Sporting vence Estoril e cimenta liderança

Manuel de Almeida / Lusa

-

Um golo de Gutiérrez, de grande penalidade, colocou hoje o Sporting provisoriamente com cinco pontos de vantagem na liderança da Primeira Liga, no triunfo por 1-0 sobre o Estoril, que complicou muito a tarefa dos ‘leões’.

No Estádio José Alvalade, o avançado colombiano converteu com sucesso uma grande penalidade, aos 55 minutos, um golo que acabou por ser suficiente para o Sporting alcançar o terceiro triunfo consecutivo na prova, num jogo em que os forasteiros chegaram a ser superiores, na primeira parte.

A formação de Jorge Jesus, que passou a ter cinco pontos de vantagem para o FC Porto e oito para Benfica, embora ambos os rivais tenham menos um jogo, chegou ao intervalo com o nulo, muito graças a Rui Patrício.

O guarda-redes ‘leonino’ por três vezes foi obrigado a intervir e impediu que o ‘venenoso’ contra-ataque do Estoril-Praia tivesse impacto no marcador, numa primeira metade em que o Sporting esteve longe de encantar.

Nessa fase da partida, os ‘canarinhos’, bem organizados atrás e sempre com o rapidíssimo Gerso na frente, foram mesmo superiores a um Sporting muito lento e sem ideias no setor ofensivo.

Jogadores como William Carvalho, João Mário e Bryan Ruiz estiveram claramente abaixo do que podem e devem render e fizeram notar ainda mais ausência de Adrien, suspenso. Atrás, Ewerton surgiu no lugar de Naldo, mas também pareceu ainda longe da melhor forma.

Além das intervenções cruciais de Patrício, Dieguinho, logo nos primeiros segundos, e Gerso tiveram excelentes ocasiões para dar vantagem ao Estoril, mas falharam o alvo.

O máximo que o Sporting conseguiu na primeira parte foi um cabeceamento de Slimani por cima, um único lance que espelhou a falta de ideias de uma equipa que estava obrigada a capitalizar o triunfo de há uma semana no terreno do Benfica (3-0).

No regresso dos balneários, a formação ‘leonina’ apareceu com mais velocidade, sobretudo nos flancos, com Jefferson e João Pereira a serem mais atrevidos no apoio ao ataque, uma receita que teve logo impacto no marcador.

Depois de Ruiz ter falhado o alvo com tudo para fazer o golo, Teo Gutiérrez foi derrubado na área por Taira e o próprio avançado colombiano converteu o penalti, aos 55 minutos.

A partir daí, o jogo foi dos ‘leões’ e entrou em cena o guarda-redes Kiezek, que impediu várias vezes a equipa da casa de reforçar o marcador, mantendo os ‘canarinhos’ ainda com esperanças de pelo menos chegar ao empate.

Gelson Martins, Montero e Jefferson estiveram todos perto do segundo golo do Sporting, mas o polaco respondeu sempre com sucesso.

Por essa razão, o Sporting acabou por sofrer nos minutos finais, sobretudo por culpa própria, já que mostrou muitas dificuldades em conseguir manter o controlo da bola.

O Estoril aproveitou, acreditou e subiu para cima da defensiva leonina, fazendo sofrer os 40 mil adeptos que estiveram em Alvalade, mas o melhor que alcançou foi um remate de Bruno César, que passou bem perto da baliza de Patrício.

Futebol 365

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Começa a ser exagerado o abuso em favor dos lagartos. O penalti é precedido de fora de jogo conforme dizem, logo não é penalti, ponto. No lance que insinuam que o Teo estava isolado é precedido de uma falta do mesmo jogador sobre um do estoril. Quanto ao outro penalti não sei porque não vi.
    Mas assim é que está bem, não existe sistema nem roubalheira !!!!

  2. Vá ver a definição de sistema e sistemático. Quem é beneficiado de forma sistemática, recebe os títulos no fim. Onde estão os títulos do sporting a confirmar essa afirmação? O seu comentário é faccioso. O sistema de facto tem existido, mas em benefício de outros, que não o sporting.

RESPONDER

Viagens ao Espaço têm um novo perigo desconhecido para os astronautas

Há um perigo inerente às longas viagens espaciais dos astronautas desconhecido até aos dias de hoje. Um novo estudo aponta que os cosmonautas podem ver o seu fluxo sanguíneo revertido na parte superior do corpo. A …

Macrocilix maia, a misteriosa traça que tem moscas a comer fezes nas suas asas

Macrocilix maia é uma espécie de traça que se destaca pela forma como se camufla dos seus predadores. Nas suas asas vê-se duas moscas a comer excrementos de pássaro. A natureza nunca falha em surpreender-nos e …

Há provas que ligam misteriosa doença que paralisa crianças a vírus raro

Pela primeira vez, foram encontradas provas da associação do Enterovírus D68, um vírus raro até há algum tempo, à Mielite Flácida Aguda, uma doença semelhante à poliomielite que tem afectado centenas de crianças, provocando a …

Antigos egípcios podem ter encurralado milhões de pássaros só para os mumificar

Novas evidências de ADN sugerem que os antigos Egípcios capturavam pássaros selvagens para sacrifícios ritualísticos (e para os poderem mumificar depois). As catacumbas egípcias contêm milhares de pássaros mumificados, especificamente íbis-sagrados (Threskiornis aethiopicus), empilhados uns sobre …

Estudo mostra que sondagens tendenciosas enviesam eleições políticas

Através de experiências práticas, uma investigação recente sugere que as sondagens tendenciosas podem influenciar e enviesar as eleições políticas, até mesmo nas grandes democracias. Enquanto uma eleição se aproxima no Reino Unido e uma votação presidencial …

A Rússia criou a arma mais mortífera da história. Foi há 72 anos

Comummente conhecida por AK-47, a espingarda Kalashnikov foi responsável por milhões de mortes durante a nossa História, sendo uma das armas mais populares do mundo e a mais fabricada pela indústria de armamento. Segundo o The Conversation, …

Luxemburgo 0-2 Portugal | Campeão marca presença no Euro

Portugal venceu o Luxemburgo por 2-0 e apurou-se para a fase final do Euro2020 – a 11ª presença consecutiva da turma das “quinas” em fases finais de grandes competições. Num encontro mal jogado, em parte pelas …

Hologramas e outras tecnologias podem ajudar a combater incêndios florestais

Portugal continua a ser assombrado pela destruição sem precedentes dos incêndios florestais. Agora é a hora de aproveitar as nossas ferramentas tecnológicas e encontrar maneiras inovadoras de ajudar a aliviar o problema e também evitar …

Pombos estão a perder dedos ou patas por causa da poluição

Basta passar algum tempo na praça de uma cidade para ver que alguns pombos têm patas feridas ou dedos em falta. Embora possamos pensar que isto é causado por algum vírus ou pelos eventuais desentendimentos …

Descoberto no Japão fóssil de pássaro com 120 milhões de anos

O fóssil de um pássaro do Cretáceo recentemente descoberto no Japão pode levar os cientistas a repensarem alguns detalhes sobre a evolução do voo. Há cerca de 120 milhões de anos, um pássaro com o tamanho …