Sporting. Testemunha diz não saber de quem era cocaína apreendida na sede da Juve Leo

Manuel de Almeida / Lusa

A pessoa que “tomava conta” da sede da claque Juventude Leonina (JL) disse hoje que a cocaína, apreendida pela polícia nas buscas durante a investigação ao ataque da Academia de Alcochete, não lhe pertencia nem sabe de quem era.

Jorge Correia (conhecido por Jójó) foi ouvido na 14.ª sessão do julgamento da invasão à academia ‘leonina’, em 15 de maio de 2018, com 44 arguidos, incluindo o antigo presidente do clube Bruno de Carvalho e o presidente da claque JL Nuno Mendes (Mustafá), o qual decorre no Tribunal de Monsanto, em Lisboa.

A testemunha contou que era ele quem tinha a chave e que “tomava conta” da ‘casinha’, nome pelo qual é conhecida a sede da claque JL, acrescentando que chegou a pernoitar “várias vezes” no espaço, que foi alvo de duas buscas policiais, a última realizada em 11 de novembro de 2018, em que foram encontrados os 15,6 gramas de cocaína, que a investigação atribuiu a Mustafá.

Não era minha [cocaína] nem sei de quem é. Quando a porta estava aberta podia entrar quem quisesse. Ninguém controlava ninguém. A casinha estava sempre cheia”, afirmou Jorge Correia.

A testemunha disse que, no dia das buscas, Mustafá chegou à sede na companhia da GNR, que começou logo a revistar os presentes.

Rocha Quintal, advogado do líder da claque Juventude Leonina, questionou diretamente Jorge Correia se a droga encontrada na arrecadação da sede no dia das buscas pertencia ao seu constituinte.

“Não posso acusar o senhor Nuno Mendes nem ninguém, pois não sei de quem é. Com tanta gente ali dentro”, respondeu a testemunha.

Em 6 de dezembro, o coletivo de juízes que está a julgar o processo do ataque à Academia do Sporting, em Alcochete, indeferiu o requerimento da defesa de Mustafá, mantendo-o em prisão preventiva.

“O julgamento encontra-se numa fase inicial e ainda não foi produzida toda a prova que conduziu à imputação ao arguido da prática de um crime de tráfico de estupefacientes (…), sendo certo que, além do mencionado ilícito, o arguido encontra-se ainda pronunciado pela prática, em autoria moral, de um vasto acervo de crimes cujas molduras penais também admitem a aplicação da medida de coação de prisão preventiva”, justificou a juíza presidente.

Na sessão de 28 de novembro do julgamento, que pertence ao Tribunal de Almada, mas que decorre no Tribunal de Monsanto, em Lisboa, por questões de logística e segurança, o advogado de Nuno Mendes tinha pedido a libertação do seu constituinte.

Rocha Quintal tinha requerido a substituição da prisão preventiva por uma medida de coação “não privativa de liberdade”, sustentando que, em julgamento, se alteraram os pressupostos para manter o seu constituinte nessa condição, devido à “inexistência dos fortes indícios da prática do crime de tráfico de estupefacientes”, pelo qual permanece em prisão preventiva.

Lusa // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Cerca sanitária em Odemira revela lacunas na ligação entre entidades

O resultado da intervenção da GNR no controlo dos que pretendem trabalhar nas explorações agrícolas sem ter realizado teste à covid-19 não é comunicada à ACT. O porta-voz do Comando Territorial de Beja da GNR disse …

Jorge Costa responde a Pepe: "Deve ter-se esquecido de quem eu sou"

O treinador do Farense e ex-jogador do FC Porto respondeu a Pepe na flash interview, depois da troca de palavras entre ambos no final do jogo desta segunda-feira no Estádio do Dragão (5-1). "O Pepe deve …

Salgado começa a ser julgado em junho. Defesa recorre da decisão de separar processos

O antigo presidente do BES começa a ser julgado a 7 de junho por três crimes de abuso de confiança, no âmbito da Operação Marquês, mas a sua defesa já entregou um recurso por …

Onda de violência em Jerusalém não tem fim. UE considera ataques "inaceitáveis"

A situação continua a ser preocupante em Israel e a comunidade internacional já tem deixado alguns alertas para que seja posto fim à violência. Na noite desta segunda-feira, um incêndio rompeu na zona da Esplanada das …

Sporting já tem autocarro decorado e reclama 23.º título. A FPF só reconhece 18

A apenas uma vitória do título, o Sporting já tem o autocarro decorado para celebrar a conquista. Os 'leões' reclamam 23 títulos, embora a FPF só reconheça 18. O Sporting CP está a uma vitória de …

Descoberta vila da Idade do Bronze submersa num lago suíço

A descoberta de uma vila da Idade do Bronze, submersa num lago suíço, redefine a história da cidade de Lucerna e sugere que a área foi colonizada 2.000 anos antes do que se pensava. O lago …

"Já vimos este filme". Catarina Martins receia austeridade pós-bazuca (e está preocupada com a TAP)

A coordenadora do Bloco de Esquerda disse temer a austeridade que possa surgir após a prometida bazuca de fundos europeus e confessou estar “muito preocupada” com a TAP. Em entrevista à TVI na noite de segunda-feira, …

Portugal continental atinge 4 milhões de doses administradas. Processo está a ser mais rápido do que o previsto

Portugal Continental vai atingir esta terça-feira as quatro milhões de doses de vacinas administradas. Segundo a task force, o processo está a acontecer mais rapidamente do que o previsto. De acordo com um fonte da task …

Descoberta nova espécie de tartaruga que viveu no final do Cretáceo

Em 2015, paleontólogos descobriram em Madagáscar um fóssil excecionalmente bem preservado, que agora se confirma ser de uma nova espécie de tartaruga, que remonta ao final do Cretáceo. A antiga tartaruga era uma espécie de água …

Pelo menos onze mortos na sequência de um tiroteio numa escola da Rússia

Dois indivíduos não identificados efetuaram esta terça-feira disparos numa escola na cidade de Kazan, no centro da Rússia, informaram agências de notícias, que citam fontes oficiais. Pelo menos onze pessoas morreram, avança a AFP, que cita …