Sporting vs Juventus | Rugido durou até aos 79

Sporting esteve perto de bater a Juventus, em Alvalade, e ultrapassar a formação transalpina no Grupo D da Liga dos Campeões.

Uma excelente primeira parte leonina deu esperança aos muitos adeptos que encheram o estádio, com o golo de Bruno César. Contudo, os visitantes realizaram uma segunda parte autoritária, com muita posse e remates, e conseguiram empatar.  Resultado que Rui Patrício segurou com mãos de ferro.

Sporting continua a três pontos da Juve.

O Jogo explicado em Números

  • A Juventus tentou, desde cedo, guardar a bola, assumir a iniciativa e estabelecer o ritmo (lento) da partida. O Sporting, por seu turno, tentava combinações e rápidas trocas de bola nas progressões, para desmontar a organização italiana.
  • Os visitantes chegaram aos dez minutos com 66% de posse, mas o primeiro remate da partida pertenceu ao Sporting, aos 11 minutos, por Bruno César, desenquadrado. Era uma antevisão do que estava para vir
  • Aos 20 minutos, o Sporting podia ainda não dominar territorialmente, mas era a única formação que rematava, e ao quinto disparo (dois no mesmo lance), Bruno César fez golo, em recarga a um primeiro “tiro” de Gelson Martins, defendido por Buffon.
  • A Juve fez o primeiro remate aos 22 minutos, por Khedira, de cabeça, ao lado, e à meia-hora os “leões” já haviam chegado aos 44% de posse, com cinco remates, dois enquadrados. Os transalpinos viam-se numa “teia”, de nada lhes valendo os 89% de posse de bola.
  • Bom jogo dos dois Brunos, Fernando e César. Por volta dos 40 minutos, o primeiro registava um rating de 6.0 e era o melhor em campo, com dois passes para finalização e 88% de eficácia de passe; o brasileiro somava 5.9, com um golo em dois remates.
  • Vantagem leonina ao intervalo totalmente justificada, perante o futebol ofensivo apresentado por ambas as equipas. Apesar dos 58% de posse de bola, a Juve só conseguiu rematar duas vezes, e desenquadradas, enquanto os “leões”, a jogarem em rápidas transições, chegaram ao descanso com cinco disparos, dois enquadrados.
  • O melhor nesta fase era Battaglia. O médio argentino do Sporting registava um GoalPoint Rating de 6.1, graças a sete acções defensivas – três desarmes, uma intercepção e três alívios.
  • Juve transfigurada após o descanso, ao ponto de registar cinco remates (um enquadrado) nos primeiros dez minutos do segundo tempo, para além de 66% de posse – Sporting sem conseguir sair do seu meio-campo.
  • Aos poucos os “leões” conseguiram sacudir a pressão dos campeões italianos, embora não a posse de bola, pois o domínio da Juve expressava-se em 71% de posse na segunda parte, por volta dos 65 minutos. Porém, os espaços para rematar começavam a escassear.
  • Aos 69 minutos, Gonzalo Higuaín cabeceou para golo, mas Rui Patrício fez uma defesa impressionante, festejada em Alvalade como se de um tento se tratasse. Foi a terceira intervenção do guarda-redes português, que está em grande forma.
  • Numa altura em que o jogo parecia controlado por parte do Sporting, Higuaín surgiu para empatar, aos 79 minutos. O argentino acorreu a um belo passe de Cuadrado e picou a bola sobre Patrício.
  • Estava feito o resultado, que no final já parecia lisonjeiro para os portugueses… É que a Juve fez 14 remates na segunda parte, cinco enquadrados, contra duas tentativas dos homens de Alvalade, e registou 76% de posse.

O Homem do Jogo

A primeira parte da Juventus foi discreta, tal como a de Miralem Pjanic. Mas a segunda foi o oposto. Muito por culpa, também, da subida de rendimento do médio bósnio. Pjanic acabou como o melhor em campo, com um GoalPoint Rating de 7.2, mercê de espantosos sete passes para finalização, 88% de eficácia de passe, 111 interacções com a bola (o máximo do jogo), 14 recuperações de bola e três intercepções.

Jogadores em foco

  • Rui Patrício 6.4 – Mais uma belíssima exibição do guardião leonino, que evitou males maiores para a sua equipa, com quatro defesas, duas a remates de dentro da área, e uma delas verdadeiramente sensacional, a cabeçada de Higuaín.
  • Alex Sandro 6.4 – O antigo lateral do FC Porto esteve em bom plano, em especial a defender. O brasileiro ganhou dez dos 12 duelos individuais que disputou e registou oito desarmes e duas intercepções. E ainda fez três cruzamentos, um deles com eficácia.
  • Juan Cuadrado 6.4 – Um verdadeiro “diabo” à solta. O extremo colombiano fez a assistência para o golo de Higuaín, num total de três passes para finalização, tentou o drible por seis vezes, com sucesso em duas, e registou 92% de eficácia de passe.
  • Bruno César 5.9 – O brasileiro tem o condão de marcar em jogos importantes. Já o fizera ante o Dortmund e o Real Madrid, na época passada, e agora facturou ante a Juventus. César fez três remates, só um enquadrado, e registou 86% de eficácia de passe.
  • Gelson Martins 5.4 – Jogo esforçado de Gelson. Trabalhou e correu muito, esteve no lance do 1-0, fugiu em velocidade aos defesas da Juventus e registou dois dribles eficazes em quatro tentativas, mas não conseguiu ser decisivo, pois não registou qualquer passe para finalização.

Resumo

PARTILHAR

RESPONDER

Vírus detetado na China pode já ter infetado mais de mil pessoas

O número de pessoas infetadas com um vírus que matou duas pessoas na China ultrapassa provavelmente o milhar de casos e é muito superior àquele avançado pelas autoridades locais, segundo investigadores britânicos. Num artigo publicado, esta …

Joacine Katar Moreira não vai renunciar ao cargo de deputada

O IX Congresso para eleger os novos órgãos do Livre começa, este sábado, em Lisboa. A única deputada do partido na Assembleia da República já disse que não vai renunciar ao cargo. À chegada ao IX …

Cabeceamentos no futebol podem ser proibidos ou limitados. O problema é o risco de demência

A Federação escocesa de futebol prepara-se para proibir os cabeceamentos nos escalões com menores de 12 anos.  Em Inglaterra, fala-se em limitar este gesto futebolístico que foi associado a doenças neuro-degenerativas em vários estudos científicos. …

Fenómeno cerebral desvenda enigma sobre as casas do Neolítico

O comportamento humano está influenciado por aspetos inconscientes. Um deles é um fenómeno da perceção conhecido entre psicólogos como a negligência espacial cerebral. Este fenómeno refere-se à observação de que as pessoas saudáveis preferem o seu …

Justiça do Mónaco investiga José Eduardo dos Santos e Isabel dos Santos

As autoridades do Mónaco estarão a investigar a empresária angolana, assim como o seu pai e o seu marido, pelo crime de branqueamento de capitais. De acordo com o semanário Expresso, as autoridades judiciais do Mónaco …

Depressão Glória atinge Portugal continental com vento forte

A depressão Glória está a caminho. Segundo o Instituto Português do Mar e Atmosfera, no domingo, esperam-se rajadas de vento que podem atingir os 110 quilómetros por hora nas terras altas. A depressão Glória vai passar …

Governo não renova PPP do Hospital de Loures

O Estado não vai renovar a atual parceria público-privada (PPP) do Hospital Beatriz Ângelo, em Loures, que é gerido pelo grupo Luz Saúde, anunciou a Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo …

Cientistas podem ter descoberto por que Beethoven ficou surdo

Ludwig van Beethoven começou a notar dificuldades de audição em 1798, com 28 anos. Com 44 ou 45, estava totalmente surdo. Aos 56 anos, o músico morreu e, até hoje, ainda não se sabe …

Tochas em Alvalade. Liga pede reunião de urgência ao MAI

O presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) solicitou, esta sexta-feira, uma reunião de urgência ao ministro da Administração Interna, na sequência dos incidentes no encontro entre Sporting e Benfica. "A Liga Portugal lamenta profundamente …

Moody’s mantém rating de Portugal acima do "lixo"

A agência de rating norte-americana manteve, esta sexta-feira, a notação financeira de Portugal em “Baa3”, acima de lixo, e a perspetiva em positiva. De acordo com um comunicado no site da agência, a Moody's assinala que …