Sporting vs Paços | Leões respondem em campo

O Sporting regressou à Liga NOS, após a derrota na Liga Europa com o Atlético de Madrid, e respondeu da melhor forma, com um triunfo tranquilo por 2-0 sobre o Paços de Ferreira.

A partida começou algo nervosa para a formação leonina, mas o golo inaugural de Bas Dost tranquilizou e uniu a equipa, que nunca mais perdeu o controlo emocional e dos acontecimentos, perante “castores” abnegados, mas pouco esclarecidos.

O Jogo explicado em Números

  • Início de jogo difícil para o Sporting. Com o brasileiro Wendel de início, os “leões” registaram apenas 51% de posse de bola nos primeiros dez minutos, e somente um remate (enquadrado), tantos quanto o Paços. Os forasteiros, porém, somaram dois cantos contra um dos da casa neste período.
  • Mas quem tem Bas Dost, arrisca-se a marcar, mesmo com pouca preponderância ofensiva. Aos 20 minutos, Bryan Ruiz cruzou, Bruno Fernandes desviou de cabeça para o holandês e este fez o 1-0, também de cabeça, ao segundo remate leonino na partida.
  • Jogo muito mastigado em Alvalade quando se atingiu a primeira meia-hora. Aos poucos o Sporting começou a ter mais bola (59%), chegou aos quatro remates (dois enquadrados) e registava 85% de eficácia de passe. Mas somente quatro passes para finalização. Porém, os “castores” mostravam-se atrevidos e também somavam três disparos, um enquadrado e quatro bolas colocadas na área leonina, para nove dos homens da casa.
  • Perto do intervalo o jogo perdera intensidade, regressando ao ritmo lento dos primeiros minutos. O Paços também se deixou contagiar e nunca mais se aproximou da área do Sporting neste período. O “leão” controlava os acontecimentos sem grande esforço.
  • O jogo chegou ao descanso com o Sporting na frente, mas o futebol praticado estava longe de agradar.
  • A formação orientada por Jorge Jesus dominou os acontecimentos, com 60% de posse de bola, seis remates, dois enquadrados, mas nos primeiros 20 minutos demorou a assumir essa autoridade.
  • O golo de Bas Dost veio tranquilizar o “leão”. Aliás, o holandês foi o melhor deste primeiro período, com um GoalPoint Rating de 6.1, fruto de um golo em dois remates (ambos enquadrados) e de cinco duelos aéreos ganhos em sete.
  • Boa reentrada do Sporting em campo, com uma boa oportunidade aos 52 minutos, numa jogada confusa que terminou com Sebastián Coates a acertar em cheio em Mário Felgueiras.
  • Nos primeiros 15 minutos do segundo tempo, os “leões” remataram quatro vezes, duas delas enquadradas, anda que com menos posse (52%). O Paços tentava chegar ao empate, aumentando de 70% para 82% a eficácia de passe, mas só conseguiu um remate neste período, sem a melhor direcção.
  • O balanceamento ofensivo do Paços teve efeito negativo nos visitantes. Aos 65 minutos, Gelson Martins fugiu pela direita, entrou na grande área e centrou rasteiro, atrasado, para Bryan Ruiz, que rematou colocado para o 2-0. Um golo que surgiu ao quinto disparo leonino no segundo tempo, terceiro enquadrado.
  • O tento de Ruiz como que “matou” a crença do Paços. Aos poucos os “castores” deixaram de ter a clarividência necessária para manter a posse de bola, caindo para 46% por volta dos 75 minutos, quando era de certa de 51% alguns minutos antes.
  • Azar para Mário Felgueiras que, aos 78 minutos, lesionou-se num lance com Bas Dost (que deu golo, mas foi anulado por fora-de-jogo) e teve de sair, numa altura em que o Paços já tinha esgotado as substituições. Assim, o central Rui Correia fez os últimos minutos como central adaptado.

O Homem do Jogo

Belíssimo jogo de Gelson Martins, o mais enérgico jogador da noite em Alvalade e verdadeiramente decisivo. O extremo-direito registou um GoalPoint Rating de 6.9, graças, sobretudo, à assistência que fez para o 2-0, da autoria de Bryan Ruiz, após fugir em grande velocidade pelo flanco direito.

Mas Gelson foi muito mais do que isso: registou três remates (nenhum com a melhor direcção), fez dois passes para finalização, acertou uma de duas tentativas de drible e ajudou na defesa, com quatro desarmes.

Jogadores em foco

  • Bas Dost 6.7 – O holandês apresentou a eficácia do costume. Em quatro remates (três de cabeça), enquadrou três e marcou um golo. Bas Dost foi uma autêntica “fortaleza voadora”, tendo ganho nove de 15 duelos aéreos.
  • Sebastián Coates 6.6 – Óptimo jogo do uruguaio, em especial em termos defensivos. Rematou uma vez, num lance em que esteve perto de marcar, mas a sua importância esteve lá atrás, onde registou nove duelos defensivos – quatro desarmes e cinco intercepções.
  • Rodrigo Battaglia 6.6 – O argentino foi o “trinco” de serviço, e era vê-lo transportar a bola com belas arrancadas. Para além de um remate, enquadrado, Battaglia fez um passe para finalização, terminou o jogo com 89% de eficácia de passe e registou sete recuperações de posse.
  • Bruno Fernandes 6.1 – A influência do costume. O médio fez a assistência para o primeiro golo, registou mais dois passes para finalização, mas, estranhamente, só tentou uma vez o remate. Colocou a bola oito vezes na área do Paços, segundo valor mais elevado da noite.
  • Mário Felgueiras 5.8 – O guarda-redes saiu lesionado aos 79 minutos. Porém, já tinha feito o suficiente para ser o melhor do Paços. Apesar dos dois golos consentidos, Felgueiras realizou quatro defesas, todas a remates dentro da sua grande área.

Resumo

PARTILHAR

RESPONDER

Há uma nova explicação para o naufrágio do Titanic: Uma fantástica Aurora Boreal

Todos conhecemos a história do Titanic. Também todos sabemos que o seu naufrágio aconteceu após o grande navio ter embatido num iceberg. Contudo, um investigador americano põe novas hipóteses em cima da mesa. E se …

Famalicão 1-5 Benfica | "Águia" faminta com nota artística

Após a desilusão de Salónica, que ditou um adeus precoce dos milhões da fase de grupos da Liga dos Campeões, o Benfica goleou na noite desta sexta-feira o Famalicão por 5-1, numa espécie de redenção. Neste …

O anonimato de Banksy teve um custo. Perdeu os direitos sobre uma das suas obras mais icónicas

O famoso artista de rua britânico Banksy perdeu uma longa batalha judicial pelos direitos autorais da obra "The Flower Thrower", contra a Full Colour Black, empresa que produz postais de felicitações. Banksy, o misterioso artista que, …

Reino Unido e Espanha aumentam restrições. Itália e Alemanha com quase dois mil casos

Madrid restringe movimentos de 850 mil pessoas, Itália regista um aumento dos casos de infeção nas últimas 24 horas, britânicos enfrentam novas restrições no país e Alemanha com dois mil novos casos de covid-19. A região …

Trump novamente acusado de assédio sexual. "Enfiou a língua na minha garganta", disse Amy Doris

O Presidente dos EUA, Donald Trump, foi acusado esta quinta-feira de agressão sexual por uma ex-modelo, num episódio que alegadamente terá ocorrido num torneio de ténis, em 1997. A ex-modelo Amy Dorris relatou ao jornal britânico …

Ventura pondera suspender mandato para se dedicar à campanha presidencial

O presidente do Chega afirmou hoje que o seu partido "está a analisar" no plano jurídico a questão da suspensão temporária do seu mandato de deputado para se dedicar às campanhas dos Açores e presidenciais. Em …

Schumacher está em estado vegetativo e dificilmente recupera, avisa neurologista

Um neurologista ouvido num documentário da RMC Sport diz que o ex-piloto de Fórmula 1 Michael Schumacher está em estado vegetativo e dificilmente recuperará. Já passaram quase sete anos desde que Michael Schumacher sofreu um acidente …

Processos com acórdãos a meias entre Rangel e Galante estão em risco

Durante dez anos, centenas de acórdãos do Tribunal da Relação de Lisboa foram feitos a meias entre Rui Rangel e Fátima Galante. Agora, esses processos estão em risco. A Procuradoria-Geral da República anunciou esta sexta-feira a …

Espanha. Jovem é esfaqueado após alertar para o uso de máscara

Três homens foram detidos em Madrid sob suspeita de terem esfaqueado um jovem que chamou a atenção de um deles por não usar máscara no interior de uma mercearia. Espanha é dos países do mundo mais …

Dez apostas que podem despontar o seu talento na Liga NOS

Nos últimos anos, dificilmente se encontra um mercado de Verão tão interessante como este. Contra todas as expectativas, dado que a pandemia trouxe alguma incerteza, os clubes portugueses têm investido mais e melhor, desde o …