Telma Monteiro rejeita distinção da federação de judo

Inácio Rosa / Lusa

A judoca portuguesa Telma Monteiro

A judoca portuguesa Telma Monteiro

A judoca portuguesa, que ganhou a medalha de bronze no Rio 2016, considera que merecia uma distinção mais elevada e rejeitou a graduação de 5.º ‘dan’ que lhe foi atribuída pela federação.

A judoca Telma Monteiro declinou a graduação de 5.º ‘dan’ que lhe foi atribuída pela Federação Portuguesa de Judo (FPJ), considerando que merecia sim a distinção de 6.º ‘dan’.

“Recentemente a federação atribuiu a alguns judocas – que contribuíram para o desenvolvimento do judo português – o 6.º ‘dan’ por mérito. Hoje, a federação atribuiu-me o 5.º ‘dan’, talvez fosse esperado que ficasse feliz, mas confesso que fiquei surpreendida e triste – o que mais teria de fazer para também merecer a distinção do 6.º ‘dan’? -, por isso, humildemente, reneguei essa honra”, escreveu a atleta na sua página do Facebook.

As graduações no judo, nomeadamente os 10 ‘dan’, representados genericamente pelo cinto negro, podem ser alcançadas através de exames ou por mérito.

Telma Monteiro, que ganhou o bronze nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, foi cinco vezes campeã da Europa e quatro vezes vice-campeã do mundo, sendo, aos 30 anos de idade, a judoca mais medalhada de sempre em Portugal.

“Se aceitasse ser 5.º ‘dan’, teria de ter oito anos esta graduação. Iria olhar para a minha cintura e ficar triste por ter aceite algo inferior ao que já foi atribuído. Logo após a cerimónia informei a federação da minha decisão. Quem me conhece bem, não ficará surpreendido. Todos os dias luto para ser a melhor e não para ganhar prémios, mas também acredito que quando são atribuídos devem sê-lo de forma justa. Prometo que, mesmo sendo 3.º ‘dan’, continuarei a honrar orgulhosamente o judo português”, completou.

Na sua página oficial, a FPJ anunciou a entrega do diploma de graduação de 5.º ‘dan’ e da Medalha de Honra a Telma Monteiro no sábado, durante o campeonato nacional de equipas seniores, numa nota ilustrada com uma fotografia do momento da homenagem e com uma declaração da atleta.

“Este é um reconhecimento que aceito com humildade. Acho que tenho dado muito ao judo e à família do judo e tenho conseguido perpetuar os valores da modalidade, que é o mais importante. Estou orgulhosa do meu percurso, a medalha olímpica só me veio enriquecer mais. Não precisava da medalha para me valorizar como atleta, apenas torna tudo mais especial. Agora vou trabalhar para conquistar mais medalhas pelo judo nacional”, disse a atleta, citada pela FPJ.

/Lusa

 

PARTILHAR

RESPONDER

MP quer passar a ouvir todas as crianças expostas a violência doméstica

A procuradora-geral da República quer que os magistrados do Ministério Público peçam sempre ao juiz de instrução criminal que as crianças expostas a violência doméstica sejam ouvidas em tribunal para memória futura. A procuradora-geral da República, …

Greta Thunberg no Parlamento entre final do mês e início de dezembro

A ativista sueca aceitou participar numa sessão na Assembleia da República, em Lisboa, promovida pela comissão parlamentar de Ambiente, Energia e Ordenamento do Território, que se realizará entre o final deste mês e início de …

Phineas Fisher. O "hacker fantoche" que está a pagar para piratearem bancos e petrolíferas

Phineas Fisher é um hackers mais infames do mundo e procura agora renovar esse estatuto ao oferecer 100 mil dólares a quem piratear instituições capitalistas, como bancos e empresas petrolíferas. O hacker ficou conhecido após ter …

Conselho Superior da Magistratura arquiva processo disciplinar a Carlos Alexandre

O Conselho Superior da Magistratura decidiu arquivar o processo disciplinar relativo ao juiz do Tribunal de Instrução Criminal por declarações sobre o sorteio da fase de instrução do processo Operação Marquês. "O plenário de hoje do …

Jardins e complexo de estufas descobertos num dos bunker de Hitler

Um grupo de especialistas descobriu jardins e um complexo de estufas, que serviu para cultivar legumes e frutas, num dos maiores quartéis generais de Adolf Hitler durante a II Guerra Mundial, o bunker conhecido como …

Ataque a Alcochete. Advogados pedem impugnação do auto de notícia da GNR

Uma discrepância nas datas de elaboração e de assinatura do auto de notícia que relata a invasão à academia do Sporting motivou, esta terça-feira, a apresentação de um requerimento de impugnação subscrito por vários advogados. No …

Japão diz que é seguro libertar água radioativa de Fukushima no Pacífico

O Ministério da Economia, Comércio e Indústria do Japão afirmou esta segunda-feira que é seguro libertar água contaminada de Fukushima no Oceano Pacífico, de acordo com o jornal local Japan Today. A central nuclear, recorde-se, sofreu …

Dez autarcas e quatro clubes entre os 68 acusados na operação Ajuste Secreto

O Ministério Público da Feira deduziu acusação contra 68 arguidos, incluindo dez autarcas e ex-autarcas, quatro clubes desportivos e os seus respetivos presidentes, no âmbito da operação "Ajuste Secreto". Numa nota publicada no seu site oficial, …

Poluição do ar em Sydney entre as 20 piores do mundo devido aos incêndios

A poluição do ar em Sydney, a maior cidade da Austrália com mais de cinco milhões de habitantes, está hoje entre as 20 piores do mundo devido ao fumo dos incêndios no leste do país. "Sydney, …

Audições da RTP sobre "Sexta às 9" aprovadas pelos deputados

Os deputados da comissão parlamentar de Cultura e Comunicação aprovaram "por unanimidade", esta terça-feira, as audições da diretora de informação e do presidente da RTP sobre o programa "Sexta às 9". O grupo parlamentar do PSD …