Standard and Poors melhora rating de Portugal para BB+

Perpetual Tourist / flickr

-

A agência Standard and Poor’s melhorou esta sexta-feira o rating de longo prazo de Portugal, de BB para BB+, antecipando que haja uma continuidade das políticas seguidas “independentemente do resultado das eleições de outubro”.

“A recuperação económica e a consolidação orçamental de Portugal continuam em linha com as nossas expectativas, colocando [o rácio] da dívida pública líquida sobre o PIB numa trajetória descendente, depois de 15 anos consecutivos de aumentos”, lê-se no comunicado divulgado esta sexta pela agência Standard and Poor’s.

Por isso, a S&P decidiu aumentar o rating de longo prazo de Portugal, de BB para BB+, ficando Portugal uma nota abaixo do que já é considerado como um nível de investimento, segundo a escala desta agência de notação financeira, que mantém as perspetivas estáveis.

De acordo com a instituição, esta melhoria da nota atribuída a Portugal, que continua no entanto num nível de ‘lixo’, deve-se à “recuperação económica estável, apoiada pela melhoria gradual das condições do mercado de trabalho” e também à “consolidação orçamental [que] ajudou a inverter a trajetória em alta na dívida do Governo, que permanece muito elevada”, antecipando a S&P que fique em cerca de 124% do PIB em 2015.

“Esperamos que, depois das eleições legislativas de outubro, o novo governo se comprometa com políticas que garantam crescimento económico e mais consolidação orçamental“, refere a S&P, que acredita que o ambiente externo favorável de que Portugal está a beneficiar (baixas taxas de juro, desvalorização do euro e baixos preços dos combustíveis) “vai continuar a dar um firme apoio à recuperação cíclica do país”.

Admitindo que as próximas eleições “possam resultar num ambiente político mais fragmentado”, a S&P considera que “é improvável que haja desvios ou reversões significativas nas políticas, devido a um consenso político relativamente forte e, até à data, à ausência de novos partidos populistas”.

No entanto, a agência de notação financeira alerta que, caso estes cenários se materializem, “as derrapagens de política podem pôr em risco a atual trajetória orçamental e económica de médio prazo” e “as condições externas podem deteriorar-se significativamente se as reformas do Governo e a agenda de ajustamento forem travadas”.

Além disso, a S&P aponta que, tendo em conta os parâmetros da nota hoje atribuída, para esta decisão contribuiu também o nível “relativamente elevado do PIB ‘per capita'”, bem como “aquilo que a S&P considera ser um compromisso interpartidário para a consolidação orçamental em curso” e “um perfil de maturidade da dívida significativamente melhorado”.

No entanto, alerta a agência de rating, os elevados níveis de endividamento do setor público e privado “podem impedir um desempenho económico melhor do que os 1,8%” que a S&P projeta em média para o período de 2015 a 2017.

A S&P refere que, apesar da “relativa eficácia das reformas do mercado de trabalho” adotadas pelo Governo desde 2012, “o mercado laboral de Portugal continua a ser mais regulado do que a maioria dos seus pares”.

“Se as atuais reformas estruturais sobre o trabalho e sobre a produtividade não continuarem, isso pode pesar negativamente na atividade de investimento futura na economia portuguesa em detrimento do crescimento”, adverte a instituição.

A S&P prevê que o défice orçamental de Portugal fique “em cerca de 3% do PIB este ano” e que a dívida pública líquida fique nos 118% do PIB entre 2015 e 2016, antes de cair para os 114% em 2018, antecipando ainda que a “almofada financeira significativa” que Portugal mantém neste momento (que estima equivaler a 7,1% do PIB) se vá gradualmente reduzindo ao longo dos próximos anos.

/Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. A uma nota abaixo de “investimento” e sob perspectivas estáveis!
    …Se calhar é porque lá na América estão feitos com o Paulo Portas e trata-se de perseguição da Strandard and Poor’s aos especialistas de comunicação do Partido Socialista embora “confirme” as palavras de A.Costa a uma sino plateia de há uns quantos meses atràs! Que chatice!

  2. Próximo degrau em progressão para “classe” de investimento [BBB]!!! desde finais de 2013 em crescendo e pela primeira vez uma coligação termina o seu mandato…
    A todos os níveis (exceptuando as greves selvagens da TAP e de outros transportes) os portugueses revelaram maturidade política nos 3 piores anos da vida democrática de Portugal.

RESPONDER

Células estaminais podem ajudar a proteger os astronautas da radiação espacial

Assim que os astronautas deixam a proteção do campo magnético da Terra, ficam automaticamente expostos a níveis elevados de radiação cósmica. A Agência Espacial Europeia (ESA) está cada vez mais focada em investigações para reduzir …

Pandemia pode trazer nova geração de robôs capazes de realizarem tarefas perigosas

A pandemia de Covid-19 pode trazer uma nova geração de robôs capazes de realizarem tarefas perigosas como limpeza de superfícies infetadas ou vigiar pessoas em quarentena, afirmam esta quarta-feira alguns dos principais investigadores internacionais em …

Multimilionários refugiam-se da Covid-19 a bordo de iates

Vários multimilionários têm procurado refugiar-se da pandemia de Covid-19, que nasceu em dezembro passado na China, em alto mar, a bordo de iates de luxo. Em declarações ao jornal The Telegraph, Jonathan Beckett, executivo da …

Este mamífero consegue sobreviver a quase sete mil metros de altura

Cientistas pensam ter confirmado que um pequeno rato descoberto no vulcão Llullaillaco, nos Andes, é o mamífero que consegue viver à maior altitude já conhecida (6739 metros). Segundo o IFLScience, o Phyllotis xanthopygus rupestris foi descoberto, …

O glaciar Denman recuou quase cinco quilómetros nos últimos 22 anos

O glaciar Denman, na Antártica Oriental, recuou cerca de cinco quilómetros nos últimos 22 anos. Investigadores da Universidade da Califórnia, Irvine e do Laboratório de Propulsão a Jato da NASA estão preocupados coma topografia exclusiva …

Gruta em Setúbal mostra que os Neandertais também eram pescadores

Cientistas encontraram restos de alimentos numa gruta, no distrito de Setúbal, que comprovam que os Neandertais também se alimentavam de espécies marinhas. De acordo com o jornal espanhol ABC, restos encontrados por uma equipa de arqueólogos …

Associação alerta para riscos da mudança da hora em tempos de confinamento

O presidente da Associação Portuguesa de Cronobiologia e Medicina do Sono advertiu hoje que os efeitos potencialmente adversos causados pela mudança da hora podem acentuar-se devido ao confinamento obrigatório das pessoas na sequência da pandemia …

Governo português legaliza estrangeiros ilegais. "A prioridade é a defesa da saúde"

O Governo português decidiu regularizar os estrangeiros com pedidos pendentes no Serviço de Estrangeiros e Fronteiras, medida em vigor desde a declaração do estado de emergência, no dia 19, e que lhes garante os mesmos …

Cirque du Soleil despediu 95% dos trabalhadores e pode ir à falência (mas vai dando shows online)

O Cirque du Soleil pode ser mais uma vítima do coronavírus. A empresa que gere o circo está a analisar a possibilidade de declarar a falência devido a dívidas avultadas e depois de ter despedido …

Ordem dos Médicos está a avaliar uso de medicamento não testado para travar Covid-19

Portugal pode tornar-se no segundo país do mundo a usar hidroxicloroquina como forma de prevenção de Covid-19. A Ordem dos Médicos (OM) estará a estudar essa possibilidade, de acordo com o Expresso. O semanário refere que …