/

TAP vai pagar subsídios de férias e salários em atraso aos trabalhadores da Groundforce

1

António Cotrim / Lusa

Trabalhadores da Groundforce concentrados junto ao Ministério das Infraestruturas, em Lisboa.

O Ministério das Infraestruturas e da Habitação revelou, em comunicado, que a TAP vai pagar os subsídios de férias e os salários em atraso dos trabalhadores da Groundforce.

“Foi comunicado hoje, em reunião com sindicatos da Groundforce, que a TAP vai proceder ao pagamento do valor correspondente ao subsídio de férias e às anuidades em atraso diretamente aos trabalhadores da Groundforce”, lê-se num comunicado do Ministério das Infraestruturas, enviado às redações e citado pela TSF.

A mesma nota informa ainda que esta “foi a solução encontrada para ultrapassar a recusa na semana passada da administração da Groundforce em aceitar a transferência da TAP que permitiria o pagamento aos trabalhadores do subsídio que lhes era devido”.

“Ao mesmo tempo, a TAP vai abreviar o pagamento definido contratualmente para saldar a fatura relativa a serviços prestados em junho, garantindo que a administração da Groundforce tem liquidez suficiente para pagar integral e atempadamente os salários dos trabalhadores relativos ao mês de julho”, explica o ministério de Pedro Nuno Santos.

O Governo acredita que a venda por parte do Montepio das ações da Pasogal, acionista maioritário da Groundforce, vai ter “um desfecho positivo nos próximos dias”.

“No entanto, caso essa venda não se concretize muito em breve, o Governo avançará de imediato com as ações necessárias para garantir a mudança acionista indispensável para a viabilização da empresa”, pode ler-se no comunicado.

Essa alteração “permitirá também cumprir com o que é devido aos trabalhadores, nomeadamente, em matéria de progressões na carreira”.

  ZAP //

1 Comment

  1. Por um lado fico bastante contente que estes trabalhadores recebam os frutos do seu trabalho, eles não buscam melhorias nem aumentos, apenas os salários que lhes são devidos e sobre os quais pagam impostos.

    Por outro lado … MAS QUE RAIO !!!
    Então a TAP paga serviços de agora mão de obra? Não admira que estejam em falência!

    Então o governo foi tão rápido a meter a mão na TAP e agora foge com o dito da seringa!
    Já se acabaram os amigos para encher tachos … assim se vê o mal que vai o governo que já nem tem amigos ou dinheiro para lhes arranjar tacho …

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.