Sporting líder isolado: a última vez tinha sido há 137 jornadas

sportingclubedeportugal / Instagram

Há mais de quatro anos que o “grande” de Alvalade não terminava uma ronda do campeonato no primeiro lugar (sem companhia). Ruben Amorim está a tentar mudar a história recente.

O Sporting chegou à liderança da I Liga, de forma isolada. Uma frase que, noutros tempos, seria repetida muitas vezes ao longo das épocas mas, nos últimos anos, essa frase tornou-se notícia. A goleada imposta ao Tondela por 4-0 colocou os “leões” sozinhos no primeiro lugar, confirmado pela derrota do Benfica no Estádio do Bessa, no dia seguinte.

A última vez em que uma jornada do campeonato terminara com o Sporting como líder isolado tinha sido no dia 12 de setembro de 2016.



A quarta jornada dessa I Liga versão 2016/17 terminou nesse dia e, dois dias antes, a 10 de setembro, o Sporting de Jorge Jesus derrotou o Moreirense por 3-0, fechando uma sequência de quatro vitórias em quatro jogos – a única equipa a conseguir esse registo. Eram 12 pontos, mais dois do que Benfica e Sporting de Braga, que curiosamente se cruzaram na Luz na jornada seguinte, num jogo com vitória do Benfica sobre os minhotos por 3-1. Nessa quinta jornada o Sporting perdeu no terreno do Rio Ave, igualmente por 3-1, e desceu para o segundo posto. Nunca mais terminou uma jornada na liderança, isolada. Nas últimas 16 jornadas ocupou (sempre) o terceiro lugar e foi nessa posição que fechou o campeonato.

Na época 2017/18 o Sporting, ainda com Jesus no comando da equipa, começou a temporada de forma imparável: seis vitórias nas seis primeiras jornadas. O problema para o Sporting é que o FC Porto igualou essa sequência e, por isso, nunca houve um líder isolado nessa meia dúzia de rondas iniciais. Igualou e superou: à sétima jornada o FC Porto continuou a ganhar mas o Sporting foi travado (1-1) em Moreira de Cónegos. Por coincidência, na oitava jornada, Alvalade recebeu um duelo entre Sporting e FC Porto, que terminou sem golos. Esse campeonato terminou com muitos problemas para o conjunto verde e branco: quando parecia que o segundo lugar não fugia, a derrota contra o Marítimo, no período de compensação do último jogo, deixou o Sporting sem o segundo lugar, sem a presença na Liga dos Campeões e com o episódio lamentável de Alcochete, logo a seguir.

Em 2018/19 o Sporting iniciou a época com José Peseiro e terminou, tal como nas duas épocas anteriores, no terceiro posto; mas também teve um início prometedor. À terceira jornada liderava a I Liga ao lado de Benfica, Feirense e Sporting de Braga. Quis o calendário que, entre a terceira e a quinta jornadas, o Sporting defrontasse precisamente estes três adversários, de forma consecutiva: empatou na Luz, ganhou em casa ao Feirense (continuando como um dos líderes à quarta jornada) mas na quinta ronda perdeu em Braga. E nunca mais voltou ao primeiro lugar.

Na temporada passada, que terminou com uma descida ao quarto lugar também na última jornada (o Sporting de Braga subiu ao pódio), o Sporting era líder no final da terceira ronda, mas com a companhia de um surpreendente Famalicão. Na quarta jornada perdeu em casa contra o Rio Ave e desceu imediatamente para o sétimo posto, embora com os mesmos pontos do quinto classificado. Marcel Keizer (ainda) era o treinador nesse desaire caseiro.

Fazendo as contas: foram mais de quatro anos e 137 jornadas consecutivas sem vermos o Sporting como líder isolado do campeonato, no final de uma jornada. Até que Rúben Amorim, com ajuda boavisteira, mudou esse cenário.

(artigo atualizado após a vitória do Boavista sobre o Benfica por 3-0)

NMT, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

A polícia holandesa achava que tinha em mãos o mafioso mais procurado da Europa. Afinal, era só um fã de F1

Um homem de Liverpool de 54 anos pensava que o grande evento da sua viagem aos Países Baixos seria assistir ao Grande Prémio de Fórmula 1, mas acabou detido numa prisão de alta segurança por …

Cobertura global de corais caiu para metade desde 1950, revela relatório

A cobertura global de recifes de coral caiu para metade desde 1950, cenário originado pelo aquecimento global, pesca excessiva, poluição e destruição de habitats naturais, revelou uma análise divulgada esta sexta-feira. Desde a Grande Barreira de …

O sonho de Christo concretizou-se, 60 anos depois. O Arco do Triunfo foi embrulhado como um presente

Já desde o início dos anos 60 que Christo imaginava como seria cobrir o Arco do Triunfo em tecido. A sua visão foi finalmente concretizada e pode ser visitada entre 18 de Setembro e 3 …

Holanda. Ministra da Defesa renuncia devido à crise de evacuação do Afeganistão

Após a ministra das Relações Externas holandesa, Sigrid Kaag, renunciar devido ao desastre da evacuação do Afeganistão, esta sexta-feira foi a vez da ministra da Defesa, Ank Bijleveld. Segundo relatou o Guardian, acredita-se que os ministros …

Tribunal da África do Sul recusa anular pena de prisão do ex-Presidente Jacob Zuma

O mais alto tribunal da África do Sul rejeitou o pedido do ex-Presidente Jacob Zuma para anular a sua sentença de 15 meses de prisão por não comparecer a uma sessão de inquérito por corrupção. Em …

EUA. Advogado planeou o próprio assassinato para o filho receber seguro. Foi detido por fraude

Um influente advogado norte-americano, cuja esposa e um dos filhos foram assassinados, foi acusado de fraude contra uma empresa de seguros e falso testemunho por organizar o seu próprio assassinato. Segundo avançou a agência France-Presse, …

Norberto Mourão conquista bronze nos Mundiais de canoagem adaptada

Norberto Mourão já tinha conquistado o bronze nos Jogos Paralímpicos de Tóquio e junta agora mais uma medalha à colecção, desta vez nos Mundiais de canoagem adaptada. O atleta de canoagem adaptada Norberto Mourão conquistou hoje …

Caso George Floyd. Polícia condenado a 22 anos de prisão pode ver a sentença revertida

A intervenção do Supremo Tribunal do Minnesota num outro caso de violência policial para reduzir a pena de um agente pode abrir um precedente para que haja alterações na sentença de Derek Chauvin. Segundo avança a …

Futebol português contra Campeonato do Mundo de dois em dois anos

O futebol português está contra a intenção da FIFA de aumentar a periodicidade do Campeonato do Mundo, passando de quatro para de dois em dois anos, refere um comunicado conjunto divulgado hoje. O documento, assinado pela …

Governo quer proibir empresas de recorrer ao 'outsourcing' após despedimento coletivo

O Governo quer proibir as empresas que façam despedimentos coletivos de recorrerem ao 'outsourcing' (contratação externa) durante os 12 meses seguintes, disse hoje a ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho. No final …