Cientistas reverteram principal sintoma da esquizofrenia em camundongos

Um medicamento que está atualmente a ser desenvolvido para tratar a leucemia reverteu (em camundongos) um sintoma de esquizofrenia anteriormente intratável: o enfraquecimento da memória de trabalho.

A memória de trabalho é um processo cerebral fundamental usado para reter e recuperar informações em tempo real como, por exemplo, quando temos de nos lembrar de um novo número de telefone durante o tempo suficiente de o marcarmos no telefone.

Esta é uma capacidade gravemente prejudicada em pessoas com esquizofrenia, alterando o seu raciocínio, perceção e tomada de decisões. Porém, segundo o Science Alert, cientistas da Universidade Columbia, nos Estados Unidos, pensam que, afinal, pode haver uma forma de tratar estes défices de memória associados à doença.

Usando camundongos, a equipa reverteu com sucesso uma mutação no gene SETD1A, que havia previamente associado a este distúrbio. No estudo agora publicado na revista científica Neuron, os autores escreveram que as mutações neste gene em particular “conferem um grande aumento no risco da doença”.

De acordo com o neurocientista Joseph Gogos, do Zuckerman Institute da universidade, isto mostra que “os danos causados pela mutação durante o desenvolvimento do cérebro não são irreversíveis”.

Embora os camundongos não tenham esquizofrenia, os animais com essa mutação genética mostraram sinais de défice de memória espacial, sendo, por exemplo, incapazes de andar num labirinto simples. Além disso, o córtex pré-frontal parecia muito diferente do dos ratos sem esta mutação, revelando neurónios muito mais curtos que parecem ter os seus ramos atrofiados.

Consertar estas células exigiria algum tipo de medicamento capaz de manipular o SETD1A. O problema é que esse medicamento não existia, por isso, a equipa descobriu que quando outro gene, chamado LSD1, era desligado, os efeitos nocivos do SETD1A desapareciam.

“Poucas semanas depois da administração de um inibidor do LSD1, a memória dos animais melhorou dramaticamente. E ainda mais impressionante foi aquilo que observámos no seu cérebro: os axónios cresceram em padrões semelhantes aos que vemos no cérebro de um animal saudável”, diz o neurocientista Jun Mukai, outro dos autores do estudo.

Melhor ainda, os cientistas dizem que esta droga estava a agir sobre os mecanismos subjacentes que controlam os défices de memória, em vez de apenas visar os sintomas.

“Encontramos uma prova definitiva de que não apenas [SETD1A] guia o desenvolvimento inicial, mas também suporta funções em andamento no cérebro adulto, como o crescimento axonal”, afirma o neurocientista e autor da pesquisa Enrico Cannavó.

A equipa espera agora usar estudos genéticos humanos para entender os mecanismos de doença em organismos modelo como o dos camundongos, para que possam identificar caminhos que levem a futuros medicamentos.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Há uma nova maneira de medir a gravidade da Terra

Uma equipa de cientistas descobriu uma nova forma única de medir a gravidade da Terra. O método anterior envolvia medir a influência da gravidade nos átomos, rastreando a rapidez com que os átomos caíam. O problema …

Detetado pela primeira vez vapor de água na Europa, a lua de Júpiter

Uma equipa internacional de cientistas confirmou a presença de vapor de água na superfície de Europa, um dos quatro satélites naturais de Júpiter, revelou a agência espacial norte-americana (NASA). "Os elementos químicos essenciais (carbono, hidrogénio, …

Pela primeira vez, uma astronauta corrige página da Wikipédia a partir do Espaço

Pela primeira vez na história da Humanidade, a astronauta norte-americana Christina H. Koch fez a edição de uma página da Wikipedia na Internet a partir da Estação Espacial Internacional (EEI), enquanto orbitava o planeta Terra. A …

Rover Mars 2020 vai procurar fósseis microscópicos

Cientistas do rover Mars 2020 da NASA descobriram o que poderá ser um dos melhores locais para procurar sinais de vida antiga na Cratera Jezero, onde o veículo vai pousar no dia 18 de fevereiro …

MP quer passar a ouvir todas as crianças expostas a violência doméstica

A procuradora-geral da República quer que os magistrados do Ministério Público peçam sempre ao juiz de instrução criminal que as crianças expostas a violência doméstica sejam ouvidas em tribunal para memória futura. A procuradora-geral da República, …

Greta Thunberg no Parlamento entre final do mês e início de dezembro

A ativista sueca aceitou participar numa sessão na Assembleia da República, em Lisboa, promovida pela comissão parlamentar de Ambiente, Energia e Ordenamento do Território, que se realizará entre o final deste mês e início de …

Phineas Fisher. O "hacker fantoche" que está a pagar para piratearem bancos e petrolíferas

Phineas Fisher é um hackers mais infames do mundo e procura agora renovar esse estatuto ao oferecer 100 mil dólares a quem piratear instituições capitalistas, como bancos e empresas petrolíferas. O hacker ficou conhecido após ter …

Conselho Superior da Magistratura arquiva processo disciplinar a Carlos Alexandre

O Conselho Superior da Magistratura decidiu arquivar o processo disciplinar relativo ao juiz do Tribunal de Instrução Criminal por declarações sobre o sorteio da fase de instrução do processo Operação Marquês. "O plenário de hoje do …

Jardins e complexo de estufas descobertos num dos bunker de Hitler

Um grupo de especialistas descobriu jardins e um complexo de estufas, que serviu para cultivar legumes e frutas, num dos maiores quartéis generais de Adolf Hitler durante a II Guerra Mundial, o bunker conhecido como …

Ataque a Alcochete. Advogados pedem impugnação do auto de notícia da GNR

Uma discrepância nas datas de elaboração e de assinatura do auto de notícia que relata a invasão à academia do Sporting motivou, esta terça-feira, a apresentação de um requerimento de impugnação subscrito por vários advogados. No …