TAP quer ser “low-cost” de longo curso na Europa

A TAP quer assumir-se como “uma empresa de longo curso com um papel cada vez mais decisivo nas ligações entre a Europa e as regiões de África, Brasil e América do Norte”, assume a companhia aérea portuguesa no relatório de gestão consolidado relativo a 2018.

De acordo com o mesmo documento, citado pelo Jornal de Negócios esta terça-feira, as prioridades da companhia área não se ficam por aqui: a TAP quer também ser uma companhia que “apresenta também soluções ‘low-cost’ para a Europa”, pode ler-se.

Para alcançar estes objetivos, a empresa pretende focar-se em 2019 na rentabilidade, aumentando a receita e mantendo os custos sob controlo. Melhoria do serviço, nomeadamente no que toca à pontualidade é outra das prioridades estabelecidas pela Companhia, segundo escreve o Negócios.

O diário de economia observa ainda que para este ano está prevista a entrada em operação de 30 aviões. Destes, 19 são aviões A330neo.

A TAP quer inverter o cenário do ano passado, marcado por prejuízos na ordem dos 58 milhões de euros. Em 2007, a empresa registou lucros de 100 milhões de euros.

Também a holding TAP SGPS registou 118 milhões de euros de prejuízo no ano passado e só a operação de handling (serviços prestados em terra de apoio a aviões, passageiros, correios, entre outros) contribuiu com um resultado positivo para o grupo.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

E depois de Cristas? CDS atira congresso de sucessão para 2020

A direção nacional do partido vai propor que o Congresso, que decidirá a liderança do CDS, seja apenas em janeiro, apesar de Assunção Cristas ter manifestado vontade de que fosse ainda este ano. O CDS-PP reúne …

Hong Kong. Deputados pró-democracia forçam Carrie Lam a discursar à porta fechada

A chefe do Executivo de Hong Kong foi esta quarta-feira obrigada a discursar à porta fechada, depois ter sido impedida de falar no parlamento por deputados pró-democracia, que exibiram cartazes e projetaram um vídeo. O discurso …

CP recebeu injeções de 1800 milhões de euros do Estado nos últimos três anos

Nos últimos três anos, o Estado fez 17 operações de reforço de capital na CP, na ordem dos 1,8 mil milhões de euros. Estes serviram principalmente para pagar dívidas da empresa a privados e ao …

Imposto Mortágua foi aplicado a 75 mil contribuintes

O novo escalão do Adicional ao IMI, que prevê a aplicação de uma taxa de 1,5% sobre o valor patrimonial dos imóveis que ultrapasse os dois milhões, chegou a 331 contribuintes. Ao todo, o imposto …

Preço da luz vai descer 18 cêntimos no mercado regulado

Os preços da eletricidade no mercado regulado vão voltar a descer em 2020, segundo a proposta avançada esta terça-feira pela Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE). Esta terça-feira, a ERSE propôs uma atualização em baixa de …

Portugal teve perdas fiscais de 900 milhões de euros por menor tributação do gasóleo

A tributação ao gasóleo é mais baixa do que os impostos à gasolina. A diferença entre os dois combustíveis leva a perdas de 900 milhões de euros ao Estado. Quem abastece um carro a gasóleo na …

Dulce Neto é a primeira mulher a presidir a um Supremo Tribunal português

A juíza conselheira toma posse, esta quarta-feira, como presidente do Supremo Tribunal Administrativo (STA), tornando-se na primeira mulher a ocupar o lugar cimeiro de um supremo tribunal em Portugal. Dulce Neto, de 58 anos, foi eleita …

Défice zero e mais crescimento. Previsões de Centeno para o OE2020 são de "elevado risco"

O Governo faz uma revisão das metas para 2020 no esboço do Orçamento de Estado para o próximo ano que enviou à Comissão Europeia, prevendo um aumento do crescimento económico e um saldo orçamental equilibrado, …

Conselho nacional do PSD pode ser atirado para novembro. Apoios a Rio e Montenegro equilibrados

Rui Rio mantém o silêncio sobre uma recandidatura a líder do PSD, o que está a ser visto como um condicionamento do partido, tendo também nas suas mãos o calendário interno. O conselho nacional para …

Varandas quer vender já em janeiro (e há três nomes em cima da mesa)

O Sporting deverá vender um jogador já no próximo mercado de transferências em janeiro. O dinheiro será destinado a renovações e a trazer um novo reforço para o ataque. Frederico Varandas continua a sua saga para …