Comprar um T0 é 50% mais caro por metro quadrado do que um T4

Só em Santa Maria da Feira, Cascais, Sintra, Seixal e Setúbal é que comprar uma casa mais pequena sai mais barato.

Segundo escreve o Público, os dados do Instituto Nacional de Estatística mostram que o investimento em casas pequenas é cada vez mais caro com a crescente especulação imobiliária.

No quarto trimestre de 2021, o valor mediano dos alojamentos em Portugal foi de 1355 euros por metro quadrado, o mais elevado desde 2016 (quando o registo começou) e 14,1% superior em comparação com o mesmo período de 2020.

O preço mediano de um T0 ou T1 passou para 1601 euros por metro quadrado no quarto trimestre do ano passado. Em comparação com um T4, onde o preço por metro quadrado é 1067 euros, os T0 ou T1 são assim 50% mais caros. Esta assimetria tem-se acentuado, já que em 2018 era de 37% e em 2019 era 48%.

Apesar desta ser a tendência geral a nível nacional, em Santa Maria da Feira, Cascais, Sintra, Seixal e Setúbal, o preço do metro quadrado de um T0 ou T1 é mais barato do que o de um T4.

A aceleração dos preços manteve-se mesmo com a pandemia, tendo havido subidas de mais de 20% a nível nacional e de 25% nas áreas metropolitanas de Lisboa e Porto.

Sem surpresa, as subidas foram particularmente sentidas nas grandes cidades, tendo havido preços mais caros em todos os 24 municípios com mais de 100 mil habitantes no quarto trimestre de 2021. No Funchal, a subida em relação a 2020 foi de 22,5%.

Com a exceção de Gondomar e Santa Maria da Feira, todos estes municípios tiveram preços acima da mediana nacional. Lisboa continua a ser a cidade mais cara em Portugal, com uma subida dos preços de 11,4% entre o final de 2020 e o final de 2020. No Porto, a subida foi de 5,6% no mesmo período.

  ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.