Singapura está a fazer cerveja a partir de águas residuais recicladas

1

Singapura está a fazer cerveja a partir de águas residuais recicladas para mostrar que a água é segura para consumo e não tem sabor indesejado.

A cerveja é a bebida alcoólica mais consumida em todo o mundo. Dependendo do seu palato, terá certamente uma cerveja de eleição, mas aquilo que o seu néctar favorito não tem é água residual purificada. É este o trunfo de uma nova cerveja criada pela agência nacional de água de Singapura.

O objetivo é aumentar a consciencialização para os seus métodos de conservação de água. A cerveja chama-se NEWBrew e foi feita em colaboração com a Brewerkz, a premiada fabricante de cerveja artesanal de Singapura. A bebida está à venda desde abril.

“Eu não consegui mesmo notar que isto era feito de água de sanita”, disse um cliente à Bloomberg. “Eu não me importava de bebê-la se estivesse no frigorífico. Quer dizer, tem gosto de cerveja, e eu gosto de cerveja”.

A agência nacional de água de Singapura recicla águas residuais desde 2003, uma prática que tem gradualmente ganho importância nos dias de hoje. No sul da Califórnia, nos Estados Unidos, muitos municípios estão já a recorrer à recuperação de águas residuais.

Em Singapura, as águas residuais tratadas são enviadas para uma planta NEWater e novamente purificadas num processo intensivo de três etapas.

Primeiro, a água corre através de microfiltros, que removem sólidos, partículas e patógenos. Depois, uma filtração adicional por osmose reversa garante que apenas H2O permanece. Finalmente, a água é novamente desinfetada com luz ultravioleta, explica o portal Freethink.

(cv)

 

A água torna-se não só segura para consumo, como também livre de qualquer sabor indesejado. O mais importante neste momento é educar o público e mostrar que não há problema nenhum com o seu consumo. E qual a melhor maneira de o fazer se não através de uma cerveja fresquinha?

“A NEWater combina perfeitamente com a fabricação de cerveja porque tem um sabor neutro”, disse Mitch Gribov, cervejeiro principal da Brewerkz, à Bloomberg. “O perfil mineral da água desempenha um papel fundamental nas reações químicas durante a fabricação de cerveja”.

  Daniel Costa, ZAP //

1 Comment

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.