Avatar de 4 patas. Nova tecnologia “digitaliza” o seu cão para um videojogo

Graças a uma técnica de captura de movimento recentemente desenvolvida, basta uma câmara para incluir o seu companheiro de quatro patas nos videojogos.

Um novo sistema de captura de movimento, desenvolvido por uma equipa de cientistas da Universidade de Bath, permite, agora, criar um avatar digital do seu cão usando apenas uma câmara.

Esta novidade da universidade britânica pode ser utilizada para diversas finalidades, e não apenas pela indústria do entretenimento. A técnica pode ser muito útil no acompanhamento veterinário durante a recuperação de problemas físicos a partir do estudo de movimentos, destaca o portal EurekAlert.

Para o processo de digitalização comum, são necessárias várias câmaras e um fato especial, que contém vários marcadores brancos que capturam o movimento. O problema desta tecnologia é exigir equipamentos muito caros e dezenas de marcadores.

A equipa de cientistas da computação da Universidade de Bath digitalizou o movimento de 14 raças diferentes de cães, usando várias câmaras e um fato de captura de movimento. Depois, usaram esses dados para criar um modelo de computador capaz de prever e replicar com precisão as poses dos cães quando são filmados sem os fatos.

Este modelo permite que as informações digitais 3D sejam capturadas sem marcadores e equipamentos caros, usando uma única câmara RGBD, que regista a distância da câmara para cada pixel.

“Na indústria do entretenimento, a nossa pesquisa pode ajudar a produzir um movimento mais autêntico de animais virtuais em filmes e videojogos” explicou Sinéad Kearney, cientista da universidade britânica, em comunicado. “Os donos de cães também podem usar esta técnica para fazer uma representação digital em 3D do seu animal de estimação, o que é muito divertido!”

Entretenimento e diversões à parte, a verdade é que a tecnologia pode ser bastante útil na medicina veterinária. A técnica “permite-nos estudar o movimento dos animais, o que é muito útil para aplicações como a deteção de claudicação num cão e a medição da sua recuperação ao longo do tempo”, rematou Kearney.

Esta foi a primeira vez que uma tecnologia deste género foi desenvolvida. A equipa está agora a testar a técnica com outros animais de quatro patas para tornar os resultados ainda mais eficientes. O trabalho “dá um passo à frente na construção de modelos 3D com o uso de tecnologias que nos permitem mensurar movimentos de animais maneira facilitada”, sublinham os investigadores.

A equipa apresentou as suas conclusões numa das principais conferências de Inteligência Artificial do mundo – a conferência CVPR (Computer Vision and Pattern Recognition) -, nos dias 17 e 18 de junho.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Benfica 3-0 Standard Liège | “Águia” voa de forma imperial

A noite foi de festa no Estádio da Luz para os cerca de 4875 espectadores – 7,5% por cento da lotação – que se deslocaram ao reduto dos “encarnados” esta quinta-feira. O Benfica venceu por 3-0 …

Urnas abertas no Minecraft. Servem para ensinar os jovens a votar nas eleições

A organização não partidária e sem fins lucrativos Rock the Vote e a empresa criativa Sid Lee uniram-se para criar um servidor de "casa de votação" no popular jogo Minecraft antes das eleições presidenciais de …

Zorya Luhansk 0-2 Braga | “Nota artística” em triunfo minhoto

Dois jogos, duas vitórias para o Sporting de Braga no Grupo G da Liga Europa. Uma entrada de rompante em jogo, com dois golos espectaculares nos primeiros 11 minutos, permitiram aos “arsenalistas” controlar e lidar …

Amostra de ADN desvenda homicídio cometido há quatro décadas

Uma amostra de ADN, colhida de um norte-americano da Carolina do Sul após este ser detido por apontar uma arma, permitiu às autoridades desvendar um caso antigo, identificando-o como principal suspeito do homicídio de uma …

Investigadores portugueses criam simuladores para treinar médicos à distância

Investigadores da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto (FMUP) desenvolveram, durante o confinamento, um método para os estudantes treinarem para cenários de emergência sem saírem de casa. Em declarações à Lusa, Carla Sá Couto, do …

Restam apenas dois rinocerontes brancos do norte (mas há uma esperança para salvar a espécie)

Com a morte do último macho em 2018, o rinoceronte branco do norte chegou ao ponto em que não pode ser salvo naturalmente. Com apenas duas fêmeas restantes, a subespécie é agora tida como oficialmente …

Há uma região na América do Norte sem qualquer caso de covid-19. Tem a dimensão do México

Nunavut, uma região localizada no norte do Canadá, continua sem registar nenhum caso de covid-19. A receita para o sucesso tem vários ingredientes, mas as caraterísticas especiais da região e as medidas rígidas tomadas logo …

Site da campanha de Trump foi alvo de ataque. Hackers "fartaram-se das fake news"

O website oficial da campanha presidencial de Donald Trump foi alvo de um ataque informático que o deixou temporariamente desfigurado na noite desta quarta-feira. Os hackers responsáveis substituíram o habitual conteúdo por uma mensagem normalmente utilizada …

CV30. O poderoso anticorpo descoberto por cientistas que dá luta ao novo coronavírus

Investigadores do Fred Hutchinson Cancer Research Center, nos Estados Unidos, descobriram um potente anticorpo, encontrado no sangue de um recuperado de covid-19, que interfere com a superfície espinhosa do novo coronavírus, fazendo com que partes …

Igreja flutuante "nasceu" num canal de Londres

A Denizen Works recentemente concluiu uma igreja flutuante pouco ortodoxa em Londres, no Reino Unido. O projeto tem um novo teto que pode ser baixado ou levantado conforme as necessidades. Batizado de Génesis em homenagem ao …