Suspeitos de envenenar Skripal clamam inocência e dizem ser meros turistas

Os dois suspeitos de terem envenenado o antigo espião russo Sergei Skripal deram uma entrevista à televisão estatal russa RT a clamar a sua inocência.

Alexander Petrov e Ruslan Boshirov, suspeitos do envenenamento do antigo espião russo e agente duplo Sergei Skripal e da filha Yulia Skripal, garantem estar a ser acusados injustamente pelas autoridades.

Em entrevista à televisão estatal russa RT, ambos afirmam ter estado em Salisbury apenas em turismo, em março deste ano. Ainda assim, as autoridades britânicas insistem em afirmar que estes fazem parte dos serviços secretos russos.

“Os nossos amigos sugeriram que visitássemos esta maravilhosa cidade. Queríamos muito visitar as ruínas de Old Sarum e a catedral de Salisbury”, disseram os suspeitos na entrevista, ao contar pormenores do que fizeram durante os três dias em que estiveram em solo inglês.

Segundo Alexander Petrov e Ruslan Boshirov, ninguém fala das condições atmosféricas que se fizeram sentir no dia 3 e 4 de março, condições essas que não estiveram propícias ao turismo, razão pela qual dizem ter passado tão pouco tempo na cidade. “Temos muitas fotos da catedral. Deviam publicá-las.”

Segundo o Público, ambos afirmaram que nunca tinham ouvido falar dos Skripal antes “deste pesadelo”, mas que talvez tenham passado pela casa da família. Confrontado com as acusaõe de que a substância utilizada no envenenamento se encontrava numa garrafa de perfume de mulher Nina Ricci, ambos disseram que se tratava de algo “ridículo”.

“Se tivéssemos algo suspeito, [as autoridades alfandegárias] teriam colocado questões. Porque teria um homem um perfume de mulher na sua bagagem?”, questionaram.

Nenhum dos suspeitos sabe “o que fazer”. “Tememos pelas nossas vidas e pelas vidas da nossa família e amigos”, confessaram à jornalista da RT.

Governo britânico já reagiu

Segundo a RT, o Governo britânico reagiu à entrevista, afirmando que “tem confiança no facto de que estes homens são agentes do Serviço Militar de Inteligência Russo – o GRU – que usou uma arma química tóxica e ilegal nas ruas do seu país”. John Glen, deputado eleito por Salisbury, também acusou os dois indivíduos de não serem credíveis.

Já o porta-voz de Theresa May declarou esta quinta-feira que a entrevista se trata de “um insulto à inteligência do público”, acrescentando que “as mentiras e fabricações são extremamente ofensivas para as vítimas” e para as pessoas afetadas pelo ataque. Além disso, frisou, a polícia tem provas conclusivas contra os dois homens.

ZAP // RT

PARTILHAR

RESPONDER

Poluição atmosférica "custa" a cada citadino europeu 1.276 euros por ano

A poluição atmosférica "custa" 1.276 euros por ano a cada cidadão europeu residente em cidades, de acordo com um estudo da Aliança Europeia de Saúde Pública (EPHA) divulgado esta quarta-feira. O estudo chegou ao valor médio …

"Emergência arqueológica". O degelo dos Alpes está a "libertar" artefactos escondidos há milhares de anos

As alterações climáticas podem estar a ajudar os arqueólogos a encontrar artefactos escondidos nos glaciares do Alpes há milhares de anos. O derretimento dos glaciares dos Alpes está a "liberta" objetos que permaneceram congelados no tempo …

Thermite RS3 é o primeiro robô de combate a incêndios dos EUA (e está pronto a entrar ao serviço)

O Corpo de Bombeiros de Los Angeles, nos Estados Unidos, deu as boas-vindas ao mais recente membro da equipa: um bombeiro robótico. O Thermite RS3 é um rover de controlo remoto capaz de bombear milhares de …

Inventor dinamarquês que matou jornalista no seu submarino escapou da prisão (mas já foi apanhado)

O inventor dinamarquês Peter Madsen, condenado a prisão perpétua por torturar e assassinar a jornalista sueca Kim Wall, fugiu da prisão esta terça-feira.  As autoridades dinamarquesas capturaram-no minutos depois. Peter Madsen, o dinamarquês condenado a prisão …

Molécula descoberta por menina de 14 anos pode levar a uma cura para a covid-19

A jovem norte-americana de 14 anos, Anika Chebrolu, descobriu uma molécula que pode levar a uma potencial cura para a covid-19. Enquanto cientistas dos quatro cantos do mundo trabalham no desenvolvimento de uma vacina para a …

Cerca de 1.300 reclusos fogem de prisão no Congo após ataque do Estado Islâmico

Cerca de 1.300 reclusos escaparam de uma prisão na República Democrática do Congo na manhã de terça-feira, após um ataque reivindicado pelo Estado Islâmico, informou a Organização das Nações Unidas (ONU). Embora as autoridades locais tenham …

Amesterdão vai usar flores para impedir que os ciclistas estacionem bicicletas nas pontes

A cidade conhecida pelo uso de bicicletas, vai agora tomar uma medida em relação ao estacionamento destas nas pontes. Tudo para proteger as vistas para os seus famosos canais. Amesterdão orgulha-se de ser uma das cidades …

Morreu voluntário envolvido no ensaio da vacina de Oxford. Tinha 28 anos e era médico recém-formado

As autoridades de saúde brasileiras divulgaram esta quarta-feira a morte de um voluntário dos testes da vacina contra a covid-19, desenvolvida pelo laboratório AstraZeneca e pela Universidade de Oxford. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), …

Milo, o "comunicador de ação" que permite conversar em grupo durante atividades ao ar livre

Chegou o Milo, o novo aparelho que vai revolucionar as aventuras em grupo. Este pequeno dispositivo permite-lhe conversar com o seu grupo à distancia sem precisar de levar o smartphone para o meio da montanha, …

Roubar aos ricos para dar aos pobres. Misterioso grupo de hackers desviou dinheiro para doar à caridade

Um misterioso grupo de hackers, conhecidos como hackers Darkside, doou dinheiro a duas instituições de caridade - mas esse dinheiro foi roubado pelo mesmo grupo a grandes corporações através de um ataque de ransomware. Quase podia …