Sistema milenar pode ajudar o Peru a não ficar sem água na época seca

(dr) Sam Grainger / Imperial College London

Os canais do antigo sistema de conservação de água usado nos Andes

Um sistema de conservação de água, utilizado há mais de mil anos pela população indígena no Peru, poderá ser a solução para combater a falta de água durante as severas estações secas que o país enfrenta.

De acordo com o Science Alert, os investigadores estimam que esta técnica, utilizada pelo povo indígena da região, tem cerca de 1.400 anos e consiste em desviar a água dos regos para as encostas das montanhas quando a água da chuva é abundante, originando fontes naturais que mantêm a água armazenada durante um longo período de tempo depois da estação das chuvas terminar.

“A população de Lima está a viver uma das situações hídricas menos estáveis do mundo”, afirma o engenheiro ambiental Wouter Buytaert, do Imperial College London, no Reino Unido. “Há muita água nas estações chuvosas e muito pouca nas secas. Os povos indígenas sabiam como contornar isto, por isso estamos a procurar as respostas neles”.

Os investigadores, cujo estudo foi publicado na revista científica Nature Sustainability, visitaram Huamantanga para estudar um dos poucos exemplos ainda existentes deste sistema e onde os canais, chamados de “amunas” na língua quíchua, foram recuperados.

Durante dois anos, com o apoio da população local, a equipa descobriu que a água redirecionada leva entre duas semanas e oito meses para percorrer o seu curso a jusante – uma média de 45 dias.

Adaptar este processo para a capital peruana não será fácil mas poderá significar cerca de 35% da água da estação chuvosa (cerca de 99 milhões de metros cúbicos) economizada para os meses seguintes.

Os investigadores estimam que a quantidade de água disponível durante a estação seca poderia ser aumentada em até 33% nos primeiros meses e em cerca de 7,5% nos meses seguintes.

No entanto, a pesquisa sugere que os métodos tradicionais deveriam ser usados em combinação com abordagens mais modernas para maximizar a quantidade de água que poderia ser economizada durante os períodos de abundância – e para agir como um “seguro” num clima que está em constante mudança não só pelas alterações climáticas mas também pela ação humana.

“Com o advento da ciência moderna, é interessante imaginar como os métodos antigos se podem aplicar aos problemas modernos”, diz o hidrólogo Boris Ochoa-Tocachi. “Contudo, parece que ainda temos muito a aprender com as habilidades criativas de resolução de problemas dos nossos ancestrais”, conclui.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Ummu tem 25 anos e é rosto das negociações com o Boko Haram

Com a Nigéria a enfrentar uma crise de raptos, Ummu Kalthum é uma das mais jovens — e mais bem-sucedidas — mediadoras a negociar acordos para libertar reféns do Boko Haram no país. Na última década, …

Liveblog Autárquicas. Poderá ser "a primeira vez que um partido ganha três vezes seguidas"

Realizam-se este domingo Eleições Autárquicas em Portugal, nas quais está em jogo a eleição de 308 presidentes de câmaras municipais, os seus vereadores e assembleias municipais, bem como 3091 assembleias de freguesia. Acompanhe tudo no …

Alemanha: Sociais-democratas reclamam vitória (com "desastre" para os conservadores)

Os sociais-democratas SPD reivindicaram hoje vitória nas eleições parlamentares alemãs, numa altura em que os conservadores da CDU, força política de Angela Merkel, se aproximam de uma votação mínima histórica, de acordo com as primeiras …

Em 2018, cientistas de Wuhan terão planeado infetar morcegos com coronavírus

Em 2018, um grupo de cientistas da cidade chinesa de Wuhan, onde foi registado o primeiro caso de covid-19, estaria a planear infetar, com coronavírus modificados, morcegos que vivem em cavernas. Os cientistas terão pedido 14 …

Este batom foi lançado em 1971, mas está esgotado - e é mais uma prova do impacto económico do TikTok

O Black Honey da Clinique é o mais recente produto de maquilhagem a bombar no TikTok. Muitas marcas estão a notar o poder económico que em ser viral na aplicação e estão a tentar promover …

Portugal regista mais duas mortes e 599 casos de covid-19

Nas últimas 24 horas registaram-se mais duas mortes e 599 novos casos de covid-19 em Portugal, de acordo com o boletim epidemiológico da DGS. Portugal regista hoje duas mortes atribuídas à covid-19, assim como 599 novos …

Em 2021, Sochi voltou a ser Sochi e em Sochi ganha a Mercedes – com recorde histórico para Hamilton

Lando Norris, o jovem piloto da Mclaren, vai sair da Rússia com um misto de sensações. No fim-de-semana em que conquista a primeira pole position da carreira, perde também, de forma dramática, a hipótese de …

As pessoas que comem mais gordura láctea têm menor risco de doença cardíaca

As pessoas que fazem uma dieta com maior teor de gordura láctea têm um menor risco de desenvolver doenças cardiovasculares, revela um novo estudo. Uma equipa internacional de cientistas estudou o consumo de gordura láctea de …

Alaphilippe revalida título de campeão mundial de fundo

O francês Julian Alaphilippe revalidou neste domingo o título de campeão mundial de fundo, ao cortar isolado a meta no final da “prova rainha” dos Mundiais de ciclismo de estrada, que decorreram na região belga …

Do céu ao inferno. Adeptos do Palmeiras chamam "arrogante" a Abel Ferreira

O Palmeiras perdeu e está cada vez mais longe da liderança do Brasileirão. Os adeptos estão insatisfeitos com as exibições e chamaram "arrogante" a Abel Ferreira. O Palmeiras, treinado pelo português Abel Ferreira, perdeu na deslocação …