo Raso.

“Estão também previstas neblinas ou nevoeiro matinal, em especial nas regiões do interior, formação de geada, em especial no interior norte e centro. No sábado, já estamos a prever céu limpo, com menos nebulosidade, vento fraco a moderado a forte nas terras altas e pequena descida da temperatura mínima, em especial nas regiões do litoral centro e sul”, disse.

Para domingo, de acordo com o IPMA, a previsão aponta para céu pouco nublado ou limpo e vento em geral fraco do quadrante norte, soprando temporariamente moderado no litoral oeste durante a tarde e moderado a forte nas terras altas, neblina ou nevoeiro matinal e formação de geada, em especial nas regiões do interior.

Cuidado com o frio

Por causa do frio, o Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) emitiu na quinta-feira um conjunto de alertas sobre os cuidados a ter com o frio, avisando que crianças e idosos são os grupos particularmente vulneráveis.

Tendo em conta a previsão de queda acentuada de temperatura nos próximos dias, o INEM recorda que a exposição a baixas temperaturas, no interior ou exterior, pode causar “riscos sérios ou letais para a saúde”.

Mesmo dentro de casa, o INEM avisa que é necessário ter cuidados na utilização de lareiras e outros sistemas de aquecimento, uma vez que aumenta o risco de incêndio e de intoxicação por monóxido de carbono.

Perante estes sinais, deve procurar-se ajuda médica ou ligar o 112 em caso de emergência, além de procurar aquecer a pessoa.

As autoridades de saúde emitiram ainda um alerta, publicado no Portal da Saúde, com recomendações práticas para enfrentar as vagas de frio intenso.

Cobrir a cabeça e proteger as mãos, consumir bebidas e refeições quentes, manter-se ativo, tentar manter uma temperatura interior a rondar os 20ºC e vedar bem janelas e portas são algumas das principais recomendações.

/Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. “Mesmo dentro de casa, o INEM avisa que é necessário ter cuidados na utilização de lareiras e outros sistemas de aquecimento, uma vez que aumenta o risco de incêndio e de intoxicação por monóxido de carbono.

    Perante estes sinais, deve procurar-se ajuda médica ou ligar o 112 em caso de emergência, além de procurar aquecer a pessoa.”

    A sério?! Caso haja sinais de risco de incêndio ou de intoxicação por monóxido de carbono deve-se tentar aquecer a pessoa? Estes textos estão cada vez melhor.

RESPONDER

Estado emprestou dois milhões à Cruz Vermelha para pagar salários

A Parpública SGPS emprestou dois milhões de euros ao Hospital da Cruz Vermelha, nomeadamente para fazer pagamento de salários. A Parpública SGPS, holding tutelada pelo Ministério das Finanças, libertou dois milhões de euros para permitir ao …

Ex-ministro francês François Bayrou acusado de cumplicidade na apropriação de fundos

O ex-ministro francês François Bayrou, dirigente centrista e próximo de Emmanuel Mácron, foi acusado na sexta-feira por "cumplicidade na apropriação indevida de fundos públicos" no caso dos assistentes parlamentares do seu partido. A acusação, "anunciada antecipadamente …

"Profundamente envergonhada", Merkel visitou Auschwitz pela primeira vez

A chanceler alemã, Angela Merkel, visitou esta sexta-feira pela primeira vez o campo de concentração e extermínio de Auschwitz-Birkenau num "sinal de reconciliação com os judeus e o estado de Israel", considera o historiador René …

Capital do Natal de Algés avança com queixa-crime contra promotores

A organização da Capital do Natal, evento que decorre em Algés, Oeiras, vai apresentar uma queixa-crime contra os promotores turísticos que "adulteraram a oferta do parque", o que defraudou "um conjunto alargado de pessoas". Em causa …

Menino de 5 anos convidou todos os colegas do infantário para assistir à sua adoção

Um menino de cinco anos de Michigan, nos Estados Unidos, convidou a sua turma do infantário para testemunhar à sua adoção legal. A criança, identificada como Michael, foi adotada formalmente pela sua nova família na passada …

TDT vai mudar de frequência (outra vez)

A frequência da Televisão Digital Terrestre (TDT) está a ser alterada de forma faseada, o que significa que os portugueses que usem este serviço gratuito de televisão têm de sintonizar novamente os seus recetores e/ou …

Ruas de Águeda entre as "mais bonitas do mundo" para a CNN

As ruas do centro de Águeda, no distrito de Aveiro, decoradas com guarda-chuvas estão entre as 21 mais bonitas de mundo para a emissora norte-americana CNN. A distinção é avançada pelo jornal Público, que dá …

Hospitais vão poder pagar mais a médicos para garantir urgências no Natal

Os hospitais vão poder contratar médicos prestadores de serviço, vulgo tarefeiros, por valores superiores aos de referência durante o Natal e o Ano Novo. De acordo com o presidente da Federação Nacional dos Médicos, Noel Carrilho, …

Jovem que abandonou bebé no lixo esteve 13 anos institucionalizada em Cabo Verde

A jovem que abandonou o filho recém-nascido no lixo, em Lisboa, esteve institucionalizada durante 13 anos em Cabo Verde. A sua mãe está agora a lutar pela guarda da criança. Numa entrevista ao programa Sexta às …

Último debate. Boris defendeu o Brexit e Corbyn falou da Saúde (pelo menos 15 vezes cada um)

No debate televisivo, transmitido pela BBC, o último antes das eleições da próxima quinta-feira, Boris Johnson defendeu que é o melhor preparado para concretizar o Brexit e terminar com o impasse no processo, prometendo ainda …