Sindicatos falam em adesão de 68% à greve dos CTT

António Cotrim / Lusa

Os sindicatos afetos aos CTT afirmam que estão cerca de duas mil pessoas na manifestação contra a atual situação dos Correios, enquanto a polícia aponta para 1.500, disseram à Lusa os responsáveis no local.

Os trabalhadores dos CTT iniciaram a partir da meia-noite a segunda greve geral em dois meses, após dois dias de paralisação em dezembro, estando a decorrer uma manifestação em Lisboa, desde a praça do Marquês de Pombal até à residência oficial do primeiro-ministro, António Costa, em São Bento, local onde as estruturas representativas dos trabalhadores entregarão documentos a exigir a reversão da privatização da empresa.

De acordo com dados do secretário-geral do SNTCT – Sindicato Nacional dos Trabalhadores dos Correios e Telecomunicações, Victor Narciso, para esta concentração vieram 29 autocarros com cerca de mil pessoas, estimando que estejam presentes na manifestação cerca de “duas mil pessoas”, metade do que os sindicatos estavam a prever.

Do lado da polícia, estes apontam para a chegada de fora de 900 pessoas, que se juntaram a cerca de 600 em Lisboa, num total de 1.500.

A manifestação, que partiu do Marquês do Pombal segue agora na rua Braamcamp, com a presença de trabalhadores dos Correios de Portugal de várias zonas do país, desde o Amial, passando pela Areosa até ao norte do Alentejo, tal como constatou a Lusa no local, em direção a São Bento.

“Privatização é um roubo à população”, “CTT público já” e não aos despedimentos nos CTT” são algumas das frases que constam nas faixas e cartazes empunhados pelos trabalhadores da empresa privatizada em 2013.

Enquanto percorrem a rua Braamcamp, os trabalhadores dos CTT vão gritando várias palavras de ordem, entre as quais “Lacerda escuta, os trabalhadores estão em luta”.

Francisco de Lacerda é o presidente executivo dos CTT, empresa que apresentou um Plano de Transformação Operacional em dezembro, o qual prevê a redução de cerca de 800 trabalhadores na área das operações em três anos e a otimização da rede de lojas, através da conversão em postos de correio ou do fecho de lojas com pouca procura.

Entretanto, o secretário-geral da CGTP, Arménio Carlos, juntou-se aos manifestantes nesta ação de protesto.

Quanto à greve, O STNCT aponta para uma adesão de 68,13% às 13h30, contra os 16% apontados pelos CTT. As ações são organizadas pelo SNTCT, pelo Sindicato Democrático dos Trabalhadores das Comunicações e dos Media (SINDETELCO), pelo Sindicato Independente dos Correios de Portugal (SINCOR), pelo Sindicato Nacional Dos Trabalhadores Das Telecomunicações e Audiovisual (SINTAAV) e pela Comissão de Trabalhadores.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Kroos: Não foi fácil "adaptar-nos à falta de 40 ou 50 golos" de Ronaldo

Toni Kroos assumiu que foi difícil para o Real Madrid superar a saída de Cristiano Ronaldo. O alemão realçou a falta dos 40 ou 50 golos marcados pelo português fizeram-se sentir. Em entrevista ao The Athletic, …

Companhias aéreas querem conclusão das "obras urgentes" no aeroporto de Lisboa

A associação das companhias aéreas em Portugal (RENA) pediu ao Governo e à concessionária do aeroporto de Lisboa (ANA) a conclusão imediata "das obras urgentes" na infraestrutura, para além do "desenvolvimento do novo aeroporto" no …

Um em cada três venezuelanos não tem acesso aos alimentos para uma vida saudável

Um em cada três venezuelanos não tem acesso a todos os alimentos necessários para ter uma nutrição saudável, segundo um estudo realizado pelo Programa Alimentar Mundial das Nações Unidas, divulgado na segunda-feira. De acordo com o …

Barcelona está de olho em Plata (enquanto Sporting o tenta segurar)

Gonzalo Plata tem impressionado ao serviço do Sporting e, por isso, os 'leões' querem comprar a outra metade do passe do jogador. O Barcelona está de olho no jogador. O Sporting está a fazer de tudo …

Angola. Dívidas a construtoras portuguesas alarmam FMI

O Fundo Monetário Internacional (FMI) está preocupado com a dívida de Angola a fornecedores externos, nomeadamente empresas portuguesas do setor da construção. O processo de regularização de dívidas do Estado angolano às construtoras portuguesas está a …

Alex Telles é o defesa mais goleador na Europa

Alex Telles leva oito golos no campeonato e assume-se como o defesa mais goleador na Europa. O brasileiro é também o melhor marcador do FC Porto na liga. Com o golo apontado ao Portimonense na última …

Zero acusa Estado de ter permitido deposição ilegal de amianto em aterros

A associação ambientalista Zero acusa a Agência Portuguesa do Ambiente (APA) de ter permitido deposições ilegais de resíduos de amianto em aterros sem licença para o efeito durante mais de 10 anos e pede ao …

Bruxelas pede que Portugal e outros 21 países acabem com capturas acidentais de golfinhos

A Comissão Europeia enviou hoje cartas aos ministros do Mar de Portugal e de outros 21 Estados-membros da União Europeia (UE) a pedir solução para as capturas acidentais de golfinhos e outros animais marinhos nas …

Trump vê condenação de Harvey Weinstein como "uma grande vitória"

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse hoje que a condenação por crimes sexuais do ex-produtor Harvey Weinstein constitui uma "mensagem muito forte". "Considero que do ponto de vista das mulheres (...) é uma grande …

Viúva de Kobe Bryant avança para tribunal contra empresa que operava helicóptero

Vanessa Bryant avançou com uma ação por homicídio involuntário contra a empresa que operava o helicóptero que caiu, causando a morte do seu marido, Kobe Bryant, da filha Gianna e de outras sete pessoas. A queixa …