Sporting vs Chaves | Brilho de Dost fecha época

goalpoint-sporting-chaves-liga-nos-201617-1068x522

O Sporting terminou a época da melhor forma, com uma vitória que, no entanto, voltou a mostrar a tendência de toda a temporada que realizou na Liga NOS.

Uma excelente entrada na partida do Sporting, coroada com três golos antes do descanso e muita competência no ataque, mas também incapacidade de manter o mesmo nível no segundo tempo. Valeu, mais uma vez, Bas Dost, que fez mais um “hat-trick” e ajudou na vitória sobre o D. Chaves por 4-1.

O Jogo explicado em Números

  • Entrada de leão do Sporting, que aos 15 minutos já ganhava por 2-0, graças a um bis de Bas Dost.
  • O holandês marcou de penalty aos 11, a castigar falta de Ponck sobre Podence. E o segundo surgiu de cabeça, após canto da esquerda de Matheus Pereira.
  • O domínio sportinguista era total e Matheus estava endiabrado. À passagem da meia-hora, Gelson descobriu Matheus na esquerda da grande área e o jovem estreou-se a marcar na Liga NOS, com o 3-0 na partida.
  • O leão chegava a uma vantagem muito confortável ante um Chaves inofensivo, graças a 72% de posse de bola, sete remates, cinco deles enquadrados, e 87% de eficácia de passe. João Palhinha tinha, por volta dos 35 minutos, 100% de passes certos, em 32 entregas.
  • Vantagem leonina sem discussão ao descanso, apesar das muitas mexidas promovidas por Jorge Jesus. A competência sportinguista na frente de ataque foi o mote destes primeiros 45 minutos, nos quais a equipa da casa fez oito remates, seis deles enquadrados, o que lhe valeu três golos.
  • O domínio foi total, pois para além dos 69% de posse de bola, também o Chaves não foi além de três disparos.
  • Destaque para Gelson Martins, autor de uma assistência, um drible eficaz em três tentativas, um remate (enquadrado), seis duelos ganhos em nove, quatro recuperações de bola, três desarmes e duas intercepções. Chegou, assim, ao merecido descanso com um GoalPoint Rating de 7.0.
  • Chaves mostra uma tímida tentativa de reacção após o reatamento, com 46% de posse nos primeiros dez minutos do segundo tempo, e também um remate, embora desenquadrado. Mal, porém, nos duelos individuais, sendo que apenas ganhou 29% nesta fase da partida.
  • E essa maior ambição deu frutos. À passagem da hora de jogo, William acorreu a um cruzamento rasteiro da esquerda de Nélson Lenho e, à entrada da pequena área, desviou a bola de um desamparado Beto para o 3-1.
  • Mas rapidamente o Sporting voltou a controlar as operações, com 60% de posse de bola na segunda parte, quando decorriam 80 minutos de jogo, e um total de 11 remates, oito deles enquadrados, 88% de passes certos e 60% de duelos individuais ganhos. Ainda assim, a reacção flaviense rendeu-lhe sete disparos no segundo tempo, quatro deles enquadrados.
  • Tempo ainda para o “hat-trick” da ordem de Bas Dost. O holandês bateu o segundo penalty do jogo, aos 91 minutos, para fechar uma época em grande a nível individual: 34 golos no campeonato.

O Homem do Jogo

O jogo de fecho do Sporting no campeonato e da própria Liga NOS não podia ser mais simbólico, em especial em termos individuais. O grande goleador da prova, o holandês Bas Dost, encerrou com “chave de ouro” a época de estreia em Portugal com mais uma bela exibição e o terceiro “hat-trick” da conta pessoal.

Três golos em quatro remates, todos eles enquadrados, um passe para finalização, mas também dois desarmes foram os números do avançado, melhor em campo com um GoalPoint Rating de 7.6.

Jogadores em foco

  • Jefferson 7.1 – O lateral-esquerdo brasileiro não tem sido opção regular de Jorge Jesus, mas fez questão de fechar a época em bom nível. Rematou uma vez, fez um passe para finalização (ocasião flagrante), teve eficácia em dois de cinco cruzamentos de bola corrida, foi quem mais tocou na bola (105 vezes) e registou ainda três desarmes e outros tantos alívios.
  • Matheus 6.7 – Nem sempre tem sido feliz quando chamado à equipa principal do Sporting, mas no adeus à Liga NOS 16/17 quis estrear-se a marcar na prova, e fez ainda uma assistência para o golo de cabeça de Bas Dost.
  • Beto 6.3 – Desengane-se quem pense que o guarda-redes do Sporting teve uma noite descansada. No período de reacção do Chaves, no segundo tempo, teve bastante trabalho, terminando com quatro defesas.
  • João Patrão 6.0 – O melhor do Chaves, centésimas acima de Ricardo. O médio foi o recordista de recuperações neste jogo, com 13, fez também quatro desarmes, acertou 88% dos passes que tentou (44 em 50) e ainda fez um remate e dois passes para finalização.
  • Ricardo 6.0 – Penalizado pelos quatro golos sofridos, a verdade é que o guardião flaviense travou cinco dos nove remates enquadrados do Sporting, quatro deles de dentro da sua área.

Resumo

goalpoint-sporting-chaves-liga-nos-201617-ratings

PARTILHAR

RESPONDER

"Morri no Paralelo79N". Diário revela as últimas horas de um explorador que morreu sozinho na Gronelândia

Os investigadores analisaram a última entrada do diário de explorador polar do século XX, Jørgen Brønlund, incluindo uma curiosa mancha negra, escrita antes de morrer sozinho no nordeste da Gronelândia, descobrindo o que lhe aconteceu …

Cybershoes. O problema de andar em Realidade Virtual pode já ter uma solução

Um dos problemas com os jogos de Realidade Virtual é que, normalmente, as experiências são definidas numa escala maior do que uma sala de estar. Assim, o jogador acaba por ter de ficar numa parte …

"Um tsunami de dívidas". O mundo deve a si mesmo 277 mil milhões de dólares

Prevê-se que até ao final deste ano, a dívida da economia mundial atinja os 277 mil milhões de dólares. A pandemia de covid-19 é um dos fatores responsáveis. A pandemia de covid-19 não só está a …

Empresas podem negar trabalho a quem não se quiser vacinar

"É obviamente possível" que as empresas evitem contratar um trabalhador se não quiserem ser vacinadas contra a covid-19. A presidente do Comité Económico e Social Europeu (CESE), Christa Schweng, admitiu a possibilidade de uma empresa se …

"A Suitable Boy". Um beijo numa série da Netflix provocou um escândalo (social e político) na Índia

A Netflix está a enfrentar uma reação negativa na Índia por causa de uma cena de um beijo entre duas personagens na série A Suitable Boy ("Um bom partido"). O partido no poder já pediu …

Irmãos transformaram 7 linhas de código num império de 36 mil milhões de dólares

Patrick e John Collison são dois jovens empreendedores irlandeses que fundaram a Stripe, uma empresa que criou uma solução alternativa para os pagamentos online, avaliada em 36 mil milhões de dólares. Em vez de construirem soluções …

ECDC. Portugal terá "níveis muito baixos" de novos casos se mantiver restrições

Se Portugal mantiver as restrições adotadas atualmente, irá registar em dezembro “níveis muito baixos” de novos casos de covid-19. O Centro Europeu para Prevenção e Controlo das Doenças (ECDC), criado com a missão de ajudar os …

Com apenas 14 anos, Xiaoyu é o adolescente mais alto do mundo. Mede 2,21 metros

Ren Keyu nasceu na China a 18 de outubro de 2006, e no dia em que comemorou o seu 14º aniversário recebeu também o título do Guinness World Records do adolescente mais alto do mundo, …

Jerónimo "não está a prazo" no PCP (e vai continuar a negociar com o PS)

O PCP continua disponível para negociar com o PS, mas não a troco de nada. Quanto ao quinto mandato consecutivo enquanto secretário-geral do partido, Jerónimo avisou, este domingo, que não está "a prazo". No discurso de …

Hackers expõem na cloud dados que roubaram de utilizadores do Spotify. Foi um acidente

Um grupo de piratas informáticos compilou uma base de dados com cerca de 250.000 palavras-passe do Spotify e armazenaram os dados na cloud. No entanto, esqueceram-se de proteger o armazenamento com uma palavra-passe. De acordo com …