Super-computador criou 8 milhões de universos virtuais (e apontou falhas ao nosso)

Uma equipa de astrónomos e cientistas da computação levou a cabo uma simulação computorizada que gerou mais de 8 milhões de universos virtuais, tentando esclarecer como se desenvolveu o nosso Universo.

A investigação, que levou um super-computador a operar mais de 400 horas, revelou que algumas das nossas ideias sobre a formação estelar podem estar parcialmente erradas. Em particular, o novo modelo permite reavaliar o papel da matéria escura na formação e evolução das galáxias e também no nascimento das estrelas.

“No computador, podemos criar muitos universos diferentes e compará-los com o real”, disse o astrónomo Peter Behroozi, da Universidade do Arizona, nos Estados Unidos, citado em comunicado. “Isto permite-nos deduzir que leis nos levaram ao [Universo] que vemos”, esclarece na mesma nota de imprensa.

Acredita-se que as estrelas se formam quando um nó numa nova de gás colapsa sobre o seu próprio peso, iniciando assim o processo de acumulação estelar. Acredita-se também que este gás seja refrigerante, uma vez que quanto mais quente for o gás, mais difícil será a formação das estrelas.

Nas últimas décadas, os cientistas encontraram várias evidências para este pressuposto em estudos sobre buracos negros supermassivos que habitam, por norma, o centro das galáxias. Quando estes enormes corpos celestes estavam ativos, estes aqueceriam a matéria à sua volta, reduzindo a formação de estrelas mesmo que houvesse gás.

No entanto, nota a Russia Today, nem todas estas hipóteses foram confirmadas pelas simulações agora levadas a cabo pelos cientistas norte-americanos.

“À medida que recuamos mais cedo e mais cedo no Universo, esperamos que a matéria escura se torne mais densa e, portanto, o gás se torne cada vez mais quente”, explicou Behroozi. Contudo, este fenómeno seria prejudicial à formação estelar. Por isso, os cientistas acreditavam que muitas das galáxias do Universo inicial teriam parado de produzir estrelas há muito tempo.

Contudo, o modelo agora simulado sugere o exatamente o contrário: “galáxias de um determinado tamanho eram mais propensas a formar estrelas a uma taxa maior, ao contrário do esperado”.

Uma ideia mais clara dos “primeiros tempos”

Quando a equipa incluiu nas suas simulações um universo com estrelas sem brilho, os resultados do seu desenvolvimento foram bem diferentes do Universo real, tal como precisa o artigo científico publicado na edição de setembro da revista científica especializada Monthly Notices of the Royal Astronomical Society.

Neste cenário, as galáxis tinham uma cor diferente, muito mais vermelha do que esperado devido à falta de estrelas jovens de cor azul. Já nas simulações em que a formação estelar continuou, o universo virtual criado era muito semelhante ao Universo que conhecemos atualmente.

A formação de estrelas nas galáxias foi “muito mais eficiente nos primeiros tempos do que pensávamos”, admitiu a equipa. Tendo em conta estes resultados, Behroozi estima que a energia criada pelos buracos negros e estrelas que explodem não limitam assim tanto a formação continuada de estrelas.

ZAP //

 

 

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Tudo é energia desde um grão de areia a uma pedra gigante o que faz eles se transformarem é a gravidade extrema que colide os atos formando novas formas de materiais!!!O que um buraco negro junta e comprime torna se uma Estrela no futuro!!!

  2. Na verdade aquilo que mantém as partículas juntas e coesas é a força forte pois a gravidade é “considerável em grande escala”.

RESPONDER

Luxemburgo 0-2 Portugal | Campeão marca presença no Euro

Portugal venceu o Luxemburgo por 2-0 e apurou-se para a fase final do Euro2020 – a 11ª presença consecutiva da turma das “quinas” em fases finais de grandes competições. Num encontro mal jogado, em parte pelas …

Hologramas e outras tecnologias podem ajudar a combater incêndios florestais

Portugal continua a ser assombrado pela destruição sem precedentes dos incêndios florestais. Agora é a hora de aproveitar as nossas ferramentas tecnológicas e encontrar maneiras inovadoras de ajudar a aliviar o problema e também evitar …

Pombos estão a perder dedos ou patas por causa da poluição

Basta passar algum tempo na praça de uma cidade para ver que alguns pombos têm patas feridas ou dedos em falta. Embora possamos pensar que isto é causado por algum vírus ou pelos eventuais desentendimentos …

Descoberto no Japão fóssil de pássaro com 120 milhões de anos

O fóssil de um pássaro do Cretáceo recentemente descoberto no Japão pode levar os cientistas a repensarem alguns detalhes sobre a evolução do voo. Há cerca de 120 milhões de anos, um pássaro com o tamanho …

Irão corta acesso à Internet após protestos contra a subida do preço da gasolina

O Irão cortou o acesso à internet no sábado, após os protestos contra o aumento do preço da gasolina, que provocaram fortes confrontos entre manifestantes e forças de segurança. O Irão cortou o acesso à internet …

A maior parte das Testemunhas de Jeová não apresenta queixa em caso de abuso sexual. Mas uma nova lei pode alterar essa realidade

Em casos de abuso sexual dentro organização religiosa Testemunhas de Jeová, a maior parte das vítimas não acusa os agressores por receio de serem excluídas, revelou um artigo da Vice. Agora, uma nova lei norte-americana, …

Hong Kong. Agente atingido por flecha e operação policial reforçada com canhão de água

Um polícia foi atingido numa perna por uma flecha lançada por manifestantes antigovernamentais e pró-democracia, informaram as forças de segurança, que reforçaram a operação no local com um canhão de água. Um polícia foi atingido …

Príncipe André nega ter abusado sexualmente de jovem de 17 anos

O príncipe André, filho de Isabel I, é acusado de ter abusado sexualmente de Virginia Giuffre, uma jovem que na altura tinha 17 anos. O caso remonta ao dia 10 de março de 2001 e, este …

FC Porto tira pão da boca ao Sporting ao desviar central brasileiro

Os 'dragões' podem estar perto de chegar a acordo para a transferência de Gustavo Henrique. O central do Santos estava em negociações com o Sporting, mas uma forte investida do FC Porto, pode ter mudado …

Será que os cães conseguem farejar uma gravidez?

Já ouvimos falar de cães a farejar bombas e de cães a farejar cancro. E quanto à gravidez, o que poderá o nariz de um cão dizer? Há várias mulheres grávidas a relatar que o cão …