O blindado do futuro manobra sozinho, usa IA e está a nascer em Israel

Um veículo blindado de combate, com inteligência artificial, design inovador e cabine transparente, que identifica objetos, manobra automaticamente e escolhe a rota mais segura. O tanque do futuro foi testado esta terça-feira numa missão simulada no norte de Israel.

A empresa israelita de tecnologia de defesa Rafael apresentou o tanque do futuro, tendo usado um ambiente urbano simulado na base militar de Eliakim para demonstrar as capacidades tecnológicas do veículo em missão de combate.

O tanque necessita apenas de dois operadores, em vez dos quatro habituais, uma vez que o seu sistema operativo permite monitorizar todo o envolvimento do tanque — desde os perigos que podem ser encontrados no terreno, como minas ou explosivos, até a inimigos que possam ser identificados como alvo.

Os tripulantes do blindado apenas precisam de saber as instruções operacionais de uma dada missão, uma vez que o veículo se move automaticamente, fornecendo todas as informações em tempo real do que o envolve.

O Programa Carmel, projetado para equipar os veículos de combate com inteligência artificial e funcionamento autónomo, entrou esta semana na fase final de testes. O programa foi desenvolvido pela Rafael em conjunto com a companhia israelita Elbit e a Indústria Aeroespacial de Israel.

O programa não produz novos veículos, mas incorpora tecnologia avançada além da inteligência artificial. As empresas envolvidas incorporam no novo blindado as suas mais recentes inovações tecnológicas: propulsão híbrida, defesa cibernética, camuflagem ativa, radar multi-tarefa e um sistema de reconhecimento visual para identificar tropas.

As plataformas desenvolvidas serão incorporadas nos veículos armados do exército israelita. O programa, que está em desenvolvimento há três anos, permitirá ao exército do país ter “tanques ágeis, efetivos, inovadores, compactos e fáceis de manobrar, a um baixo custo”, comentou fonte do Ministério da Defesa de Israel.

// EFE

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. Talvez não fosse má ideia incorporar a inteligência artificial no cérebro dessas mentes brilhantes que só procuram a destruição!

  2. Porque não há sanções a Israel?! Fez bombas nucleares as escondidas, enganou todos os inspectores da ONU.. É um país que só procura a guerra!.. Mas lá estão os mansos a defender los.. Se fosse com outro país já eram sanções atrás de sanções..
    Israel é um estado terrorista!..

    • Mas a verdade é que Israel lá se vai mantendo no seu cantinho e incomoda muita gente, os vizinhos da mesma forma incomodados decidiram acabar com eles, acabaram eles próprios por se sair mal da contenda e agora resta aos israelitas precaverem-se de futuros maus humores da vizinhança.

  3. Admiro a tenacidade do povo israelita.

    Abomino o extermínio que estão a fazer ao povo Palestiniano.

    Dois pesos e duas medidas.

  4. Esqueceram-se de dizer que, se o tanque for envolvido com um manto de alumínio pelo inimigo, perde mais de 50% das suas super-capacidades, sendo facilmente abatido. Para evitar que tal aconteça terá que ser sempre auxiliado por ajudas externas, tais como, drones ou conexão directa GPS, via satélite, em tempo real. Qualquer obstrução às suas câmaras e sondas, tornam o mesmo completamente vulnerável.

RESPONDER

Violência policial é uma das principais causas de morte de jovens negros nos EUA

A violência policial é uma das principais causas de morte entre jovens nos Estados Unidos, com os negros a terem 2,5 vezes mais hipóteses de serem mortos do que os homens brancos. O estudo, publicado este …

A Volocopter apresenta o seu táxi voador mais potente (e já andou no ar)

https://vimeo.com/355573555 Desde 2013 a Volocopter tem vindo a aprimorar o seu projeto de táxi voador. Desta vez, o design é mais redondo, mais simples e mais potente. O Volocopter é uma aeronave 100% elétrica que os criadores …

Israel desenvolve terapia à base de ecstasy para tratar stress pós-traumático

O Ministério da Saúde israelita desenvolveu uma terapia à base de MDMA - o componente ativo da metanfetamina popularmente conhecida como 'ecstasy' - para tratar pessoas que sofrem de stress pós-traumático resistente. Num entrevista sobre a …

Quaresma de saída do Besiktas. "Presidente não me quer na equipa"

Revelação feita pelo jogador, no Instagram: "Acabei de ser informado pelo presidente do clube que ele não quer que eu continue a jogar na equipa. Estou a tentar encontrar solução para o meu futuro". O internacional …

O Dr. House português diz que 90% dos médicos só fazem "fantochadas"

É conhecido como o Dr. House português, numa referência à série televisiva norte-americana, pela forma como faz diagnósticos certeiros. E Vítor Brotas que trabalha no Hospital dos Capuchos, em Lisboa, admite que é "um médico …

Homem morre após ataque de vespas asiáticas. É a segunda morte por picadas de insecto em 2 dias

Um homem de 79 anos de idade morreu nesta sexta-feira em Oliveira do Bairro, Aveiro, após ter sido atacado por vespas asiáticas. Dois dias antes, outro homem de 50 anos faleceu na região da Beira …

Polícia antimotim dispersa manifestantes em Hong Kong com gás lacrimogéneo

A polícia antimotim de Hong Kong carregou hoje com gás lacrimogéneo sobre manifestantes que tinham erigido uma barricada no bairro de Kwun Tong, no Este da antiga colónia britânica. Embora os protestos tenham decorrido de forma …

Eleições. CDU vai manter campanha clássica, mas dispensa o "lombo assado"

O chefe do maior partido da Coligação Democrática Unitária (CDU), que junta comunistas e ecologistas, assumiu enfado com carne assada nas jornadas e ações de esclarecimento pelo país, mas garante uma campanha eleitoral nos cânones …

Bloco quer mais funcionários públicos e quotas por raça nas universidades

O BE afirma, no programa eleitoral disponibilizado hoje na íntegra, que "é o partido que quer e pode impedir uma maioria absoluta", um resultado nas eleições legislativas que faria Portugal "voltar ao passado da arrogância …

Balas com defeito que encravam armas. PSP confirma, mas diz que não é um problema

A Polícia de Segurança Pública (PSP) confirma que estão a ser utilizadas algumas balas com defeito que até encravam as armas, nos treinos dos candidatos a agentes na Escola Prática de Polícia. Mas garante que …