Stephen Hawking acaba com os buracos negros

NASA

O físico britânico Stephen Hawking

O físico britânico Stephen Hawking

Qualquer físico suficientemente imprudente para publicar um artigo a anunciar ao mundo que “não há buracos negros” – pelo menos não como os conhecemos – seria simplesmente ignorado e dado como tolo. Mas quando a afirmação parte de Stephen Hawking, o maior físico dos nossos tempos, certamente capta a atenção do mundo.

Num artigo publicado esta semana, o físico britânico Stephen Hawking, da Universidade de Cambridge, acaba com a noção do “Horizonte de Eventos“,  a fronteira teórica de um buraco negro, a partir da qual a força da gravidade é tão grande que nada, nem mesmo a luz, pode escapar.

Em vez do “Horizonte de Eventos”, Hawking propõe um conceito muito mais pacífico de “Horizonte Aparente“, que apenas retém temporariamente prisioneiras a matéria e a energia, para depois as libertar, embora numa forma mais difusa.

“Na física clássica não há forma de fugir de um buraco negro”, diz à Nature o icónico Hawking, um dos criadores das teorias modernas dos buracos negros, “mas a Teoria Quântica permite que a informação escape de um buraco negro”.

Hawking admite que uma explicação do processo requereria uma teoria que conjugasse com sucesso a gravidade com as outras forças fundamentais da Natureza. Mas esse é um objectivo que os físicos procuram alcançar – sem sucesso – há mais de um século.

A nova teoria de Hawking foi publicada online no dia 22, com o caprichoso título de “Preservação de Informação e Previsão do Tempo nos Buracos Negros“, e tem agora que passar pelo crivo do peer review, a revisão pelos seus pares.

A teoria é a tentativa de Hawking de resolver o “black hole firewall paradox“, ou “paradoxo do anel de fogo do buraco negro”, que embaraça os físicos há quase dois anos, desde a sua descoberta pelo físico teórico Joseph Polchinski.

Segundo a descoberta de Polchinski, ao contrário do que os físicos pensavam, se um infeliz astronauta caísse num buraco negro, não seria terrivelmente distorcido ao infinito ao atravessar o buraco negro, mas seria antes tragicamente consumido num anel de fogo criado pela enorme concentração de energia no limiar do buraco negro.

O artigo publicado foi baseado na palestra “Fuzz or Fire” que Hawking deu via Skype em agosto, num encontro no Instituto Kavli de Física Teórica de Santa Bárbara, na Califórnia.

Veja aqui o vídeo da palestra:

Aguardam-se agora novos desenvolvimentos das afirmações de Hawking.

Mas seja a sua teoria correcta, seja válida ainda a teoria clássica, ou fique o paradoxo por resolver, não faltarão fantásticas e criativas formas novas de dar um destino atroz aos infelizes astronautas que protagonizam as melhores histórias de S/F.

AJB, ZAP

PARTILHAR

RESPONDER

Já vai poder dormir no castelo de "Downton Abbey" (mas com algumas condições)

O castelo de Highclere, que os fãs da série Downton Abbey conhecem como a casa da família ficional Crawley, está a receber hóspedes. O conde de Carnarvon resolveu abrir as portas a apenas dois convidados, a …

Tinder produz a sua primeira série de televisão (e é “apocalíptica”)

A aplicação de encontros Tinder já terminou as filmagens da sua primeira série de televisão no âmbito da intenção do seu proprietário, o Match Group, de aprofundar a criação de conteúdos originais. Fazer novos programas faz …

Sondagens à boca das urnas mostram empate técnico entre Netanyahu e Gantz

O primeiro-ministro israelita Benjamin Netanyahu e Benny Gantz, antigo chefe do Estado-Maior General das Forças Armadas que lidera a coligação centrista, estão numa situação de empate técnico nas primeiras sondagens à boca das urnas. Esta terça-feira, …

Dois youtubers detidos a tentar invadir a Área 51

Quatro dias antes do evento mundial, dois youtubers adiantaram-se e foram detidos na última terça-feira por tentarem invadir a Área 51, uma base militar secreta dos Estados Unidos. Ties Granzier e Govert Sweep, dois holandeses de …

Onda de bebés nascidos com mãos deformadas abre investigação na Alemanha

As autoridades de saúde lançaram uma investigação depois de três bebés nasceram com deformações raras das mãos nos últimos quatro meses num hospital alemão. "Entre junho de 2019 e o início de setembro de 2019, um …

Explosão causou incêndio nas instalações onde a Rússia armazena a varíola e a ébola

Esta segunda-feira, uma explosão causou um incêndio no Centro Estatal de Investigação de Virologia e Biotecnologia, na Rússia. Estas instalações são dos poucos sítios onde a varíola e a ébola estão armazenadas. Uma explosão num tanque …

Ikea vs Kitea: batalha judicial entre suecos e marroquinos em Portugal

A marca sueca de imobiliário Ikea está a contestar nos tribunais portugueses o registo da marca marroquina Kitea. A semelhança entre os dois nomes não é uma mera coincidência, já que ambas vendem o mesmo …

EUA vão processar Edward Snowden por causa da sua autobiografia

O governo dos EUA vai processar Edward Snowden a propósito da autobiografia que chegou esta terça-feira a mais de 20 países. O processo judicial argumenta que autor violou acordos de confidencialidade. A autobiografia de Edward Snowden, …

27 anos depois, o maestro do trânsito regressa a Castelo Branco

A figura do polícia sinaleiro regressou a Castelo Branco 27 anos depois para coordenar o trânsito, numa iniciativa que surpreendeu os jovens condutores e peões, e que levou os mais velhos a aplaudiram e a …

Descoberto em Ílhavo primeiro sítio pré-histórico subaquático português

Uma equipa de arqueólogos descobriu vestígios de uma mancha de ocupação ou possível acampamento do neolítico a cerca de dois metros de profundidade na Ria de Aveiro, em Ílhavo. "Temos estado a apanhar algumas surpresas valentes. …