Suspeita de troca de favores entre Trump e a Ucrânia reforça impeachment

Jim Lo Scalzo / EPA

Mensagens entre representantes americanos e ucranianos sugerem uma troca de favores entre Donald Trump e o Governo ucraniano. Em causa estava um pacote de 400 milhões de euros que seriam concedidos após a confirmação de uma investigação a Joe Biden.

O apoio à destituição de Donald Trump aumentou, após a suspeita de uma troca de favores entre o presidente norte-americano e a Ucrânia. Mensagens de telemóvel mostram que um embaixador americano em Kiev estava convencido de que a Casa Branca reteve ajuda financeira para que a Ucrânia investigasse o antigo vice-presidente americano.

O pedido de investigação terá sido reforçado por diplomatas norte-americanos, tendo em conta a atuação do filho de Joe Biden no conselho de uma empresa de gás no país. Esta foi a condição imposta para a realização de uma visita de Estado do presidente ucraniano à Casa Branca.

De acordo com o Público, responsáveis dos dois países terão trocado mensagens para acertarem uma estratégia a seguir. As mensagens chegaram ao Congresso americano esta quinta-feira e, numa delas, o embaixador dos Estados Unidos mostra-se incomodado com o progresso das conversações.

“Isto significa que a ajuda à segurança e a reunião na Casa Branca dependem do lançamento de investigações?”, lê-se numa das mensagens trocadas entre os diplomatas. A ajuda à segurança é relativa a um pacote de 400 milhões de euros de ajuda ao Governo ucraniano que Trump tinha retido nos cofres.

Joe Biden é um dos principais adversários políticos de Donald Trump e é favorito a concorrer pelos Democratas às próximas eleições. As mensagens trocadas sugerem que uma possível melhoria nas relações entre Washington e Kiev só seria possível caso o Governo de Zelensky colaborasse na investigação ao filho de Biden.

Em 2016, na altura no cargo de vice-presidente, Biden exigiu que o Kiev afastasse o procurador-geral ucraniano caso quisesses receber um empréstimo de mil milhões de dólares. Em causa estava Victor Shokin, que estava a investigar a Burisma, empresa cujo filho de Biden estava no painel administrativo.

“Presumindo que o presidente Z convença Trump de que vai investigar […] acertaremos a data para a visita a Washington”, lê-se numa mensagem enviada pelo embaixador interino em Kiev, Kurt Volker, citada pela DW.

Caso se prove que a retenção de ajuda financeira a Kiev e a recusa em receber o presidente ucraniano na Casa Branca sem a confirmação de uma investigação a Hunter Biden, os Democratas têm aqui pano para mangas no processo de impeachment. O pedido de assistência a Zelensky para influenciar a campanha eleitoral poderá ser decisivo para garantir a destituição de Donald Trump.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. lol….

    russia gate parte dois.

    na 1ª parte gastaram mais do que a investigar os atentados de 11set2001 para se chegar à conclusão que não houve nada.

    aguarda-se o mesmo desfecho para a parte 2 do filme.

    enquanto isso os camaradas não falam do criminoso Biden e seu filho.

RESPONDER

Bilardo foi "distraído" para não saber da morte de Maradona

Carlos Bilardo continua sem saber que Diego Maradona morreu. Família tenta proteger saúde do antigo selecionador argentino. Diego Armando Maradona morreu em novembro e Carlos Bilardo continua sem saber desse falecimento. A família tenta proteger a …

Processo de envelhecimento é imparável, revela estudo

Um novo estudo, que envolveu cientistas de 14 países, confirmou que provavelmente não podemos diminuir a velocidade com que envelhecemos, devido a restrições biológicas. A pesquisa, publicada na quarta-feira na Nature Comunications, inclui especialistas da Universidade …

Inglaterra 0-0 Escócia | Nulo total no dérbi britânico

A Inglaterra empatou hoje 0-0 com a Escócia, em jogo da segunda jornada do Grupo D do Euro 2020 de futebol, e desperdiçou a oportunidade de garantir já um lugar nos oitavos de final do …

Infeção pelo coronavírus pode não garantir proteção prolongada, revela estudo

Um novo estudo britânico sugere que uma infeção pelo SARS-CoV-2 não garante que o hospedeiro desenvolva uma resposta imunitária prolongada contra o vírus, sendo a imunidade "altamente variável de pessoa para pessoa". Segundo a pesquisa do …

Ex-ministro da Bolívia planeou um segundo golpe usando mercenários dos EUA

O vazamento de gravações telefónicas e e-mails revelam que um ex-ministro da Defesa boliviano estava a preparar-se para usar tropas estrangeiras para impedir que o partido de esquerda MAS regressasse ao poder. Os documentos e registos …

Espécie rara de orquídea encontrada em telhado de banco de investimentos em Londres

Uma espécie rara de orquídea, que se acredita estar extinta no Reino Unido, foi descoberta no jardim do telhado de um banco de investimentos em Londres. Segundo o The Guardian, a Serapias parviflora, uma espécie rara …

Pintura de David Bowie comprada por três euros vai agora ser leiloada por milhares

A pintura do ícone do rock, David Bowie, deverá ser vendida por milhares de dólares num leilão de arte online. O retrato, intitulado "DHead XLVI", faz parte de um conjunto de aproximadamente 47 obras que David …

Vila Nova de Milfontes vai ter praia para cães

A praia pet friendly, que fica próxima de Furnas-Rio, vai funcionar já esta época balnear de forma experimental. Uma praia concessionada que também admite cães vai funcionar, nesta época balnear, de forma experimental, em Vila Nova …

Podia ser um quadro de Dalí, mas é só o degelo glacial na Islândia

Na Islândia, o degelo glacial criou uma paisagem deslumbrante que o fotógrafo espanhol Manuel Ismael Gómez de Almería não deixou passar em branco. Faz lembrar a arte surrealista de Salvador Dalí, mas é uma versão ampliada …

Digby, o cão dos bombeiros, ajudou a salvar uma mulher do suicídio

O cão Digby desempenhou um importante papel ao salvar uma mulher que estava a ponderar pôr fim à sua própria vida no Reino Unido. Digby é um cão terapeuta que ajuda as pessoas a lidar com …