Sul-coreano Kim Jong-yang é o novo presidente da Interpol

(h) Korea National Police Agency / EPA

O sul-coreano Kim Jong-yang foi esta quarta-feira eleito presidente da Interpol para terminar o mandato iniciado pelo chinês Meng Hongwei, investigado por suspeitas de corrupção, anunciou a maior organização policial do mundo.

Kim Jong-yang era já presidente interino da organização aquando da “demissão repentina” do antigo presidente Meng Hongwei, acusado de corrupção por Pequim. Outro forte candidato era o russo Russo Alexander Prokopchuk.

A demissão do chinês Meng Hongwei, anunciada a 7 de outubro, foi tornada pública 11 dias depois da mulher ter alertado para o seu desaparecimento, durante uma viagem à China.

No dia a seguir à demissão, comunicada por correio à organização, o Ministério da Segurança Pública da China anunciou que Meng teria “recebido subornos e era suspeito de ter violado a lei”, sem adiantar mais. A Interpol instou a China a “dar mais detalhes e informações sobre o que teria exatamente ocorrido”.

Questionado recentemente sobre as informações recebidas de Pequim, o secretário-geral da Interpol, Jürgen Stock, disse saber apenas que Meng está na China e que os factos de corrupção avançados não estão relacionados com as suas atividades na Interpol.

Sobre a demissão assinada por Meng, o responsável da Interpol indicou não ter “razões para suspeitar de uma coisa forçada”.

Vice-ministro da Segurança Pública no momento em que assumiu a chefia da Interpol, em 2016, Meng teve a sua ascensão nesta área quando a mesma era dirigida por um rival do Presidente chinês, Xi Jinping, estando esse adversário atualmente na prisão.

O cargo de presidente da Interpol é “essencialmente honorífico“, lembrou há dias o secretário-geral da mesma organização, Jürgen Stock, citado pelo Diário de Notícias.

A Interpol é uma organização que junta as forças policiais de 194 países que partilham as suas informações e trabalham em conjunto na aplicação de mandados judiciais internacionais. A organização policial não tem os seus próprios agentes e todas as investigações e mandados de detenção são emitidos pelas polícias nacionais de um determinado Estado-membro. A Interpol pode, no entanto, emitir alertas vermelhos, que funcionam como mandados de captura internacionais.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Coronavírus abala mercados mundiais. Petróleo derrapa mais de 3%

A preocupação com as consequências económicas da propagação do coronavírus na China está a ter um efeito devastador nos mercados. A derrapagem nos mercados acontece numa altura em que o número de mortos pelo surto de …

Prémio Tyler 2020: Defensores de políticas verdes ganham "Nobel do Meio Ambiente"

O Prémio Tyler 2020, também conhecido como o "Nobel do Meio Ambiente", foi atribuído à bióloga Gretchen Daily e ao economista ambiental Pavan Sukhdev, foi hoje anunciado. A bióloga especialista em conservação e o economista são …

Subsídios estão a ser pagos e aumento de 15% no ordenado "não é realista", diz a Ryanair

A Ryanair está a pagar os subsídios de férias e Natal, afirmou hoje um responsável da companhia, salientando que o sindicato dos tripulantes de cabine tenta “forçar” aumentos salariais de 15%, o que “não é …

Tia de Kim Jong-un faz a primeira aparição pública em mais de seis anos

Kim Kyong-hui, tia paterna do líder norte-coreano Kim Jong-un, reapareceu em público este sábado pela primeira vez em mais de seis anos, escreve a BBC. A emissora britânica, que avança a notícia citando a Agência Central …

Coronavírus. Madeira está a preparar-se para eventual surto

Região da Madeira “já está a delinear” quartos com pressão negativa e áreas isoladas, além de “fármacos, oxigénio, fatos protetores, máscaras e capacidade laboratorial”. O presidente do Instituto de Saúde (Iasaúde) da Madeira anunciou esta segunda-feira …

Luanda Leaks. Isabel dos Santos vai processar o consórcio de jornalistas

Depois de Rui Pinto ter assumido a autoria da divulgação dos documentos do caso Luanda Leaks, Isabel dos Santos avança que vai processar o consórcio de jornalistas. A empresária angolana Isabel dos Santos vai processar o …

Portugal vende cinco F-16 à Roménia por 130 milhões de euros

O ministério da Defesa Nacional oficializou hoje, na Base Aérea de Monte Real, no distrito de Leiria, a venda de cinco aviões militares F-16 à Roménia, num negócio de 130 milhões de euros. "Com este processo …

Pedro Proença e a violência no futebol: "É chegada a altura de o Governo assumir responsabilidades"

O presidente da Liga Portuguesa de Futebol (LPFP), Pedro Proença, disse esta segunda-feira, depois de uma reunião no Ministério da Administração Interna (MAI), que o governo deve assumir responsabilidades sobre os recentes casos de violência …

Reconhecimento facial vai ser testado no acesso a serviços públicos online

O Governo quer criar um sistema de reconhecimento facial para usar a chave móvel digital, ferramenta que já permite aceder a vários serviços online do Estado. O Governo está a planear criar um sistema de reconhecimento …

Sem voz no clube, Raul José pondera abandonar o Sporting

Sem voz na pasta das contratações e construção do plantel, Raul José, líder do departamento de scouting do Sporting, pode estar de saída do clube. Raul José, líder do departamento de scouting do Sporting CP, estará …