Descobertos na Sibéria vestígios do Evento de Tunguska, um dos maiores impactos na Terra

Um grupo de investigadores russos que investigam o fenómeno de Tunguska de 1908, o maior impacto terrestre registado na história moderna, descobriu camadas em sedimentos locais que podem conter substâncias de origem extraterrestre.

A 30 de junho de 1908, um objeto magmático voou milhares de quilómetros sobre a Sibéria antes de explodir nas proximidades do rio Tunguska Podkámennaya. A origem desse fenómeno ainda é um assunto debatido pelos cientistas. As principais hipóteses sugerem que foi a queda de um meteorito ou a explosão de outro objeto espacial na atmosfera da Terra.

Uma equipa de físicos, geólogos e biólogos investigou os sedimentos no fundo do lago Zapovédnoye, encontrando os vestígios da catástrofe, trazidos pelas águas da enchente e pelo rio Lakura da região.

“[O lago] é profundo e os sedimentos sedimentares acumulados não se misturam, mas assentam e preservam as informações dos últimos anos, incluindo a história incessante de mudanças climáticas e eventos catastróficos”, explicou Artur Méidus, vice-diretor científico da reserva estadual de Tunguska, em comunicado.

De acordo com o investigador, os sedimentos datados entre 1908 e 1910 contêm indicações de incêndios e emissões na atmosfera de partículas – que podem ser de origem terrestre e extraterrestre – que acompanharam o evento de Tunguska.

Nesta partículas, encontra-se uma camada leve claramente dividida com uma cor mais clara, que possui maior concentração de potássio, titânio, rubídio, ítrio e zircónio, o que permite aos cientistas associá-la às consequências que ocorreram após o que aconteceu em Tunguska.

O próximo passo será a busca precisa de micropartículas de origem espacial nos sedimentos datados pelo radiocarbono. No processo, a técnica de fluorescência de raios X e a radiação sincrotão serão aplicadas para identificar os elementos e medir as suas concentrações até milionésimos de uma percentagem.

A explosão do evento de Tunguska, ouvida a mais de mil quilómetros de distância, teve uma potência equivalente ao surgimento de uma bomba termonuclear e destruiu mais de 2.000 quilómetros quadrados de floresta. Nos dias seguintes, foram vistos vários fenómenos estranhos no céu da Europa, como nuvens prateadas e brilhantes, pôr do sol colorido e um brilho incomum à noite.

Na época, os jornais russos relataram um impacto meteorológico, enquanto outros jornais estrangeiros sugeriram vários cenários, desde uma erupção vulcânica até uma intervenção de um OVNI. Devido à turbulência política que ocorreu nos anos seguintes na Rússia, os estudos sobre a explosão de Tunguska demoraram duas décadas a começar.

  ZAP //

 

PARTILHAR

RESPONDER

É um pássaro? É um avião? Não, é uma estrada de drones

Várias empresas estão a juntar-se ao governo de Israel na criação de sistemas de entregas através de drones. O objectivo final é ter uma estrada destes aparelhos nos céus. Num futuro próximo, as estradas podem estar …

IVAucher já devolveu 5,5 milhões de euros aos consumidores

Até agora, o programa IVAucher devolveu 5,55 milhões de euros aos consumidores, foi anunciado, esta segunda-feira, pelo Ministério das Finanças. De acordo com o comunicado do Ministério das Finanças, desde 1 de outubro foram efetuadas 609.560 …

Bloco já enviou as nove propostas ao Governo. Cinco são alterações ao Código do Trabalho

O Bloco já enviou ao Governo a redação das nove propostas para as negociações do Orçamento do Estado para 2022 (OE2022), cinco das quais são alterações ao Código do Trabalho que terão de ser efetivadas …

Bielorrússia expulsa embaixador francês

O embaixador francês na Bielorrússia deixou o país este domingo, depois de as autoridades bielorrussas o terem mandado embora, sem especificar o motivo.  "O Ministério das Relações Exteriores da Bielorússia exigiu que o embaixador partisse antes …

Grupo 400 Mowozo apontado como responsável pelo rapto de 17 missionários estrangeiros no Haiti

Grupo raptado era composto por 14 adultos e três crianças que se encontravam em território haitiano no quadro de uma missão de solidariedade dinamizada pela Christian Aid Ministries. Um grupo armado intitulado 400 Mawozo, considerado um …

Agentes disparam para o ar no jogo entre o Olímpico do Montijo e o Vitória de Setúbal B

Violência, tiros para o ar: Montijo reage aos incidentes do jogo com o Vitória

Cenas de pânico, logo a seguir ao jogo entre o Olímpico do Montijo e a equipa B de Setúbal. Versões diferentes dos treinadores. O jogo entre Olímpico do Montijo e Vitória de Setúbal B terminou sem …

Defesa de Salgado pede suspensão do processo por diagnóstico de Alzheimer

A defesa do antigo banqueiro pediu a suspensão do processo no qual o ex-presidente do Banco Espírito Santo (BES) é arguido, fundamentando-o com um atestado médico a comprovar o diagnóstico de doença de Alzheimer. De acordo …

Marcelo sobre combustíveis: "Vamos esperar que isto não seja para durar mais de seis meses"

O Presidente da República disse, esta segunda-feira, que o aumento do preço dos combustíveis é "preocupante" e que o Governo aguarda luz verde de Bruxelas para tomar medidas sociais para as famílias e as empresas. "No …

Frente Comum confirma greve na Função Pública a 12 de novembro

A Frente Comum de Sindicatos da Administração Pública confirmou, esta segunda-feira, a realização de uma greve nacional a 12 de novembro, para exigir ao Governo que altere a proposta de Orçamento do Estado para 2022 …

Welwitschea 'Tchizé' dos Santos, filha do ex-Presidente angolano José Eduardo dos Santos

Ivo Rosa manda desbloquear conta bancária de Tchizé dos Santos

O Tribunal Central de Instrução Criminal desbloqueou uma conta bancária de Tchizé dos Santos, filha de José Eduardo dos Santos, por "decurso excessivo" do tempo e falta de provas quanto à origem ilícita dos fundos. O …