Para Soros, Presidente chinês é o inimigo “mais perigoso” das democracias

FMI / Flickr

O investidor George Soros

Para o milionário norte-americano, Xi Jinping é o inimigo “mais perigoso” das sociedades abertas, tendo em conta os avanços do regime chinês na utilização da tecnologia como instrumento repressivo.

O multimilionário e filantropo George Soros afirmou, esta quinta-feira, que a aliança entre “monopólios tecnológicos” e “regimes repressivos” representa um perigo, destacando a China e considerando o Presidente chinês, Xi Jinping, “o adversário mais perigoso” das democracias.

“O meu ponto chave é que a combinação de regimes repressivos com os monopólios tecnológicos confere a esses regimes uma vantagem sobre as sociedades abertas”, disse Soros, num jantar com jornalistas no Fórum Económico Mundial, em Davos, Suíça.

“Os instrumentos de controlo são ferramentas úteis em mãos de regimes autoritários, mas representam uma ameaça mortal para as sociedades abertas“, acrescentou o milionário.

Para George Soros, os avanços tecnológicos e os fortes poderes político e financeiro da China agravam a ameaça. “A China não é o único regime autoritário no mundo, mas é o mais rico, o mais forte, e o mais avançado tecnologicamente. Isto torna Xi Jinping como o adversário mais perigoso das sociedades abertas“, sublinhou.

Por este motivo, Soros defendeu ser “tão importante distinguir as políticas de Xi Jinping das aspirações do povo chinês”.

“Como Xi é o inimigo mais perigoso da sociedade aberta, devemos pôr as nossas esperanças no povo chinês, especialmente na comunidade empresarial e numa elite política disposta a defender a tradição confuciana”, assinalou o multimilionário de 88 anos.

Nascido na Hungria, George Soros, que se tornou multimilionário graças aos mercados financeiros, transformou-se nos últimos anos no bode expiatório dos nacionalistas e dos defensores de teorias da conspiração, na Europa e nos Estados Unidos, que o acusam de apoiar a imigração ilegal através das suas ações humanitárias.

Na Europa, a sua fundação Open Society transferiu em agosto a sede de Budapeste para Berlim, após a adoção pelo Governo de Viktor Orban de um conjunto de leis intitulado “Stop Soros”.

Nos Estados Unidos, o Presidente, Donald Trump, também acusou o multimilionário, grande doador do Partido Democrata, de financiar os protestos populares contra a confirmação para o Supremo Tribunal do juiz conservador Brett Kavanaugh.

Em outubro, foi encontrado um engenho explosivo na caixa de correio da sua casa, em Nova Iorque.

Lusa ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Enquanto Merkel coordena estados para travar terceira vaga, os britânicos já podem “pensar” nas férias de verão

O governo federal alemão está a planear aprovar uma nova legislação que lhe permitirá assumir o controlo dos estados e impor restrições uniformes em todo o país. O anúncio foi feito esta sexta-feira, segundo o Deutsche …

A montanha pariu um rato? (Ou nem tanto) Sócrates ainda arrisca 12 anos de prisão

José Sócrates livrou-se dos crimes de corrupção na Operação Marquês, mas o juiz Ivo Rosa acusou declaradamente o ex-primeiro-ministro de se ter "vendido" ao amigo Carlos Santos Silva. Só que o crime já prescreveu e, …

China multa Alibaba em 2,33 mil milhões de euros por violações antimonopólio

As autoridades chinesas multaram o gigante' de comércio online Alibaba em 18,2 mil milhões de yuan (equivalente a 2,33 mil milhões de euros) por abuso de posição dominante, noticiou este sábado a imprensa estatal na …

PSD disse "não" ao Chega no continente, mas não nos Açores. Rio teme "impacto nacional"

O PSD rejeitou acordos autárquicos com o Chega no continente e a possibilidade de coligações no arquipélago dos Açores entram em choque frontal com política autárquica da direção do partido de Rui Rio. Na quarta-feira, quando …

Dezenas de pessoas estiveram presentes no último adeus do "sempre fundamental" Jorge Coelho

Várias dezenas de pessoas compareceram este sábado de manhã na Basílica da Estrela para a missa de corpo presente do antigo dirigente e ministro socialista Jorge Coelho, "um elemento sempre fundamental nos momentos mais difíceis …

Desconfinamento já se faz sentir nos internamentos. R(t) já está acima de 1

O número de casos está a aumentar e este efeito já se começa a sentir nos internamentos. Esta foi a segunda semana consecutiva com aumento de casos, com uma média de 495 novos casos diários. De …

Plano contra o racismo. Bloco de Esquerda é o único partido a favor de quotas no ensino superior

O Governo colocou em consulta pública o Plano de Combate ao Racismo e Discriminação, que prevê que alunos socialmente desfavorecidos poderão aceder ao Ensino Superior através de contingente especial. O Bloco de Esquerda é o …

Novo Banco vendeu carteiras ao melhor preço (e só depois avaliou conflitos de interesses)

A venda das três carteiras de crédito do Novo Banco em 2019 foi feita pelo preço mais alto e em conformidade com o Acordo de Capitalização Contingente (CCA), segundo a auditoria da Deloitte às operações. “Nos …

UE investiga possível ligação entre tromboses e vacina da Johnson&Johnson nos EUA

A Agência Europeia de Medicamentos (EMA) anunciou esta sexta-feira ter iniciado uma investigação sobre casos de coágulos sanguíneos após toma da vacina da Johnson & Johnson/Janssen contra a covid-19, antes de o fármaco estar disponível …

Cabras

"É um terror. Nunca vi disto". Relâmpago matou 68 cabras no Alto Minho

Um relâmpago matou 68 cabras na freguesia de Gondoriz, em Arcos de Valdevez, distrito de Viana do Castelo. O pastor que perdeu os animais, Dário Silva, diz que, em "40 anos de serra", nunca viu …