Síria. Aviões israelitas atingem alvos ligados ao Irão

Zouhir Al Shimale / EPA

Síria

Aviões de guerra israelitas realizaram ataques na manhã de quarta-feira no leste da Síria, causando a morte de dezenas de pessoas, numa das suas investidas mais mortais a locais ocupados ​​por milícias apoiadas pelo Irão, avançaram observadores de guerra independentes.

Segundo noticiou na quarta-feira o Wall Street Journal, citando a agência de notícias estatal da Síria – SANA, os ataques ocorreram em vários locais, incluindo nas cidades de Deir Ezzour, Mayadeen e al-Boukamal, na fronteira entre a Síria e o Iraque, tendo como alvo posições do governo sírio, depósitos de armas e milícias pró-iranianas.

Cerca de 40 membros das forças aliadas do Presidente sírio Bashar al-Assad foram mortos no ataque, reportou Omar Abu Layla, que chefia a rede ativista Deir Ezzor24.

“Israel está determinado a impedir o entrincheiramento militar iraniano na Síria”, disse Tzachi Hanegbi, ministro de Assuntos Comunitários de Israel e membro do Gabinete de Segurança, que se recusou a comentar sobre o último ataque.

Nos últimos anos, Israel tem conduzido uma campanha aérea na Síria, que se expandiu para o Iraque e para o Líbano, visando impedir os esforços iranianos de se entrincheirar militarmente e mover armas para grupos aliados na região. Israel atingiu 50 alvos na Síria em 2020, mostraram dados divulgados em dezembro.

Este ataque ocorreu nos últimos dias da presidência de Donald Trump nos Estados Unidos (EUA), possivelmente numa tentativa de chamar a atenção para o que Israel chama de “influência maligna” do Irão na região, antes que o Presidente eleito Joe Biden tome posse e procure restabelecer relações com Teerão, indicaram analistas.

Amos Yadlin, ex-chefe da inteligência militar israelita e agora diretor-executivo do Instituto de Estudos de Segurança Nacional da Universidade de Tel Aviv, disse que o ataque foi o quarto atribuído a Israel desde meados de dezembro, um ritmo mais rápido do que nos meses anteriores.

Este aumento, continuou, pode ser uma resposta iraniana aos ataques atribuídos a Israel e aos EUA no ano passado, entre eles os assassinatos do major-general da Guarda Revolucionária Iraniana Qassem Soleimani e do cientista nuclear Mohsen Fakhrizadeh.

“Este foi o ataque mais intenso que vimos desde que o Irão chegou à região”, comentou Omar Abu Layla, acrescentando que este destruiu um carregamento de mísseis num centro de comando em Aiyash, nos arredores de Deir Ezzour. A base é usada como centro logístico para transferir armas e apoiar facções pró-Irão na área.

Tzachi Hanegbi afirmou que o Irão acredita ter “potencial para atrair os nossos recursos humanos, militares e financeiros e também para nos impedir de atacar”, acrescentando que Israel continuará a agir na Síria durante o governo de Biden.

“A necessidade de prevenir o entrincheiramento do Irão na Síria não tem nada a ver com as questões que disputamos”, sublinhou Hanegbi, referindo-se ao acordo nuclear de 2015. “Estamos a servir os interesses norte-americanos ao evitar que a Síria se torne um posto avançado do Irão na área”, concluiu.

Taísa Pagno Taísa Pagno //

PARTILHAR

RESPONDER

Juiz-Anti-Confinamento

"Pelos castelos de Portugal" em protestos ilegais, juiz anti-confinamento não pode ser detido

O juiz Rui Fonseca e Castro, que se tornou conhecido pela postura anti-confinamento tem reunido vários apoiantes em protestos sem máscaras e sem distanciamento social. Mas apesar da detenção de alguns desses apoiantes, o magistrado …

Navalny. Ministros europeus analisam situação de opositor russo

Os ministros dos Negócios Estrangeiros europeus vão analisar a situação de Alexei Navalny, opositor à Presidência russa cujo estado de saúde se agravou devido à greve de fome que iniciou na prisão, anunciou este domingo …

Espanha aprova lei para proteger as crianças contra a violência. Decisão é pioneira a nível mundial

Espanha está a pouco mais de um mês de dar um passo importante em prol da defesa dos direitos sociais dos cidadãos. O Congresso dos Deputados aprovou na passada quinta-feira o projeto de lei de …

Linhas do tempo da monarquia. Pela primeira vez, Portugal vai ter um Plano Ferroviário

Pela primeira vez, Portugal vai ter um Plano Ferroviário Nacional (PFN). Esta segunda-feira, é dado o pontapé de saída para o debate nacional sobre a ferrovia. Em declarações à TSF, o ministro das Infraestruturas, Pedro Nuno …

Sporting volta à carga por Yaremchuk, mas tem concorrência de Paulo Fonseca

Roman Yaremchuk volta a entrar na equação do Sporting. O avançado ucraniano leva 20 golos esta temporada e pode ser reforço para a próxima temporada. O Sporting CP não desiste de procurar opções para o ataque, …

Atraso de três meses do Governo terá facilitado venda de barragens da EDP

O Ministério do Ambiente demorou quase três meses a pedir uma avaliação do negócio das seis barragens da EDP à Engie, o que terá facilitado o processo de venda. Em 30 de julho de 2020, a …

Marques Mendes acredita que Sócrates tem ajudado a extrema-direita a crescer

Segundo Luís Marques Mendes, José Sócrates "tem dado um contributo enorme, enorme, enorme para o crescimento da extrema-direita em Portugal". No seu habitual espaço de comentário no Jornal da Noite da SIC, Luís Marques Mendes defendeu …

Rio impôs candidatos a Leiria e Castelo Branco (e causou desconforto no PSD)

Em Leiria e Castelo Branco as estruturas locais do PSD mostraram-se descontentes com as escolhas de Rui Rio para a corrida às autárquicas e imputam os resultados de outubro à direção nacional do partido. Ainda no …

José Mourinho despedido do Tottenham

José Mourinho foi despedido do comando técnico do Tottenham. Os maus resultados da equipa ditaram a saída do treinador. A notícia é avançada esta segunda-feira pelo portal britânico The Athletic. O lugar do português já há …

Começou a "fotografia perfeita da população". Já pode responder aos Censos pela Internet

Os Censos 2021, a maior operação estatística nacional, já arrancou. Com as cartas com os códigos que os recenseadores distribuíram pelas casas dos portugueses, já é possível responder ao inquérito pela Internet. Os Censos são o …