Talibãs que atacaram Malala foram finalmente presos

junaidrao / Flickr

Malala Yousafzai

Malala Yousafzai

O exército do Paquistão anunciou esta sexta-feira ter detido dez pessoas suspeitas de envolvimento no ataque contra a adolescente Malala Yousafzai, em outubro de 2012.

Malala Yousafzai, que foi alvo do ataque quando tinha 15 anos, tornou-se mundialmente famosa após o ataque, tendo-se dedicado a uma campanha pelos direitos à educação de adolescentes muçulmanas.

Malala foi nomeada para o prémio Nobel da Paz e considerada uma das pessoas mais influentes de 2013 pela revista americana Time.

No ataque, um grupo de homens armados, supostamente ligados aos Talibã, entrou no autocarro que transportava Malala a caminho da escola, no Vale de Swat, região no nordeste do Paquistão.

Os agressores efectuaram vários disparos dentro do autocarro, ferindo gravemente a adolescente na cabeça. Outras duas criança ficaram também feridas.

Malala foi levada para a Grã-Bretanha, onde passou por várias cirurgias e iniciou a sua recuperação. A adolescente decidiu permanecer no país por receio das ameaças dos Talibã contra si e a sua família.

Lista de alvos

“O grupo envolvido no ataque a Malala Yousafzai foi preso”, afirmou o porta-voz do Exército, general Asim Bajwa, em conferência de imprensa.

Bajwa afirma que os dez acusados de tentar matar a ativista – pertencentes a uma facção conhecida como Shura, que faria parte dos Talibã paquistanêses – foram presos numa operação conjunta de Exército, polícia e serviços de inteligência paquistaneses.

Bajwa revelou ainda que o grupo operava sob as instruções do mullah Fazlullah, o chefe dos Talibã no Paquistão.

Segundo a BBC, após a detenção, o Exército encontrou uma lista de 22 ativistas proeminentes da região do Vale do Swat que o grupo planeava atacar depois de Malala.

Os detidos estão a ser interrogados e serão transferidos brevemente para um tribunal anti-terrorismo, de acordo com o porta-voz.

Antes mesmo do ataque que quase a matou, Malala Yousafzai já se tinha tornado conhecida, por exigir o direito de educação para raparigas no Paquistão.

Malala chamou a atenção em 2009 ao escrever um diário para a BBC Urdu, o serviço paquistanês da BBC, no qual falava da vida sob o domínio dos militantes talibãs que controlam o val de Swate.

Em 2013, Malala recebeu o prestigiado prémio Sakharov, um prémio europeu de direitos humanos.

ZAP / BBC

PARTILHAR

RESPONDER

Veneno de vespa pode ter muito "potencial" na composição de antibióticos

Com o passar dos anos, a população começa a ficar mais resistente a certos medicamentos e estes deixam de fazer efeito. Agora, uma equipa de investigadores desenvolveu novas moléculas anti-microbianas a partir do veneno de …

"Ou és infetado ou morres de fome". Trabalhadores da Amazon nas Filipinas denunciam condições precárias

Trabalhadores contratados pela empresa de segurança Ring da Amazon que trabalham em call centers nas Filipinas denunciam condições de trabalho que dizem ser precárias, mostrando-se ainda mais preocupados com a situação por causa da pandemia …

"Momento muito duro". André Almeida sofreu rotura de ligamentos e arrisca paragem longa

O futebolista internacional português André Almeida sofreu uma entorse do joelho direito, que resultou numa “rotura do ligamento cruzado anterior e do ligamento lateral interno”, informou esta segunda-feira o Benfica. O lateral dos encarnados saiu aos …

Apoio à retoma. Empresas com perdas de 25% podem reduzir horário até 33% já esta terça-feira

Empregadores com quebra de faturação igual ou superior a 25% vão poder reduzir até 33% o horário dos trabalhadores, entre outubro e dezembro, segundo a alteração ao regime de retoma progressiva de empresas em crise. O …

Chega quer tornar voto obrigatório e sanções para quem não cumprir

O deputado único do Chega entregou uma nova proposta no âmbito do projeto de revisão constitucional do partido para tornar o voto obrigatório para todos os cidadãos que o possam exercer e sanções para quem …

A Alemanha quer tornar o teletrabalho um direito legal

O Governo alemão prepara-se para publicar um projeto de lei que dará aos trabalhadores do país o direito legar de trabalhar a partir de casa. A medida aplicar-se-á a todos as atividades laborais que possam …

Novo surto em lar de Beja e 90 alunos em isolamento em Famalicão

Um surto de covid-19 identificado no Lar de Idosos do Centro Paroquial e Social do Salvador, em Beja, já infetou 31 pessoas, sendo 24 utentes e sete funcionários, divulgou a Unidade Local de Saúde do …

Mais de 600 anos depois, encontram-se (várias) semelhanças entre a covid-19 e a peste negra

Numa altura em que o vírus da covid-19 se tem espalhado por todo o mundo, as comparações com outras doenças pandémicas são inevitáveis. Um exemplo disso foi a peste negra que em 1348 fez com …

Nacionalista apoiado pela Turquia eleito Presidente de Chipre do Norte

O nacionalista Ersin Tatar, apoiado pela Turquia, foi no domingo eleito "Presidente" da autoproclamada República Turca de Chipre do Norte (RTCN), numa vitória surpreendente face ao dirigente cessante, Mustafa Akinci, anunciou o conselho eleitoral. Com 51,74% …

China alerta que detectou coronavírus vivo numa embalagem de comida congelada

O Centro para o Controlo e Prevenção de Doenças da China alerta que detectou amostras vivas do novo coronavírus em embalagens de comida congelada, pelo que estas podem ser um veículo de contágio. Já tinham sido …