Stress no trabalho aumenta risco de doenças mentais

1

Um estudo realizado por um grupo de investigadores do Instituto Karolinska, na Suécia, concluiu que os trabalhadores com um estilo de vida stressante, que fumam, têm trabalhos exigentes e que têm pouco apoio social são mais propícios a tirar baixa médica devido a problemas de saúde mental.

O estudo aponta ainda que os trabalhadores mais afetados com esta situação são mulheres.

Os investigadores analisaram dados de 12 mil trabalhadores e descobriram que, ao longo de cinco anos, cerca de 8% foram afastados do emprego por sofrerem de problemas psiquiátricos. Destes, 75% eram mulheres.

“Intervenções como reduzir as elevadas exigências do trabalho podem revelar-se eficazes para diminuir o risco de licença médica associada a transtornos mentais”, afirma Lisa Mater, uma das autoras do estudo publicado no Journal of Occupational and Environmental Medicine.

Os riscos aumentados associados a grandes exigências e stress no trabalho não eram aumentados por fatores familiares, nem estes fatores contribuíam para os riscos associados a pouco apoio social, tabagismo ou outros comportamentos prejudiciais à saúde.

Move

1 Comment

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE