Super-vulcão de Yellowstone é 2,5 vezes maior que se pensava

Jon Sullivan / Wikimedia

A lagoa de Morning Glory, no Parque Nacional de Yellowstone, EUA. Erupções de água quente à superfície são indícios da enorme câmara de magma no subsolo. (foto: Jon Sullivan / wikimedia)

A lagoa de Morning Glory, no Parque Nacional de Yellowstone, EUA. Erupções de água quente à superfície são indícios da enorme câmara de magma no subsolo. (foto: Jon Sullivan / wikimedia)

Um “super-vulcão” que está debaixo do solo no Parque Nacional de Yellowstone, nos Estados Unidos, é muito maior do que se pensava inicialmente, segundo revela um estudo publicado esta semana.

O estudo mostra que a câmara de magma do vulcão é 2,5 vezes maior do que o apontado por um levantamento anterior. A caverna teria 90 quilómetros de largura e algo entre 2 e 15 quilómetros de altura, com 200 a 600 quilómetros cúbicos de rocha fundida.

Os dados foram apresentados durante um encontro da Sociedade Americana de Geofísica, de São Francisco.

“Estamos a trabalhar em Yellowstone há muito tempo, e sempre pensámos que o vulcão poderia ser maior. Mas esta descoberta é estarrecedora”, revela à BBC o investigador Bob Smith, da Universidade de Utah.

Se o super-vulcão de Yellowstone entrasse em erupção, as consequências poderiam ser catastróficas. A última vez que isso aconteceu – há 640 mil anos –, o super-vulcão espalhou cinzas por todo o continente da América do Norte, afectando o clima do planeta.

 

Próxima erupção

Os cientistas acreditam que, com o novo estudo, têm agora informações muito mais precisas sobre o super-vulcão.

Usaram uma rede de sismógrafos espalhados pelo Parque para tentar mapear o conteúdo da câmara de magma.

“Registámos terramotos no Yellowstone e arredores e medimos as ondas sísmicas à medida em que passavam pelo solo. As ondas viajam mais lentamente por material quente e fundido. Assim conseguimos medir o que está abaixo do solo”, diz o investigador Jamie Farrell, também da Universidade de Utah.

Smith explica que apesar de o tamanho ser muito maior do que o medido em outros estudos, isso não aumenta os riscos para a fauna no Parque Nacional.

Segundo Smith, não há forma de prever quando é que o super-vulcão voltará a entrar em erupção.

Alguns acreditam que o vulcão deveria entrar em erupção a cada 700 mil anos, mas Smith acredita que é preciso recolher mais dados para sustentar essa teoria. Até agora, os cientistas só têm informações sobre três erupções passadas do super-vulcão, ocorridas há 2,1 milhões, 1,3 milhão e 640 mil anos.

É apenas com base nestes registos que é estimado esse intervalo de cerca de 700 mil anos entre erupções.

ZAP / BBC

PARTILHAR

RESPONDER

Football Leaks. Advogado admite que podia ter emails relacionados com o Luanda Leaks

O advogado e ex-sócio da PLMJ João Magalhães Ramalho admite que pudesse ter documentos relacionados com o Luanda Leaks e com Isabel dos Santos na sua conta de email, que alegadamente foi pirateada por Rui …

Portugal regista mais 3.299 casos e 28 mortes por covid-19

Portugal contabiliza hoje mais 28 mortes e 3.299 casos confirmados de infeção com o novo coronavírus, de acordo com o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). Nas últimas 24 horas, Portugal conta com mais 3.299 …

Argentina levanta restrições na capital. Rússia regista recorde de mortes diárias e aumenta contenção

A Argentina prorrogou esta semana as medidas para combater a pandemia de covid-19 nas zonas mais afetadas do país, ao mesmo tempo que prossegue a reabertura na capital, onde os casos têm vindo a diminuir. Desde …

Maioria dos portugueses defende Orçamento viabilizado à esquerda (e rejeita demissão do Governo)

Uma sondagem da Aximage para o Jornal de Notícias e a TSF revela que a maioria dos portugueses - cerca de 60% - defende que o Orçamento de Estado para 2021 (OE2021) seja viabilizado com …

Ministro Manuel Heitor já não está infetado com covid-19

O ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior já não está infetado com covid-19, depois de ter recebido, esta segunda-feira, um teste com resultado negativo. De acordo com o semanário Expresso, Manuel Heitor recebeu, ao final …

"Só aumentariam as insuficiências". Médicos respondem a carta aberta da Ordem que pede uso dos privados

Um grupo de médicos respondeu à carta aberta assinada pelo atual bastonário da Ordem dos Médicos e quatro ex-bastonários, que defendem uma maior utilização dos serviços de saúde privados para responder à situação gerada pela …

Ensaio clínico de tratamento com anticorpos cancelado por ineficácia

As autoridades norte-americanas decidiriam cancelar um ensaio clínico de um tratamento experimental com anticorpos que estava a ser administrado a doentes hospitalizados com covid-19, justificando que o medicamente não se revelou eficaz na recuperação dos …

Doentes não-covid vão ser encaminhados para setores privado e social

Esta segunda-feira, a ministra da Saúde admitiu que a pressão no Serviço Nacional de Saúde vai aumentar e garantiu que os doentes não-covid-19 que vejam consultas, exames ou cirurgias serem desmarcados serão encaminhados para os …

Crónica ZAP - Nota Artística por Nuno Miguel Teixeira

Nota artística: "É preciso o guarda-redes estar morto?"

https://soundcloud.com/nuno-teixeira-264830877/v-guimaraes-0-1-sp-braga-o-musical Dérbi. Segundo dérbi nesta sequência de musicais. O primeiro foi entre vizinhos que moram na mesma cidade; agora temos vizinhos que moram na mesma região. O Minho aquece, mesmo no outono, quando estes dois conjuntos se …

A partir de quarta-feira, é obrigatório o uso de máscara em espaços públicos

A partir de quarta-feira, é obrigatório o uso de máscara em espaços públicos e o não cumprimento desta imposição é punido com multas que vão até aos 500 euros, segundo a lei publicada, esta terça-feira, …