Subsídios estão a ser pagos e aumento de 15% no ordenado “não é realista”, diz a Ryanair

A Ryanair está a pagar os subsídios de férias e Natal, afirmou hoje um responsável da companhia, salientando que o sindicato dos tripulantes de cabine tenta “forçar” aumentos salariais de 15%, o que “não é realista”.

“Não há violação da lei, não há violação dos subsídios de férias e de Natal. (…) Na verdade, o que se passa é que o sindicato [Nacional do Pessoal de Voo da Aviação Civil – SNPVAC] está a tentar forçar aumentos salariais de 15%, o que não é realista num mercado onde estamos já a pagar acima da média”, defendeu o diretor de pessoal da Ryanair, Darrell Hughes, em declarações à agência Lusa.

Em causa está um processo que a Ryanair e a sua empresa de recrutamento – a Crewlink – perderam, tendo sido obrigadas a pagar subsídios de férias e Natal a um funcionário, segundo adiantou o SNPVAC.

Em comunicado enviado naquela ocasião, a estrutura sindical destacou que “os tripulantes de cabine da companhia Ryanair/Crewlink a operar em Portugal, começam finalmente a ver os seus direitos reconhecidos, ainda que apenas após recurso a tribunais, para que estes sejam respeitados pela empresa irlandesa”.

O sindicato informou ainda que “esta decisão é a primeira de muitas que o SNPVAC aguarda com enorme expectativa, e que terão um importante impacto na vida dos tripulantes da Ryanair/Crewlink”.

Questionado pela Lusa, Darrel Hughes sublinhou que a Ryanair transitou para a lei do trabalho portuguesa em fevereiro de 2018 e que, naquela altura, deram a escolher aos trabalhadores e às respetivas estruturas sindicais entre o pagamento dos subsídios diluído pelos 12 meses de ordenado ou o pagamento anual em 14 meses, sem aumentos salariais.

“De qualquer das formas, os subsídios de férias e Natal estão a ser pagos e é por isso que a Crewlink está a recorrer da decisão [do tribunal]. Estamos confiantes de que, se houver um caso contra a Ryanair, nós vamos ganhar esta decisão”, acrescentou.

De acordo com o responsável da companhia ‘low cost’, o Sindicato dos Pilotos da Aviação Civil (SPAC) aceitou a proposta da Ryanair, optando pelo pagamento dos 14 meses, e o SNPVAC rejeitou, pois, além do pagamento dos dois meses de subsídio, reivindica aumentos salariais de 15%.

“Para desbloquear esta situação é necessário que o SNPVAC faça propostas mais realistas para um contrato coletivo de trabalho de longo termo para o nosso pessoal [de cabine] em Portugal, que é exatamente o que negociámos com os nossos pilotos”, acrescentou.

Atualmente, de acordo com a companhia aérea, os tripulantes de cabine estão a receber os subsídios diluídos nos 12 meses do ano.

“Se querem ser pagos em 14 meses, nós não temos nenhum problema com isso. (…) Mas o que nós não podemos fazer – e parece que é isso que o sindicato dos tripulantes de cabine está a forçar – é fazer aumentos de 15% nos ordenados e pagar mais dois meses extra ao salário anual acordado, que já é bem alto”, reiterou Darrel Hughes.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Tribunal da Relação mantém penas de prisão para ex-seguranças do Urban Beach

O Tribunal da Relação de Lisboa (TRL) decidiu manter as penas efetivas aplicadas pelo tribunal de 1.º instância aos ex-seguranças da discoteca Urban Beach acusados por tentativa de homicídio de dois homens. Segundo o acórdão, a …

Mafioso português Joe Barbosa retratado em livro sobre a Cosa Nostra, o FBI e a justiça nos EUA

Ser português travou a ascensão de Joseph Barbosa na máfia italiana nos Estados Unidos (EUA), mas foi em língua portuguesa o seu elogio fúnebre, após ser assassinado por denunciar mafiosos culpados e inocentes e expor …

Testes deram negativo em mais uma criança internada por suspeita de Covid-19

Uma criança regressada da China foi encaminhada, esta quinta-feira, para o Hospital D. Estefânia, por suspeita de infeção pelo novo coronavírus, mas as análises deram negativo, anunciou a Direção-Geral da Saúde (DGS). Num comunicado publicado no …

A China até já está "a queimar" dinheiro para combater o coronavírus

A luta entre a China e o novo coronavírus, o Covid-19, tem colocado os órgãos governamentais em alerta. O governo parece não poupar esforços para conter a proliferação da doença - nem que seja preciso, …

Barcelona contrata Braithwaite para substituir Dembélé

O FC Barcelona anunciou, esta quinta-feira, a contratação do futebolista dinamarquês, do Leganés, para substituir o lesionado Dembélé, depois de pagar a cláusula de rescisão de 18 milhões de euros. Com a contratação de Martin Braithwaite, …

Senador do Ceará baleado ao tentar invadir com uma retroescavadora um quartel tomado por polícias amotinados

Esta quarta-feira, Cid Gomes foi baleado depois de ter invadido com uma retroescavadora um portão de um quartel da Polícia Militar na cidade de Sobral, no estado do Ceará. O senador Cid Gomes foi baleado, na noite …

PS acusa Bloco de "má fé" na escolha de juízes para o Constitucional

O Bloco não gostou de ter ficado de fora da escolha dos dois novos juízes para o Tribunal Constitucional. PS acusa agora o partido de esquerda de "má fé". Numa conferência de imprensa no Parlamento, esta …

Justiça suíça acusa presidente do PSG e ex-responsável da FIFA de gestão danosa

O presidente do Paris Saint-Germain e um antigo secretário-geral da FIFA foram acusados de gestão danosa pela justiça suíça, numa investigação sobre os direitos televisivos do Mundial de futebol. O Ministério Público da Suíça acusa Nasser …

PJ deteve falsa psiquiatra que dava "consultas" em casa em Braga

A Polícia Judiciária (PJ) de Braga deteve uma mulher, de 38 anos, que se fazia passar por médica psiquiátrica e que dava "consultas" na sua residência. Em comunicado, a Polícia Judiciária (PJ) de Braga refere que, …

Dinheiro do prémio "Nobel Alternativo" usado para criar fundação Greta Thunberg

A Fundação Right Livelihood, que atribui os prémios "Nobel Alternativo", anunciou esta quinta-feira que entregou o valor monetário do prémio atribuído, em setembro passado, a Greta Thunberg para estabelecer uma fundação. "Estamos felizes por o prémio …