Nova tecnologia ajuda os peixes a passar pelas barragens (e isso pode salvá-los)

A nova tecnologia permite que os peixes passem pelas paredes das barragens, para revitalizar a quantidade destes animais de água doce.

Um grupo de engenheiros e cientistas da UNSW Sydney descobriu uma forma de fazer com que os peixes passem pelas paredes das barragens, uma vez que estas têm bloqueado a sua migração nos rios australianos.

O chamado tubo de passagem para peixes é uma instalação de baixo custo e que gasta pouca energia. A ideia é bombear peixes a alta velocidade, através de um tubo que passa sobre a barreira de obstrução, para entregá-los em segurança à água que está do outro lado da barragem.

As novas passagens têm o potencial de voltar a conectar as populações de peixes em toda a Austrália – e potencialmente no mundo – onde infra-estruturas como barragens estão associadas a um declínio dos ecossistemas de peixes de água doce no último meio século.

O professor Richard Kingsford, diretor do Centro de Ciência do Ecossistema da Escola de Ciências Biológicas, Terrestres e Ambientais da UNSW, afirma que estas infra-estruturas interromperam os ciclos de reprodução dos peixes já que muitos destes são impedidos de migrar.

Desta forma, um grupo de cientistas e engenheiros da UNSW uniu-se para chegar a uma solução relativamente barata, facilmente adaptável ao ambiente local e mais amiga do ambiente. Assim, os especialistas construíram e testaram um protótipo de passagem para peixes em Manly Vale.

Numa encosta perto da universidade, dois grandes tanques foram ligados por dois tubos que bombeavam água de um lado para o outro. No tanque da parte inferior da encosta um pequeno robalo australiano foi incentivado a entrar numa câmara antes de ser bombeado a alta velocidade em direção a um tanque localizado numa zona mais acima na encosta.

Num ambiente comercial, as instalações da passagem para peixes deverão usar tubos de conexão consideravelmente maiores do que o de 90 mm usado no protótipo.

“O nosso trabalho mostra que este sistema irá funcionar de forma confiável em tubos de pelo menos um metro de diâmetro, transportando peixes a mais de 100 metros na ​​vertical”, garante Bill Peirson, um dos especialistas envolvidos na construção da tecnologia, num relatório.

O grupo está agora a procurar uma oportunidade para implementar a passagem para peixes numa instalação comercial e por isso está em negociações com a Câmara Municipal de Parramatta.

Ana Moura, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Esta torre construída na Suécia não é gigante em altura, mas em sustentabilidade

Para além de ser feito de um material sustentável — fornecido por florestas locais com gestão consciente e transformado por uma serração nas proximidades, o Centro Cultural dispõe de múltiplas tecnologias que fazem dele mais …

Empresa canadiana debaixo de fogo por publicar anúncios de emprego destinados a não vacinados

Uma empresa de canoagem, sediada no Canadá, está debaixo de fogo depois de ter colocado anúncios de emprego destinados, exclusivamente, a pessoas não vacinadas contra a covid-19. "Por favor, NÃO se candidate se tiver tomado quaisquer …

Disparam ataques a jornalistas. Bruxelas insta países da UE a aumentar proteção

Os países da União Europeia (UE) foram instados por Bruxelas a tomar medidas para proteger os jornalistas, após um aumento no número de ataques a membros da imprensa. A Comissão Europeia exortou os governos a criarem …

Facebook e Google criticados por anúncios de "reversão do aborto"

O Facebook já veiculou anúncios de "reversão do aborto" 18,4 milhões de vezes desde janeiro de 2020, de acordo com um relatório do Center for Countering Digital Hate (CCDH), promovendo um procedimento "não comprovado, antiético" …

Líder militar dos EUA temeu que Trump iniciasse guerra nuclear com a China - e chegou a ligar aos chineses

As revelações aparecem em Peril, o novo livro de Bob Woodward e Robert Costa sobre os bastidores da Casa Branca. Trump já respondeu. O General Mark Milley, o chefe do Estado-Maior das Forças Armadas dos EUA, …

França suspende 3.000 profissionais de saúde que recusaram vacina contra covid-19

A França suspendeu 3.000 profissionais de saúde sem remuneração por se recusarem a tomar a vacina contra a covid-19, revelou o ministro responsável pela pasta, Olivier Véran. Segundo Véran, citado esta quinta-feira pelo Guardian, "várias dezenas" …

Austrália, Reino Unido e EUA assinam pacto de defesa para conter China

A Austrália, os Estados Unidos (EUA) e o Reino Unido anunciaram o "Pacto de Aukus", que visa frente às pretensões territoriais da China no Indo-Pacífico e envolverá a construção de uma frota de submarinos com …

Governo tem margem de 1600 milhões de euros nas negociações do Orçamento

Os dados são de um relatório do Conselho das Finanças Públicas, que deixa alertas para que o executivo não se estique muito no aumento da despesa e no corte à receita. Segundo escreve o Público, o …

Mundial de Futsal. Portugal esmaga as Ilhas Salomão por 7-0 e tem um pé nos oitavos

Portugal lidera o grupo C e pode garantir o apuramento caso Marrocos não perca contra a Tailândia. A seleção portuguesa de futsal, campeã europeia em título, somou hoje o segundo triunfo em dois jogos no grupo …

"Dezenas de pessoas" da comitiva de Putin infetadas com covid-19

O Presidente russo, Vladimir Putin, informou que dezenas de pessoas da sua comitiva testaram positivo para o coronavírus, doença que afetou mais de 7 milhões de habitantes no país. Putin entrou em isolamento no início desta …