Sudão. Os militares querem entregar o poder ao povo, mas os manifestantes desconfiam

STR / EPA

A liderança militar do Sudão promete entregar o “poder ao povo”, mas os manifestantes estão desconfiados. Depois das conversações levadas a cabo no sábado, os manifestantes cortaram o contacto com o conselho militar interino. 

Os líderes dos manifestantes declararam terem cortado o contacto com o conselho militar transitório, que substituiu no dia 11 de abril o Presidente deposto Omar al-Bashir. Segundo os manifestantes, entre os militares há “restos” do Governo de Bashir.

Este domingo à noite, milhares de manifestantes reuniram-se em frente ao quartel-general em Cartum para um encontro com elementos do conselho militar onde anunciaram que um conselho civil tomará o poder. Segundo o Expresso, os manifestantes declararam ter cortado contacto com os militares por “não os considerarem sérios” na sua intenção de entregar o poder.

“Não temos a ambição de ficar no poder mais do que o tempo acordado com os partidos da oposição. Estamos à espera que a oposição apresente a sua proposta”, afirmou o general Abdel Fattah al-Buhran na televisão estatal.

“Vamos continuar os nossos protestos e vamos escalar os nossos protestos. Vamos boicotar as conversações com o conselho militar”, disse Mohamed al-Amin Abdulaziz, porta-voz da Associação de Profissionais Sudaneses.

O objetivo dos milhares de cidadãos que iniciaram os protestos em dezembro é que o conselho militar dê lugar a um governo de transição que leve à convocatória de eleições.

Apoio financeiro de 2,7 mil milhões de euros

A Arábia Saudita e os Emirados Árabes Unidos anunciaram este domingo um apoio financeiro conjunto de 3 mil milhões de dólares (2,7 mil milhões de euros) ao Sudão, que começou uma transição difícil depois da destituição do presidente Omar el-Béchir.

O apoio financeiro assume a forma de depósito de 500 milhões de dólares (445 milhões de euros) ao banco central sudanês e 2,5 mil milhões de dólares (2,2 mil milhões de euros) destinados a financiar as necessidades do povo sudanês em produtos alimentares, medicamentos e produtos petrolíferos, indicou a agência sudanesa oficial SPA, citada pela France Press, sem especificar se se trata de doações ou empréstimos.

“Conscientes da necessidade de ajudar o povo irmão sudanês” e “em apoio à República do Sudão, os dois países decidiram prestar esta ajuda em conjunto“, escreveu a agência.

O depósito no banco central do Sudão destina-se a apoiar a libra sudanesa, aliviar a pressão a que está sujeita e estabilizar a sua taxa de câmbio.

A libra sudanesa valorizou fortemente no mercado negro e tem valorizado face ao dólar desde a queda do presidente Omar el-Bashir, que deixa antever um fluxo de dólares ao país confrontado há vários anos com a escassez de moeda estrangeira.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Onda de pedras-pomes fez uma viagem pelo Pacífico (e traz nova vida à costa da Austrália)

Uma "onda" de pedras-pomes está a chegar à Austrália após uma longa viagem pelo Pacífico. As rochas vulcânicas produzidas na fase de ejeção dos gases contidos na lava, podem trazer um presente para o seu …

Não foram as estrelas de neutrões. A origem do ouro do Universo voltou a ser um mistério

Quando a humanidade detetou a colisão entre duas estrelas de neutrões em 2017, confirmou a teoria de longa data que as explosões criam elementos mais pesados do que o ferro. Assim, pensou-se ter a resposta …

Descoberta uma cripta secreta sob uma capela polaca. Pode levar ao lendário Santo Graal

O lendário Santo Graal, que terá sido usado por Jesus durante a Última Ceia para transformar o vinho em sangue, cativou a imaginação dos caçadores de tesouros durante séculos. Embora possamos nunca saber se esta relíquia …

Pedaço de cabelo de Lincoln (e um telegrama ensanguentado) leiloados por 81 mil dólares

Um anónimo pagou mais de 81 mil dólares (cerca de 71 mil euros) por uma mecha de cabelo de Abraham Lincoln. O exemplar foi retirado da cabeça de Lincoln um dia após a sua morte, …

Descobertos novos detalhes em Pietà de Miguel Ângelo

Uma equipa de especialistas estava a fazer trabalhos de limpeza na Pietà de Florença, esculpida pelo artista italiano Miguel Ângelo, quando encontrou detalhes desconhecidos da obra. Uma Pietà é um tema da arte cristã em que …

Microsoft afundou um data center em 2018. Dois anos depois, revela o que descobriu

Em 2018, a Microsoft aproveitou a tecnologia de submarinos para afundar um data center que poderia fornecer ligação à Internet durante anos na costa de Orkney. Agora, foi recuperado e os investigadores estão a testá-lo …

"James Bond da Filantropia". Bilionário cumpre sonho e doa toda a sua fortuna

Chuck Feeney cumpriu o seu sonho e está oficialmente falido. O empresário e filantropo queria doar toda a sua fortuna antes de morrer e assim o fez. Chuck Feeney é um empresário norte-americano de ascendência irlandesa …

A pandemia chegou à Lapónia e até o Pai Natal já a sente

O turismo da Lapónia prepara-se para sofrer um duro golpe com a pandemia de covid-19. As restrições de viagens deixam a economia da "residência oficial do Pai Natal" em risco. A Lapónia, na Finlândia, é conhecida …

Fruta do dragão e máscaras grátis. Vietname inova e triunfa na segunda vaga

A inovação do povo vietnamita está a ajudar a fazer do país uma história de sucesso não só na primeira vaga, mas também na segunda. Até ao momento, registaram-se pouco mais mil casos. O Vietname foi …

Alunos separados em "bolhas" dentro da escola, mas "encavalitados" antes de entrar

Mil alunos amontoaram-se esta manhã à frente da Escola Secundária Pedro Nunes. A escola adotou método de "turmas bolha", mas à entrada da escola não houve distanciamento e alguns alunos não usavam máscara. A diretora …