Taxa de desemprego desce para os 15,5%

kate hiscock / Flickr

-

A taxa de desemprego em Portugal caiu em novembro de 2013, pelo nono mês consecutivo, para os 15,5%, sendo a quarta maior descida a nível europeu face ao mesmo mês do ano anterior, revela o Eurostat.

Segundo o gabinete oficial de estatísticas da União Europeia, em novembro, a taxa de desemprego na zona euro manteve-se estável nos 12,1%, (19,241 milhões de pessoas) tal como na União Europeia, que voltou a registar 10,9% (26,553 milhões de pessoas).

Os dados do Eurostat mostram que, apesar de uma das maiores reduções homólogas, de 17% para 15,5% entre novembro de 2012 e de 2013, Portugal continua a ter a quinta taxa de desemprego mais elevada da União Europeia, apenas atrás da Grécia (27,4%), da Espanha (26,7%), da Croácia (18,6%) e de Chipre (17,3%).

A Irlanda registou a maior queda homóloga da taxa de desemprego (de 14,3% para 12,3%), seguindo-se a Letónia (de 14% para 12% do terceiro trimestre de 2012 para o de 2013) e a Lituânia (de 13% para 11,3%).

Neste boletim, o Eurostat reviu ainda em ligeira baixa o valor da taxa de desemprego em Portugal para outubro de 2013 (de 15,7% para 15,6%).

Ainda em termos homólogos, a taxa de desemprego aumentou em catorze Estados-membros e baixou noutros catorze, tendo os maiores aumentos sido observados em Chipre (de 13,3% para 17,3%), em Itália (de 11,3% para 12,7%), na Grécia (de 26% para 27,4% entre setembro de 2012 e de 2013) e nos Países Baixos (de 5,6% para 6,9%).

As taxas de desemprego mais baixas verificaram-se na Áustria (4,8%), na Alemanha (5,2%) e no Luxemburgo (6,1%).

Em relação à taxa de desemprego jovem, Portugal registou em novembro o quinto valor mais elevado (36,8%) entre os países europeus com dados disponíveis, apenas atrás da Espanha, da Grécia, da Croácia e da Itália.

O gabinete de estatísticas comunitárias refere que em novembro havia 5,661 milhões de jovens (menos de 25 anos de idade) desempregados na União Europeia e 3,575 milhões na zona euro.

As taxas de desemprego jovem mais reduzidas foram registadas na Alemanha (7,5%) e na Áustria (8,6%) e as mais elevadas em Espanha (57,7%), na Grécia (54,8% em setembro de 2013) e na Croácia (49,7%).

/Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. A taxa de desemprego real, nao está a baixar. O país está falido e não há crescimento de emprego.
    Esta baixa de taxa de desemprego, deve-se aos 130 mil Portugueses que emigraram só no ano 2013, que naturalmente, deixam de fazer parte das listas de desempregados. Somando a estes, todos os desempregados que já estão no desemprego há muito tempo e que já desacreditaram e perderam a esperança de encontrar emprego através dos centros de emprego, que automáticamente são eliminados das listas dos incritos nos centros de desemprego, quando passam muito tempo sem lá aparecerem ou faltarem às chamadas de formação.
    Ao mesmo tempo, os emigrantes em portugal que estavam no desemprego, foram ficando por cá, enquanto durava o subsidio de desemprego, que entretanto, os brasileiros, ucranianos e outros, têm-se ido embora de regresso aos seuas paises de origem.

RESPONDER

Hospital da Cruz Vermelha pode vir a ser vendido à Santa Casa da Misericórdia

A Cruz Vermelha Portuguesa quer vender o respetivo hospital, em Lisboa, e a Santa Casa da Misericórdia da capital está interessada na aquisição. A Cruz Vermelha acredita que a venda pode acontecer até ao final do …

Tribunal de recurso absolve Benfica de jogo à porta fechada

O Tribunal Judicial da Comarca de Lisboa absolveu o Benfica das penas de disputar um jogo à porta fechada e do pagamento de uma multa de 56.250 euros, pelo seu relacionamento com grupos organizados de …

Senadora da oposição declara-se Presidente interina da Bolívia. Morales fala no “golpe mais matreiro e nefasto da história”

A senadora da oposição Jeanine Áñez assumiu esta terça-feira a Presidência interina da Bolívia, depois da renúncia de Evo Morales, numa sessão parlamentar que decorreu sem a presença de representares do Movimento para o Socialismo. Segundo …

Cientistas implantaram chip no cérebro de um paciente para ajudá-lo a superar o vício em opióides

West Virginia é o Estado norte-americano com a maior taxa de mortes relacionadas com opióides. Agora, é também o primeiro a usar estimulação cerebral profunda para combater este vício. A Universidade de West Virginia, nos Estados …

Contra “radicalismos, xenofobias e intolerâncias”. Marcelo vai ser distinguido pela mais antiga universidade da Europa

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, termina esta quarta-feira em Bolonha a sua visita de Estado a Itália, com um dia dedicado à educação, em que será distinguido pela mais antiga universidade da …

Trump recebe Erdogan na Casa Branca para primeiro encontro após ofensiva na Síria

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, recebe esta quarta-feira na Casa Branca o seu homólogo turco, Recep Tayyip Erdogan, naquele que é o primeiro encontro após a ofensiva turca lançada a 9 de outubro …

O mistério daquilo que torna uma piada engraçada (mas só para algumas pessoas)

https://vimeo.com/372607767 Aquilo que torna uma piada engraçada poderá depender do contexto social e temporal. Cientistas ainda tentam perceber até que ponto o nosso cérebro pode ter influência neste processo. Acha engraçada esta piada da Suméria de 1900 …

Elon Musk explica como construir uma cidade sustentável em Marte

O CEO da Space X, o multimilionário Elon Musk, revelou na rede social Twitter detalhes sobre os planos da empresa para estabelecer um assentamento em Marte que seja sustentável para os seres humanos. No entender de …

Físicos já conseguem espreitar o gato de Schrödinger sem o matar

Pode haver uma forma de espreitar o gato de Schrödinger - a famosa experiência mental baseada em felinos que descreve o comportamento misterioso das partículas subatómicas - sem matar permanentemente o animal hipotético. O gato de …

Acesso à Internet deve ser considerado direito humano básico

Uma nova investigação, levada a cabo pela Universidade de Birmingham, no Reino Unido, concluiu que acesso à Internet deve ser um direito humano básico, pois significa a capacidade participar na vida pública. Merten Reglitz, professor de …