Superbactéria com 4 milhões de anos encontrada na caverna mais profunda dos EUA

A bactéria Paenibacillus

A bactéria Paenibacillus

Os cientistas descobriram, numa das cavernas mais profundas do mundo, uma antiga estirpe de bactérias chamada Paenibacillus, que parece ser resistente a todos os antibióticos que a medicina moderna já conseguiu criar.

As bactérias estiveram escondidas durante 4 milhões de anos, o que sugere que existam outras igualmente poderosas que podem desenvolver resistência a certos tipos de antibióticos sem a influência dos seres humanos e dos medicamentos.

A estirpe foi descoberta a cerca de 305 metros de profundidade, na caverna Lechuguilla, no Novo México, nos EUA. Segundo os especialistas, as bactérias desenvolveram tal resistência através da exposição a “antibióticos naturais” no ambiente subterrâneo.

Os cientistas da Universidade de Akron, nos EUA, e da Universidade McMaster, no Canadá, analisaram amostras da caverna para identificar cinco formas através das quais a Paenibacillus consegue bloquear os antibióticos – para tentarem descobrir como vencer essa resistência no futuro.

Os antibióticos bloqueiam os mecanismos que as bactérias prejudiciais usam para infetar os seres vivos, mas o problema é que os patógenos estão a evoluir rapidamente e a encontrar novos mecanismos de defesa.

Além disso, o aumento do uso de antibióticos em hospitais e outras indústrias, como a agricultura, parece estar também a agravar a resistência a antibióticos.

“Identificamos alguns mecanismos únicos de resistência que nem sequer emergiram em bactérias que nos deixam doentes, o que é emocionante, porque isso significa que temos tempo”, explica a investigadora Hazel Barton, da Universidade de Akron.

Os testes realizados pelos cientistas revelam que as bactérias descobertas são resistentes a 18 antibióticos diferentes, incluindo a daptomicina, que é usada como um “antibiótico de último recurso”.

Nesta fase, esta bactéria resistente não torna os seres humanos doentes, mas caso se torne patogénica – o que pode acontecer com ou sem intervenção humana -, a equipa espera já ter encontrado uma maneira de derrotá-la.

De acordo com o estudo publicado na Nature Communications, se a caverna Lechuguilla contém superbactérias antigas, também pode conter os ingredientes essenciais para a criação novos antibióticos.

“Esse é o próximo passo deste estudo”, disse um dos membros da equipa, Gerry Wright, da Universidade McMaster.

Para os cientistas, é essencial descobrir novas informações acerca dos agentes patogénicos porque, no futuro, a resistência aos antibióticos pode fazer com que a cura para certas doenças se torne tão arriscada quanto as próprias doenças.

PARTILHAR

RESPONDER

Greve dos bombeiros arranca esta terça-feira e dura até janeiro

Os bombeiros profissionais vão estar em greve de quarta-feira a 2 de janeiro, com os Sapadores de Lisboa a começar a paralisação já esta noite, contra as propostas do Governo sobre estatuto e aposentação. Em Lisboa …

José Mourinho despedido do Manchester United

O técnico português José Mourinho foi esta terça-feira despedido do comando técnico do Manchester United, informou o clube britânico. A demissão, anunciada através do Twitter oficial do clube, surge após a derrota (3-1) frente ao Liverpool …

Ghosn terá desviado dinheiro para comprar casas, férias e até batatas fritas

O franco-brasileiro Carlos Ghosn, ex-presidente da Renault-Nissan, terá usado verbas da empresas para fins pessoais, para pagar desde casas a férias, até pacotes de batatas fritas, concluiu uma nova investigação. Ghosn está detido e foi oficialmente …

Afinal, os tornados não se formam como os meteorologistas pensavam

Se imaginarmos um tornado a formar-se, pensamos numa nuvem em forma de funil a descer dos céus como se fosse um dedo malicioso a tocar na Terra. No entanto, este modelo "de cima para baixo" …

Arqueólogos revelam o que se esconde debaixo do castelo do "Conde Drácula"

Os arqueólogos estudaram o conhecido castelo de Corvin na região romena de Transilvânia, onde Vlad III foi preso, e encontraram vestígios de várias estruturas desconhecidas. O castelo de Corvin, também conhecido como Castelo de Hunyadi ou …

Bola de fogo que explodiu na Gronelândia poderia ajudar-nos a estudar mundos alienígenas

Uma misteriosa bola de fogo que explodiu sobre a Gronelândia poderia ajudar-nos a estudar a estrutura de mundos alienígenas distantes e cobertos de gelo. Apesar de os primeiros dados terem demonstrado que a bola de fogo …

O interior dos buracos negros cresce (quase) para sempre

Os buracos negros são sugadores exímios, e nem a luz consegue escapar. Mas por que razão continuam a expandir-se? Agora, um dos maiores físicos do mundo apresentou uma nova explicação. Leonard Susskind propôs uma solução para …

"Animais não são prendas." Há associações que param as adoções no Natal

A apenas duas semanas do Natal, a União Zoófila fecha a porta a quem queira adotar um animal de estimação. "Nenhum animal pode ser encarado como uma prenda de Natal." Para Lurdes Pimenta, tesoureira da União …

Lojas sul-coreanas param de vender polémica máscara de beleza "Kim Jong-un"

Uma empresa de produtos de beleza da Coreia do Sul parou de vender uma máscara de beleza com uma imagem do líder norte-coreano Kim Jong-un depois de o assunto se tornar polémico. A empresa diz ter …

Alemanha indemniza sobreviventes do regime nazi retirados do país em crianças

Em crianças, foram retirados aos pais por causa do regime nazi. Agora, a Alemanha vai indemnizá-los, informou segunda-feira a organização que negoceia as compensações com o Governo alemão. A organização Conferência sobre Reivindicações Materiais Judaicas Contra …