Estar stressado à tarde é mais perigoso do que de manhã

Investigadores japoneses descobriram que o sistema nervoso central responde menos ao stress psicológico agudo durante a tarde relativamente aos eventos das manhã.

O estudo, conduzido por uma equipa de investigadores da Universidade de Hokkaido, teve em conta 27 jovens saudáveis, com horários normais de trabalho e hábitos de sono corretos, com o objetivo de se descobrir se o eixo hipotálamo-hipófise-adrenal – que atua na regulação de respostas a circunstâncias adversas – responde de forma diferente ao stress, de acordo com a hora do dia.

Quando existe um acontecimento stressante, o eixo hipotálamo-hipófise-adrenal é ativado e o cortisol, principal hormona do stress, é libertado durante várias horas, o que vai ajudar a fornecer energia ao corpo. Os níveis de cortisol são, normalmente, mais altos pela manhã e baixos à noite.

A equipa de investigadores mediu o ritmo diários dos níveis de cortisol dos voluntários através da sua saliva e os participantes foram, depois, divididos em dois grupos: o primeiro foi exposto a um teste de stress de manhã e o segundo à tarde. As amostras de saliva foram recolhidas meia hora antes do início do teste, imediatamente depois e em intervalos de dez minutos durante meia hora.

A equipa deu conta de que os níveis de cortisol aumentaram significativamente nos jovens que realizaram o teste de stress pela manhã, o que não aconteceu com o grupo que foi submetido ao exame no fim do dia, onde não foi observada nenhuma resposta.

Relativamente às frequências cardíacas dos voluntários, um indicador do sistema nervoso simpático que responde imediatamente ao stress, os valores não foram diferentes entre os grupos.

De acordo com os investigadores, esta descoberta evidencia o facto de que o corpo responde a um evento de stress durante a manhã ativando o eixo hipotálamo-hipófise-adrenal e o sistema nervoso simpático.

Mas, para responder a um acontecimento stressante ao fim do dia, só ativa o sistema nervoso simpático, o que revela uma maior vulnerabilidade ao stress nesta altura do dia.

Contudo, os cientistas, que publicaram as conclusões na revista Neuropsychopharmacology Reports a 27 de novembro, alertam para o facto de os relógios biológicos de cada pessoa serem diferentes, assim como as respostas ao stress, que também podem ser.

PARTILHAR

RESPONDER

Bélgica inclui Alentejo e Algarve na zona laranja com "maior vigilância"

Os viajantes que entrem na Bélgica oriundos do Alentejo e do Algarve serão sujeitos a “maior vigilância” devido à pandemia da covid-19, segundo o site do Ministério dos Negócios Estrangeiros (MNE) belga, que não especifica …

Infetado detido em Miranda do Douro por desrespeitar confinamento obrigatório

A GNR deteve em Miranda do Douro um homem, de 26 anos, por não respeitar o confinamento obrigatório que lhe foi decretado pela autoridade de saúde pública naquele concelho do distrito de Bragança. "O homem encontrava-se …

Sudão aprova criminalização da mutilação genital feminina

O Conselho Soberano, a mais alta autoridade do Sudão, aprovou a criminalização da mutilação genital feminina (MGF), uma prática muito antiga que continua generalizada no país, anunciou o Ministério da Justiça. O Conselho Soberano, composto por …

Andrzej Duda reeleito Presidente da Polónia

O chefe de Estado polaco venceu a segunda volta das eleições Presidenciais com 51,21% dos votos, derrotando o liberal Rafal Trzaskowski, anunciou, esta segunda-feira, a Comissão Eleitoral. Segundo a Comissão Eleitoral, Andrzej Duda conseguiu a reeleição …

Manifestantes criticam escolha de Macron para o Ministério do Interior. Ministro é acusado de violação

Ativistas dos direitos das mulheres protestaram, em França e no estrangeiro, contra a nomeação do novo ministro do Interior, acusado de violação, e do ministro da Justiça, que ridicularizou o movimento #MeToo. Ativistas dos direitos das …

Cinco meses depois, chefes de diplomacia da UE voltam a reunir-se em Bruxelas

A reunião contempla temas como o impacto da pandemia, a situação na Líbia, Hong Kong e na Venezuela, as relação da União Europeia com a Índia e África e o Processo de Paz do Médio …

Há 12 países que conseguiram escapar à pandemia

Tendo em conta os casos registados e comunicados oficialmente pelas autoridades, há 12 países no mundo que não registam qualquer caso de infeção. Segundo a universidade norte-americana Johns Hopkins, a covid-19 chegou a 188 países, mas, …

"Prisioneira em casa" há 4 meses. Algarvia já fez 14 testes e não se livra do coronavírus

A algarvia Tânia Poço está infectada com o novo coronavírus há quatro meses. Nesta altura, já não tem sintomas de covid-19, mas os testes que tem feito continuam a assinalar a presença do vírus naquele …

Mais duas mortes e 306 novos casos em Portugal

Portugal regista, esta segunda-feira, mais duas mortes e 306 novos casos de infeção por covid-19 em relação a domingo. Segundo o boletim diário da Direção-Geral de Saúde (DGS), dos 306 novos casos (aumento de 0,7%), 254 são …

15.299 casos num só dia. Florida bate recorde

Este domingo, o estado norte-americano registou 15.299 casos no espaço de 24 horas. Se a Florida fosse um país, seria o quarto com mais casos de covid-19 em todo o mundo. O estado da Florida, nos …