/

Suspeito de duplo tiroteio na Alemanha encontrado morto em casa

O presumível autor dos dois tiroteios de quarta-feira à noite, no centro da Alemanha, que fizeram nove vítimas mortais, foi encontrado morto em sua casa, anunciaram as autoridades esta quinta-feira.

Dois tiroteios provocaram quarta-feira à noite nove mortos na cidade de Hanau, nos arredores de Frankfurt, na parte ocidental da Alemanha. Cinco pessoas ficaram feridas com gravidade, adianta o Ministério Público.

De acordo com agência Reuters, o homem que se suspeita ser o atirador foi encontrado morto em casa, onde a polícia localizou outro corpo. O atirador, que seria militante de ideias de extrema-direita, deixou uma gravação vídeo e uma carta onde reivindica o ataque. A agência de notícias alemã DPA noticiou que a polícia já está a examinar a gravação vídeo que o suspeito dos crimes difundiu previamente através da Internet.

A gravação, cuja autenticidade está neste momento a ser apurada, refere-se a uma “teoria de conspiração sobre maus tratos a crianças nos Estados Unidos”.

A Procuradoria Federal alemã disse esta quinta-feira que as investigações sobre os disparos com armas de fogo tiveram “motivação xenófoba”. A fonte ligada às investigações indicou que o ataque em cafés frequentado por cidadãos do Médio Oriente pode ter sido levado a cabo por um extremista de direita com “motivações xenófobas”, mas não forneceu mais pormenores à Associated Press. Além disso, o porta-voz da Procuradoria Federal em Hanau disse que as autoridades acreditam que “não há mais do que um atacante”.

O incidente terá acontecido em dois bares de shisha, onde os clientes fumam cachimbos de água, em zonas diferentes da cidade, habitualmente frequentados por árabes e curdos.

O primeiro tiroteio ocorreu num bar de fumadores de cachimbo de água (shisha), após o qual os atacantes se dirigiram a um estabelecimento similar próximo, no qual se envolveram num segundo tiroteio. Segundo alguns relatos, terá havido um terceiro tiroteio, que não terá provocado vítimas mortais.

Três das vítimas foram mortas no primeiro tiroteio e outras cinco pessoas foram mortalmente atingidas no segundo ataque. Uma das pessoas que estava gravemente ferida morreu esta madrugada no hospital, elevando o número de vítimas mortais de oito para nove.

Imagens divulgadas nas redes sociais mostravam um grande aparato policial nas ruas da cidade de Hanau, pois o atirador fugiu de automóvel. As forças de segurança fecharam duas ruas para onde se deslocaram várias ambulâncias.

“Esta manhã os nossos pensamentos estão com a população de Hanau, onde foi cometido um crime terrível”, disse um porta-voz da chanceler alemã Angela Merkel através da rede social Twitter. “Dirigimos os pêsames às famílias afetadas” acrescentou o porta-voz, Steffan Seibert.

Os procuradores contam fornecer mais detalhes durante uma conferência de imprensa que vai decorrer em Carlsruhe ao final da manhã.

Com cerca de 93 mil habitantes, a cidade de Hanau, no estado de Hessen, encontra-se a cerca de 25 km a leste de Frankfurt.

  ZAP // Lusa

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE